Saúde pulmonar e respiratória

Chiado ao respirar deitado: causas e tratamento

 
Dra. Ivonne Nieves Blanco
Por Dra. Ivonne Nieves Blanco, Médica Cirurgiã. 16 setembro 2023
Chiado ao respirar deitado: causas e tratamento

Diferentes patologias, como asma, alergias ou doença pulmonar obstrutiva crônica, podem causar chiado, também conhecido como ruídos ao respirar, especialmente quando se está deitado.

Saber quais condições podem causar esses ruídos ao respirar permitirá que você inicie o tratamento adequado e os resolva o mais rápido possível para o benefício da saúde da pessoa afetada.

Convidamos você a continuar lendo este artigo do ONsalus, onde conhecerá cada uma das causas capazes de desencadear chiados ao respirar deitado, juntamente com seus respectivos tratamentos.

Índice

  1. Asma
  2. Ansiedade
  3. Apneia obstrutiva do sono
  4. Obesidade
  5. Alergias
  6. Bronquite
  7. Doença do refluxo gastroesofágico
  8. Doença pulmonar obstrutiva crônica
  9. Insuficiência cardíaca

Asma

A asma é uma doença crônica, cujos sintomas característicos são tosse, chiado ou falta de ar. Os sintomas da asma geralmente ocorrem à noite. Por esse motivo, ela é chamada de asma noturna, que também apresenta os seguintes sinais:

  • Aperto no pescoço.
  • Falta de ar
  • Tosse
  • Chiado

Os motivos pelos quais os sintomas da asma podem aumentar durante o sono são o resfriamento do sistema respiratório, o aumento da concentração noturna de substâncias causadoras de alergia e as secreções noturnas nas vias aéreas.

Tratamento

O tratamento da asma envolve esteroides inalatórios para reduzir a inflamação que desencadeia o ataque de asma. Os anti-histamínicos podem ajudar a controlar os sintomas.

Chiado ao respirar deitado: causas e tratamento - Asma

Ansiedade

A ansiedade é um distúrbio muito comum hoje em dia, capaz de causar alterações emocionais, incluindo alguns sintomas físicos, como chiado ao respirar deitado ou mesmo em qualquer outra situação, bem como respiração rápida ou superficial, sudorese, batimentos cardíacos acelerados, palpitações e sensação de sufocamento.

Quando uma pessoa tem ansiedade durante a noite, ela pode sentir uma sensação de pressão no peito que pode causar broncoespasmo (o estreitamento das vias aéreas), resultando em ruídos respiratórios conhecidos como chiado.

Tratamento

Para tratar essa condição, será necessário fazer psicoterapia e tomar medicamentos para controlar os sintomas da ansiedade.

Apneia obstrutiva do sono

A apneia obstrutiva do sono é uma condição grave que faz com que o fluxo de ar diminua ou pare abruptamente durante o sono. Isso é causado pelo relaxamento dos músculos e tecidos moles da faringe na parte posterior da garganta, o que bloqueia as vias aéreas e interrompe a respiração.

Os sintomas que caracterizam essa condição são:

  • Ronco frequente ou alto, que pode parar ou começar.
  • Dor de cabeça matinal.
  • Dificuldade de concentração durante o dia.

Tratamento

O tratamento para essa condição pode incluir o uso de um dispositivo colocado na boca à noite para manter as vias aéreas abertas. As máquinas de pressão positiva geralmente são a melhor opção, mas em casos complexos, em que a máquina não é adequada, pode ser necessária uma cirurgia.

Obesidade

A obesidade é uma das causas de chiado ao se deitar. Isso ocorre porque quanto maior o índice de massa corporal (IMC), maior a probabilidade de haver depósitos de gordura nos pulmões, o que pode causar chiado e dificuldade para respirar.

Tratamento

Na presença de obesidade ou sobrepeso, o médico recomendará mudanças na dieta, exercícios diários e verificará se há alguma condição que possa estar desencadeando a obesidade.

Chiado ao respirar deitado: causas e tratamento - Obesidade

Alergias

As alergias a diferentes alérgenos, como polens sazonais, ácaros, poeira e alimentos, podem causar sibilância quando o corpo produz uma resposta imunológica a eles. Ocorre uma inflamação, que pode levar ao chiado. Em casos graves, esse chiado pode se tornar grave como resultado da reação alérgica e levar à anafilaxia, em que o corpo entra em choque e causa grave constrição das vias aéreas, o que pode ser fatal.

Tratamento

Em casos de alergia, o tratamento prescrito pelo médico será o uso de anti-histamínicos. Em casos mais graves, como anafilaxia, é necessário tratamento emergencial e medicamentos como a epinefrina para superar a emergência.

Neste outro artigo respondemos: alergia dá febre?

Bronquite

Bronquite é a inflamação dos brônquios, que pode ser causada por uma infecção viral, como um resfriado, ou por uma infecção bacteriana, alérgenos ou poluentes, como a fumaça. Os sintomas que ocorrem com essa condição incluem:

  • Tosse.
  • Chiado intenso, dificuldade para respirar.
  • Dor de garganta.
  • Coriza.

Tratamento

Dependendo da causa, o tratamento será indicado. Em casos de infecções virais, o médico recomendará repouso e medicamentos antitussígenos para reduzir a tosse. Além disso, serão prescritas pastilhas para a garganta para aliviar a dor.

Doença do refluxo gastroesofágico

A doença do refluxo gastroesofágico ocorre quando o conteúdo estomacal, incluindo o ácido estomacal, retorna para o esôfago, o que é acompanhado pelos seguintes sintomas, além do chiado ao respirar deitado:

  • Refluxo ácido.
  • Azia
  • Dificuldade ou dor ao engolir.
  • Mau hálito
  • Regurgitação de alimentos
  • Dor de garganta crônica
  • Tosse crônica
  • Chiado

Pessoas com asma têm maior risco de desenvolver essa condição, pois o ácido estomacal pode causar sintomas de asma ou doença pulmonar obstrutiva crônica ao penetrar e irritar as vias aéreas.

Tratamento

O tratamento da doença do refluxo gastroesofágico será prescrito pelo gastroenterologista, que não apenas prescreverá mudanças no estilo de vida, fazendo modificações na dieta e evitando alimentos que contribuam para episódios de azia, mas também prescreverá medicamentos para diminuir a produção de ácido estomacal.

Doença pulmonar obstrutiva crônica

A doença pulmonar obstrutiva crônica é uma condição progressiva que dificulta a respiração. Ela é causada principalmente pelo tabagismo e pode levar a:

  • Tosse úmida crônica.
  • Dificuldade para respirar.
  • Aperto no peito
  • Sons ásperos ao respirar.

Tratamento

Não há cura para a doença pulmonar obstrutiva crônica; no entanto, há coisas que os médicos podem fazer para aliviar os sintomas e retardar a progressão da doença, como prescrever medicamentos para alívio dos sintomas, abrir as vias aéreas, reabilitar os pulmões, oxigenoterapia ou cirurgia, se necessário.

Insuficiência cardíaca

A insuficiência cardíaca é a incapacidade do coração de bombear sangue suficiente para os diferentes órgãos e manter a boa saúde. Como resultado, o corpo pode não receber oxigênio suficiente quando está deitado, causando problemas respiratórios.

Existem alguns indicadores pelos quais a insuficiência cardíaca pode ser reconhecida, como falta de ar durante o exercício, pressão arterial alta e batimentos cardíacos irregulares.

Tratamento

O cardiologista é o médico responsável pelo tratamento, que consistirá na redução dos sintomas por meio da prescrição de medicamentos como diuréticos, betabloqueadores, inibidores da ECA e antagonistas da aldosterona. Esses medicamentos, bem como dispositivos conhecidos como desfibriladores cardioversores implantáveis, podem prolongar a vida de uma pessoa.

Agora que você sabe as principais causas para o chiado ao respirar deitado, não perca este outro artigo sobre tosse com catarro verde, o que pode ser?

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Chiado ao respirar deitado: causas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Pulmão e vias respiratórias.

Bibliografia
  • Arín, A., & Iglesias, M. R. (2003, August). Enfermedad por reflujo gastroesofágico. In Anales del sistema sanitario de Navarra (Vol. 26, No. 2, pp. 251-268). Gobierno de Navarra. Departamento de Salud.
  • Castillo, J. S. P., & Sánchez, F. L. (2017). Insuficiencia cardíaca. Generalidades. Medicine-Programa de Formación Médica Continuada Acreditado, 12(35), 2085-2091.
  • Hinojosa, F., & Efraín, C. (2009). Enfermedad pulmonar obstructiva crónica (EPOC). Acta médica peruana, 26(4), 188-191.
  • Zamarroni, F. A., & López, J. G. H. (2016). Sibilancias tempranas recurrentes y factores de riesgo para el desarrollo futuro de asma. Alerg Asma Inmunol Pediatr, 25(1), 12-23.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
1 de 3
Chiado ao respirar deitado: causas e tratamento