menu
Partilhar

Céu da boca branco: causas e tratamento

 
Por Redação ONSalus. 30 julho 2021
Céu da boca branco: causas e tratamento

O céu da boca pode ser afetado por diferentes doenças. Algumas se manifestam somente nesta área, outras podem afetar o resto da boca e, em alguns casos, todo o corpo pode ser afetado. As causas do céu da boca branco são diversas: desde fungos, vírus, queimaduras até doenças autoimunes e tumores.

É importante ter um bom diagnóstico para poder escolher o tratamento adequado. Se você está com dúvidas, a melhor coisa a se fazer é se consultar com um profissional. A seguir, neste artigo do ONsalus, você conhecerá mais sobre o céu da boca branco: causas e tratamento.

Também lhe pode interessar: Céu da boca amarelo: causas e tratamentos

Candidíase

A proliferação do fungo Candida albicans pode fazer com que a mucosa da sua boca, incluindo o céu da boca, língua ou garganta fique de cor branca. Quando a secreção desprende, é possível ver como a área está bem mais avermelhada, sendo que este problema também é conhecido como sapinho.

Podem existir diversos motivos pela qual a candidíase ocorra. Os mais frequentes são:

  • Imunidade baixa: receber um transplante ou ter doenças como a desnutrição, diabetes ou câncer pode fazer com que certos microrganismos se aproveitem desta imunidade enfraquecida para gerar infecções. Estas são chamadas de doenças oportunistas.
  • Falta de higiene bucal: os restos de alimentos e uma limpeza inadequada facilitam a proliferação fúngica na boca.
  • Excesso de limpeza: o uso intensivo de soluções de limpeza oral pode varrer a flora normal da boca, ou seja, aquelas bactérias boas que são necessárias para manter um equilíbrio adequado na mucosa oral. Isto costuma ser mais frequente se a pessoa também sofre de imunidade baixa.
  • Tabagismo: o consumo de tabaco pode estimular o crescimento de fungos na boca.
  • Má alimentação: o excesso de açúcar estimula o crescimento da Candida.
  • Boca seca: é um fator de risco que pode favorecer e perpetuar este problema.
  • Dentadura ou implantes bucais removíveis: podem fazer com que a cândida cresça com maior facilidade.
  • Corticoides: tanto o uso crônico destes medicamentos como a inalação de aerossóis pela boca.

Tratamento

Uma opção para solucionar o céu da boca branco devido à candidíase é aplicar um medicamento antifúngico, como a nistatina, para combater a presença da candidíase na sua boca.

Outra opção é você deve prevenir o seu reaparecimento com algumas medidas como:

  • Controlar sua alimentação.
  • Manter sua boca e dentes higienizados.
  • Beber água.
  • Tentar manter sua saúde no melhor estado possível.
  • Enxaguar sua boca depois de usar um inalador com corticoides.
Céu da boca branco: causas e tratamento - Candidíase

Ressecamento bucal

A desidratação ou falta de água no organismo pode fazer com que sua boca fique mais seca. Neste caso, a saliva se torna mais pastosa, fazendo com que seu paladar e língua fiquem mais brancos.

Existe uma doença chamada síndrome de Sjögren, na qual a produção de saliva, lágrimas e secreções em geral, é diminuída. Um dos sintomas mais frequentes é o ressecamento na boca e o céu da boca branco.

Tratamento

Se você não sofre de alguma doença em específico, pode ser que a hidratação com água seja suficiente para tratar este problema. Outras bebidas com açúcar, o café ou os sucos artificiais podem piorar a situação, já que te desidratam ainda mais.

Para o caso do Sjögren pode ser indicada a aplicação de líquidos que umedeçam a boca, já que a cura para este problema ainda não foi encontrada.

Placa bacteriana

Devido à má higiene dos dentes e da boca, pode ficar acumulado um material chamado placa. Esta placa bacteriana não dói e não é facilmente solta. Esta é uma das causas mais comuns que explicam o céu da boca branco.

Tratamento

Novos hábitos de higiene bucal e um acompanhamento com dentista costumam ser suficientes.

Úlceras traumáticas

Se a mucosa do céu da boca foi machucada, por exemplo, com o atrito de uma prótese mal ajustada, esta área será recoberta por uma substância esbranquiçada provocando o céu da boca branco. A intenção deste revestimento é auxiliar a cicatrização.

Mas se esta região continuar sendo machucada, pode gerar:

  • Infecções.
  • Necrose.
  • Lesões crônicas, neste caso a mucosa se torna grossa, recebendo o nome de hiperqueratose.

Tratamento

Para este caso, pode ser indicado o uso de antissépticos bucais, uma dieta suave e, é claro, acompanhamento de um especialista.

Se você está está com uma hiperqueratose é fundamental corrigir a causa que está gerando-a e controlá-la, para que não sejam produzidas lesões malignas.

Úlceras químicas

Podem ser produzidas pelo contato com alguma substância irritante ou pela reação a certos medicamentos. Esta situação das úlceras químicas é frequentemente vista em tratamentos com:

  • Quimioterapia.
  • Acido acetilsalicílico.
  • Lixívia.
  • Outros cáusticos.

Tratamento

As úlceras químicas no céu da boca costumam ser curadas sozinhas em 1 ou 2 dias e, como não costumam causar dor, na maioria das vezes, não precisam de tratamento.

Se o processo de cura demorar ou houver outras doenças que diminuam a imunidade, é conveniente consultar um profissional para que ele faça um acompanhamento da úlcera.

Queimaduras

As queimaduras no céu da boca são comuns em pessoas que estão fazendo radioterapia, embora também existam queimaduras de outras origens. A mucosa do céu da boca, neste caso, ficará avermelhada e, por cima dela, haverá uma pseudomembrana esbranquiçada.

Tratamento

O tratamento dependerá da extensão e evolução das queimaduras. Normalmente, é preciso ter cuidado com a ingestão de alimentos, os quais devem ser moles e mornos.

Se tiver dor no céu da boca, podem ser indicados analgésicos locais ou orais.

Infecção viral

Diferentes vírus podem causar bolhas, as quais ao se romperem se transformam em úlceras que são cobertas por uma substância esbranquiçada ou amarelada, provocando o céu da boca branco. As doenças mais frequentes são:

  • Herpes.
  • Herpes zoster.
  • Síndrome mão-pé-boca.
  • Herpangina.

Tratamento

É sintomático, isto quer dizer que serão administrados medicamentos dependendo dos sintomas:

  • Analgésicos.
  • Analgésicos tópicos.
  • Antipiréticos.

Doença autoimune

Em alguns casos, a imunidade do organismo ataca quando não reconhece alguma substância ou tecido específico. É o caso de doenças que afetam todo o corpo (como o pênfigo, o penfigoide ou o lúpus) ou somente a mucosa oral (líquen plano).

O céu da boca pode ser afetado dependendo do caso. Se isto acontecer, podem aparecer bolhas que, ao se romperem, se tornaram lesões cobertas por um tecido branco ou também lesões lineares, no caso do líquen.

Tratamento

Se ocorrerem muito frequentemente talvez seja necessário um tratamento com corticoides ou imunossupresores. Em outros casos, os sintomas não são tão importantes e o tratamento será apenas quando for necessário.

É preciso controlar o líquen plano de perto por causa da possibilidade de se tornar maligno.

Inflamação por medicamentos

Também conhecida como estomatite medicamentosa, é uma inflamação da mucosa bucal que pode ser produzida como um efeito colateral a certos medicamentos. O céu da boca pode ficar machucado e aparecerem bolhas que, ao romperem, serão brancas.

Esta condição também é conhecida como eritema multiforme e pode ocorrer pelo tratamento com:

  • Ácido acetilsalicílico.
  • Sulfamidas.
  • Anti-inflamatórios.

Tratamento

O tratamento da inflamação por medicamentos dependerá da gravidade de cada caso. Se possível, é preciso suspender a medicação ou trocá-la por outra. Se houver dor, podem ser usados analgésicos tópicos.

Tumor

As lesões brancas no céu da boa durante muito tempo podem corresponder as chamadas leucoplasias.

Estas costumam aparecer mais comumente em pessoas que:

  • Fumam.
  • Consomem álcool.
  • Têm imunidade baixa.
  • Estão infectadas com o vírus do papiloma humano (HPV)
  • Também podem surgir sem estes fatores.

Nesse ponto, não são tumores, mas têm uma grande chance de se transformarem em um. Se as lesões brancas sangram, sempre estão machucadas e não curam, é mais provável que se trate de um tumor.

Tratamento

O importante é fazer o diagnóstico correto, normalmente através de uma biópsia. Pode ser que a remoção da lesão seja suficiente ou também pode ser necessário outro tipo de tratamento mais específico.

Agora que você sabe os diferentes motivos que levam ao céu da boca branco, talvez possa te interessar este outro artigo sobre céu da boca amarelo.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Céu da boca branco: causas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Dentes e boca.

Bibliografia
  • Pandhi D, Singal A, Bhattacharya SN. Lichen planus in childhood: a series of 316 patients. Pediatr Dermatol. 2014;31(1):59-67. doi:10.1111/pde.12155
  • Asikainen PJ, Kullaa AM, Koistinen A, Schulten EAJM, Ten Bruggenkate CM. Serie: Hora est. Het effect van radiotherapie op de morfologie van de orale mucosa [A phd completed. The effect of radiotherapy on oral mucosa cell morphology.]. Ned Tijdschr Tandheelkd. 2018;125(3):169-171. doi:10.5177/ntvt.2018.03.17229
  • Peacock ME, Arce RM, Cutler CW. Periodontal and other oral manifestations of immunodeficiency diseases. Oral Dis. 2017;23(7):866-888. doi:10.1111/odi.12584
  • Warnakulasuriya S, Johnson NW, van der Waal I. Nomenclature and classification of potentially malignant disorders of the oral mucosa. J Oral Pathol Med. 2007;36(10):575-580. doi:10.1111/j.1600-0714.2007.00582.x

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Céu da boca branco: causas e tratamento
1 de 2
Céu da boca branco: causas e tratamento

Voltar ao topo da página