Partilhar

Caroço em cima do pé: o que pode ser

Caroço em cima do pé: o que pode ser

Você já deve ter se perguntado porquê tem um caroço no dorso do pé e não sabe o que é? Acha que é de tanto caminhar ou pelo uso de um calçado que é desconfortável? Pois esta bolinha no peito do pé pode muito bem se tratar de um cisto ganglionar que é gerado por diversas causas, no entanto, poucas pessoas sabem do que se trata ou porque aparece, por isso que não fazem o tratamento necessário.

O tamanho do mesmo pode variar e, em alguns casos, desaparece sozinho sem aplicação de tratamento, no entanto, o propósito deste artigo do ONsalus é lhe explicar tudo sobre o caroço em cima do pé: causas, além de como poder diagnosticá-las identificando os sintomas, diferenciando as alterações e determinando o melhor tratamento para a condição.

Também lhe pode interessar: Dor no braço direito, o que pode ser?

Caroço duro em cima do pé: o que pode ser

A bolinha no peito do pé na verdade é um cisto sinovial, o qual se encontra cheio de líquido (similar ao líquido sinovial, mas mais espesso) no revestimento de uma articulação ou de um tendão. De forma geral, podem se localizar em qualquer parte do pé, sendo seu aparecimento mais frequente no tornozelo ou no peito do pé. Seu tamanho é variável, possui forma arredondada e o seu crescimento é lento. Também é chamado de cisto ganglionar, embora não deva ser confundido com um gânglio.

O diagnóstico do caroço em cima do pé é feito através da inspeção clínica e depende de sua localização, sua forma e sua consistência. Possui forma arredondada epode ser de consistência mole até muito firme. No entanto, a consistência do cisto ganglionar no peito do pé é mais esponjosa e há uma sensação de que o líquido que está dentro se mexe quando é apalpado.

Seu tamanho é variável, contudo se assemelha muito ao tamanho de uma ervilha e, ao pressioná-lo, costuma causar dor. O tamanho do mesmo pode variar com o passar do tempo e também desaparecer por conta própria.

Caroço no dorso do pé: causas

O aparecimento de um caroço em cima do pé não se deve a uma causa em específico, na verdade, considera-se que seu aparecimento é idiopático, ou seja, desconhecido. No entanto, tem sido associado a irritações constantes, o que gera fraqueza na articulação ou tendão, além de conseguir inflamar este tecido, dando lugar ao cisto.

O caroço no dorso do pé apresenta, por sua vez, fatores de risco que podem desencadeá-los, entre eles mencionaremos os mais frequentes:

  • Idade e sexo: seu aparecimento é mais frequente em mulheres entre 20 e 30 anos, contudo podem aparecer em qualquer pessoa.
  • Traumatismos em uma articulação ou tendão.
  • Osteoartrite: São mais propensos a desenvolver cistos ganglionares pessoas com alterações nas articulações, já que a mesma pode aumentar o líquido dentro das articulações fazendo com que este se acumule em um cisto.
  • Uso excessivo de uma articulação.
  • Artrite reumatoide.
Caroço em cima do pé: o que pode ser - Caroço no dorso do pé: causas

Caroço em cima do pé: sintomas

A bolinha no peito do pé geralmente desaparece por conta própria ou não apresenta sintomas, no entanto, quando aparece, seu principal sintoma é a dor, que surge quando se exerce pressão na bolinha, causando uma sensação de:

  • Formigamento.
  • Dormência.
  • Dor.
  • Falta de sensibilidade.
  • Dor quando pressiona um nervo.

Os cistos podem variar de tamanho de acordo com a atividade realizada ou dependendo do clima.

Caroço em cima do pé: tratamento

O diagnóstico de uma bolinha no peito do pé é feito, basicamente, através da inspeção clínica, dependendo da sua localização, da sua forma e da sua consistência. Outro método de diagnóstico é a transiluminação, a luz deverá atravessar o cisto e,caso a massa seja um tumor, a luz não conseguirá atravessar. Além disso, é possível fazer radiografias na área para comprovar o diagnóstico.

O caroço no peito do pé requer um tratamento que pode ser cirúrgico ou não cirúrgico. No caso de realizar o tratamento não cirúrgico, pode ser considerada:

  • Aspiração do líquido contido dentro do cisto através de uma agulha para descomprimi-lo, o que serve para aliviar os sintomas. Em alguns casos, depois da aspiração, o cisto volta a aparecer. Se isso acontecer, o cisto deve ser aspirado várias vezes até ser eliminado por completo.
  • Aplicação de esteroides (depois da aspiração, para reduzir o aparecimento do cisto)
  • Reduzir os movimentos ou atividades que aumentem a dor.
  • Aplicar gelo no cisto, durante 15 a 20 minutos, alivia os sintomas temporariamente e a inflamação da área.
  • Caso apresente inflamação grave, o médico responsável receitará medicamentos para o problema.
  • Modificar o uso de calçados que promovem o aparecimento de cistos (por exemplo, as botas), ou colocar uma almofadinha no pé caso haja um cisto, para assim suavizar a dor.

Se o tratamento não invasivo não funcionar para a bolinha no peito do pé, o médico recorrerá à cirurgia da mesma para eliminar sua origem. A cirurgia é ambulatória e você poderá voltar para sua casa no mesmo dia da cirurgia. O procedimento consiste na aplicação de anestesia local, em seguida é realizada uma incisão na pele exatamente onde está localizada a bolinha ou cisto, seu tamanho dependerá do cisto, o médico extrairá o cisto e depois suturará a área.

É normal que, após a cirurgia a pessoa, relate ter sensibilidade, inflamação ou incômodo, é por isto que o médico recomendará consumir analgésicos para minimizar seus sintomas.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Caroço em cima do pé: o que pode ser, recomendamos que entre na nossa categoria de Ossos, articulações e músculos.

Escrever comentário sobre Caroço em cima do pé: o que pode ser

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Monique Assis
Estou com um caroço duro na lateral do pé, o que pode ser?

Caroço em cima do pé: o que pode ser
1 de 2
Caroço em cima do pé: o que pode ser

Voltar ao topo da página