menu
Partilhar

Caroço no lábio inferior: causas e tratamento

 
Por Dra. Ivonne Nieves Blanco, Médica Cirurgiã. 2 janeiro 2024
Caroço no lábio inferior: causas e tratamento

Você já notou o aparecimento de um caroço no lábio inferior? É compreensível que isso seja motivo de preocupação, mas, na maioria dos casos, essas lesões são inofensivas. A pele que cobre os lábios é delicada, e várias causas, como reações alérgicas, doenças de pele ou infecções, podem levar à formação desses caroços. Embora a maioria seja inofensiva, algumas podem estar associadas a problemas mais sérios.

Convidamos você a continuar lendo este artigo do ONsalus para saber mais sobre as possíveis causas e tratamentos de caroços no lábio inferior.

Também lhe pode interessar: Bolinha branca no lábio: causas e como curar

Mordedura de lábios

A mordida acidental e frequente do lábio inferior, ou mesmo o atrito com aparelhos, ou dentaduras mal ajustados, pode causar danos a uma das glândulas salivares menores nessa área, bloqueando o fluxo normal de saliva. Isso pode resultar no inchaço da glândula afetada, formando um pequeno nódulo ou mucocele de cor azulada. Felizmente, essa lesão pode desaparecer por conta própria em algumas semanas ou meses.

Tratamento

O caroço causado pela mordida nos lábios pode cicatrizar sozinho, embora possa ser desconfortável. Se for resultado da fricção de um aparelho ortodôntico ou de uma prótese mal ajustada, é aconselhável consultar um dentista. Esse profissional examinará a lesão e, dependendo da situação, indicará o tratamento adequado, que pode incluir analgésicos e anti-inflamatórios para aliviar a dor e a inflamação. Se o nódulo no lábio inferior persistir, pode ser necessária uma cirurgia para removê-lo.

Colocação de piercings

O piercing no lábio inferior pode causar o aparecimento de um caroço após a perfuração da pele nessa área. A inflamação ocorre devido à irritação da área perfurada e pode, ao mesmo tempo, desencadear uma infecção ou uma reação alérgica ao corpo estranho. A reação inflamatória pode ser acompanhada de dor e vermelhidão no caroço.

Tratamento

Para evitar a ocorrência dessa lesão após a colocação do piercing, é essencial que o piercing seja feito por um especialista. Caso o caroço apareça, o médico pode recomendar a aplicação de cremes ou géis tópicos contendo silicone e vitamina E, que podem ajudar a reduzir o tamanho do caroço.

Outros remédios disponíveis incluem injeções de esteroides, aplicação de laser, bem como a opção de cirurgia para remover a lesão. É importante procurar a ajuda de um profissional de saúde para determinar o tratamento mais adequado para a situação específica.

Mucoceles

Mucoceles são cistos de retenção de muco, pequenas saliências cheias de líquido que podem aparecer no lábio inferior, dentro da boca ou nas gengivas. Geralmente resultam da mordida do lábio inferior ou da ruptura acidental de uma glândula salivar. Felizmente, eles tendem a desaparecer por conta própria.

Tratamento

Em muitos casos, as mucoceles se curam sem a necessidade de intervenção, mas, ocasionalmente, tratamentos podem ser considerados:

  • Terapia a laser.
  • Crioterapia.
  • Injeção intralesional de corticosteroide.

Dependendo do tipo de cisto, o médico pode recomendar a remoção cirúrgica da mucocele ou da glândula salivar afetada. É importante procurar a ajuda de um profissional de saúde para determinar a abordagem mais adequada para a situação específica.

Herpes labial

O herpes labial aparece como úlceras na boca, inclusive nos lábios. Esses inchaços são de cores brancas com um anel de sensibilidade vermelha ao redor. Geralmente, essas lesões aparecem no lábio inferior, causando sensibilidade. É causada por um vírus altamente contagioso. Geralmente, um ou dois dias antes do aparecimento das lesões do herpes labial, pode haver coceira ou sensação de formigamento ao redor dos lábios.

Tratamento

Na maioria dos casos, o herpes labial desaparece por conta própria dentro de algumas semanas e é geralmente leve. Entretanto, alguns tratamentos podem acelerar a cura e evitar recorrências. Uma vez feito o diagnóstico, o médico pode prescrever medicamentos antivirais, como Aciclovir e Fanciclovir, para evitar a ocorrência e reduzir a frequência dos episódios de herpes labial.

Além disso, ele pode recomendar anestésicos para aliviar a coceira e a dor, bem como emolientes para evitar rachaduras ou amolecer as crostas.

Reação alérgica

Uma reação alérgica causada pelo uso de maquiagem, utensílios, alimentos ou pelos de animais de estimação pode resultar no aparecimento de um caroço no lábio, seja no lábio superior ou inferior. Alguns alérgenos têm a capacidade de desencadear uma reação alérgica que resulta em inchaço repentino. Em alguns casos, esse inchaço pode desaparecer por si só em pouco tempo, enquanto em outros pode ser necessário tratamento médico.

Tratamento

Se a reação alérgica não desaparecer por conta própria, o tratamento recomendado pelo médico geralmente inclui anti-histamínicos para aliviar o inchaço causado pelo caroço no lábio. Se a inflamação persistir, o médico poderá prescrever cremes corticosteroides para melhorar a condição.

É essencial buscar a orientação de um profissional de saúde para determinar o tratamento mais adequado, dependendo da gravidade e da causa específica da reação alérgica.

Câncer oral

Quando o câncer ocorre na boca, ele pode levar ao aparecimento de um caroço nos lábios, inclusive no lábio inferior. Fatores como o fumo excessivo, o consumo excessivo de álcool ou a exposição prolongada ao sol sem protetor solar podem aumentar o risco de desenvolver essa doença. Os sintomas característicos do câncer de boca incluem pequenas úlceras ou caroços persistentes nos lábios. Essas lesões podem se espalhar pela cavidade oral, afetando as gengivas, a língua e até mesmo o osso maxilar.

Tratamento

Um nódulo no lábio inferior causado por câncer bucal é tratado pelo oncologista. O tratamento dependerá da extensão da lesão. As opções de tratamento podem incluir cirurgia para remover o nódulo no lábio inferior, bem como quimioterapia e radioterapia, se necessário. É fundamental procurar atendimento médico em qualquer sinal de alerta para diagnóstico e tratamento precoces.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Caroço no lábio inferior: causas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Pele, cabelo e unhas.

Bibliografia
  • Alvarado-Solórzano, A. M., & Restrepo-Escudero, M. T. (2016). Cóncer Bucal, aproximaciones teóricas. Domino de las Ciencias, 2(2), 167-185.
  • Boneu Bonet, F., Vidal Homs, E., Maizcurrana Tornil, A., & González Lagunas, J. (2005). Mucocele de la glandula submaxilar: a propósito de un caso. Medicina Oral, Patología Oral y Cirugía Bucal (Ed. impresa), 10(2), 180-184.
  • López López, J., Jané Salas, E., Chimenos Küstner, E., & Roselló Llabrés, X. (1997). Actualización de la candidiasis oral. Archivos de Odontoestomatología, 1997, vol. 13, num. 5, p. 259-272.
  • Trindade, A. K. F. D., Queiroga, A. S., Silva, D. S. C. D., Campos, S. E. M., Lucena, L. B. S. D., & Sousa, E. M. D. D. (2007). Herpes Simples Labial um desafio terapêutico. Comun. ciênc. saúde, 307-313.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Caroço no lábio inferior: causas e tratamento
Caroço no lábio inferior: causas e tratamento

Voltar ao topo da página