menu
Partilhar

Coceira atrás da orelha: causas e tratamento

 
Por Dra. Ivonne Nieves Blanco, Médica Cirurgiã. 31 maio 2022
Coceira atrás da orelha: causas e tratamento

A coceira atrás das orelhas pode ser devida ao uso de produtos químicos para o cuidado pessoal, como shampoos, cremes para a pele ou perfumes, os quais são aplicados nesta área e irritam a pele. Também pode ser causada por infecções por fungos, reações alérgicas ou doenças de origem viral. A dermatite na orelha é bastante comum, também.

Continue lendo este artigo do ONsalus, no qual você encontrará todas as informações sobre a coceira atrás da orelha, suas causas e tratamentos.

Dermatite atópica

A dermatite atópica ou eczema é uma condição de pele que se caracteriza por causar coceira em diferentes partes do corpo, especialmente atrás das orelhas, acompanhada de pele rachada, vermelhidão e descamação.

Tratamento

Para o tratamento da dermatite atópica, é possível que você precise testar vários tratamentos durante meses, talvez até anos para que consiga controlá-la. Contudo, o tratamento pode ser bem sucedido. O médico indicará:

  • Medicamentos para controlar a coceira e que ajudem a reparar a pele a base de corticosteroides em cremes ou pomadas.
  • Em caso de infecção, serão indicados cremes que contenham antibióticos.
  • Ao mesmo tempo, caso seja necessário, serão prescritos cremes anti-inflamatórios para aliviar a inflamação.

O médico irá sugerir terapias como bandagens úmidas, além de fototerapia nos casos que considerarem adequados.

Neste outro artigo falamos sobre a dermatite nas mãos.

Dermatite de contato

Este tipo de dermatite surge quando entra em contato com algo ao qual a pessoa é alérgica ou que causa irritação na pele. As orelhas são sensíveis à dermatite por contato após o uso de produtos para o cuidado da pele ou do cabelo, os quais causam irritação da pele.

Os causadores desta condição podem ser alguns cosméticos, bem como perfumes ou brincos. Estes podem deixar a pele seca, vermelha e irritada, além de causarem coceira atrás da orelha.

Tratamento

A primeira coisa que o médico recomendará é evitar o contato com aquilo que está provocando a coceira ou reação na pele. Para curar a condição, o especialista irá sugerir corticosteroides de uso tópico ou orais para diminuir a inflamação e a coceira, além de anti-histamínicos, que também contribuem com o alívio da coceira.

Como medida geral, é recomendado fazer banhos frios ou úmidos para acalmar ou aliviar a coceira, assim como o uso de cremes hidratantes.

Infecção micótica

As infecções por fungos podem afetar as dobras de pele, como por exemplo as que estão presentes atrás das orelhas. Isto pode causar:

  • Coceira.
  • Pele seca.
  • Descamação da pele.

Dentro destas infecções está a tinea, um tipo de infecção por fungos que pode causar lesões vermelhas e de forma circular na pele, as quais podem estar localizadas em diferentes partes do corpo, inclusive atrás das orelhas, o que pode acabar causando a coceira.

Tratamento

Nas infecções causadas por fungos o médico indicará cremes antimicóticos para serem aplicados diretamente sobre a pele afetada. Se não promover o efeito desejado, serão indicados medicamentos antimicóticos por via oral.

Dermatite seborreica

A dermatite seborreica é uma condição que pode causar formação de escamas brancas e amarelas tanto no couro cabeludo quanto na parte posterior das orelhas, causando coceira e crostas grossas na pele, que contém um líquido claro, amarelo e que fica vazando. Frequentemente, este tipo de lesão é visto em crianças devido a uma superprodução de óleo na pele. No caso dos adultos costuma acontecer pela falta de higiene.

Tratamento

O médico recomendará o uso de shampoos para a caspa ou medicamentos que contém Ketaconazol, zinco ou sulfeto de selênio. Em casos graves, serão indicados cremes, pomadas ou loções que contenham uma dose mais forte dos medicamentos anteriormente mencionados.

A luz solar pode melhorar a dermatite seborreica. Em algumas pessoas, esta condição melhora durante o verão praticando atividades ao ar livre.

Psoríase no couro cabeludo

Esta condição é caracterizada pela presença de placas descoloridas e engrossadas de pele que podem aparecer atrás das orelhas, estas podem causar descamação ou coceira. Pode-se notar esta condição como se a pessoa sofresse de caspa.

Tratamento

O tratamento indicado pelo médico será de uso tópico caso sejam lesões grandes e extensas. Além da área atrás das orelhas, o resto do corpo pode precisar de tratamento sistêmico.

O tratamento tópico se baseará em alcatrão de carvão, vitamina D, corticosteroides, óleos ou shampoos que acalmem ou diminuam os sintomas.

O tratamento sistêmico inclui metotrexato, ciclosporina A e terapia biológica.

Coceira atrás da orelha: causas e tratamento - Psoríase no couro cabeludo

Granuloma anular

O granuloma anular é uma lesão que pode aparecer na pele causando manchas vermelhas elevadas similares às que aparecem com a tinea. É uma erupção vermelha que pode vir a desenvolver nódulos profundos e arredondados na pele da área afetada e que causa coceira atrás da orelha.

Tratamento

Em alguns casos, estas lesões podem desaparecer sozinhas, contudo, quando persistirem, o médico indicará um tratamento a base de cremes e pomadas com corticosteroides ou injeções. Estas podem ser repetidas após 6 a 8 semanas.

Nos casos onde as lesões estejam muito espalhadas, o médico indicará medicamentos por via oral, como antibióticos, antipalúdicos ou remédios para prevenir reações do sistema imunológico.

Rubéola

A rubéola, conhecida como o sarampo alemão, é uma infecção viral que afeta crianças e adultos jovens que não são imunes, se tratando de uma doença benigna. Tanto nas crianças quanto em adultos a doença se manifesta de forma leve.

Crianças podem apresentar uma erupção cutânea no rosto atrás das orelhas que, em seguida, se espalha para o resto do corpo. Isto pode durar por volta de três dias. Enquanto que nos adultos os mesmos sintomas vêm acompanhados de dor de garganta, febre baixa e até mesmo erupção cutânea no rosto, que depois é espalhada para o resto do corpo. Estas lesões causam coceira onde aparecem.

Tratamento

Esta condição é tratada de acordo com os sintomas que surgirem. Inicialmente, recorre-se a um tratamento de apoio como líquidos, antipiréticos ou anti-inflamatórios não esteroides para a febre e as dores.

Lúpus

O lúpus é uma doença autoimune que pode causar erupções ou feridas na pele, embora nem todas as pessoas com lúpus as apresentem. Contudo, esta doença pode causar uma erupção cutânea que aparece nas áreas mais expostas ao sol, como os braços, o rosto, orelhas, pernas e pescoço.

Geralmente, se observa uma pele vermelha e escamosa com lesões arredondadas ou em forma de anel. A exposição à luz solar faz com que as lesões piorem.

Tratamento

O tratamento desta condição vai depender dos sinais e sintomas que você apresentar. De acordo com isto, o médico indicará:

  • Medicamentos anti-inflamatórios no esteroides como o Naproxeno ou Ibuprofeno para tratar a dor e inflamação.
  • Medicamentos antipalúdicos como a Hidroxicloroquina, que afetam o sistema imunológico diminuindo o risco de haver surtos da doença.
  • Corticosteroides como a Prednisona para controlar a inflamação causada pela doença.
  • Imunossupressores: encarregados por inibir o sistema imunológico. São utilizados nos casos graves de lúpus.

Sarampo

O sarampo é uma infecção viral que pode iniciar com uma erupção cutânea no rosto e atrás das orelhas antes de passar ao resto do corpo. Esta infecção provoca uma erupção cutânea que se caracteriza por apresentar manchas vermelhas e planas conectadas entre si.

Esta doença é muito contagiosa, vindo acompanhada de febre alta, dor de garganta, tosse, inflamação dos olhos e secreção nasal.

Tratamento

O mais importante é a prevenção, por isso, é preciso ter cumprido seu esquema vacinal durante a infância.

Caso contraia ela, o médico indicará o tratamento sintomático voltado especialmente para a febre que é muito alta, além de algum creme que contenha um anti-histamínico que alivie a coceira no corpo.

Agora que você já sabe as diferentes causas e tratamentos para a coceira atrás da orelha, não perca este outro artigo sobre coceira nos pés antes de dormir.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Coceira atrás da orelha: causas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Pele, cabelo e unhas.

Bibliografia
  • Simarro, D. M. Actualizacion del sarampion y su manejo para personal sanitario.
  • Wetterwald, E., & Aractingi, S. (2000). Erupción aguda diseminada. EMC-Tratado de Medicina, 4(2), 1-5.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Coceira atrás da orelha: causas e tratamento
1 de 2
Coceira atrás da orelha: causas e tratamento

Voltar ao topo da página