Partilhar

Coceira nas axilas: causas e remédios caseiros

 
Por Leonardo Simon. 29 setembro 2020
Coceira nas axilas: causas e remédios caseiros

A coceira nas axilas é mais frequente do que pensamos. Trata-se de um sintoma muito comum que pode ter diferentes causas, podendo ser muito incômodo e insuportável. Além disso, costuma vir acompanhado de vermelhidão, erupção cutânea, descamação e até espinhas, que podem vir a serem infectadas por bactérias.

Não se trata de uma condição grave, embora possa se agravar se a infecção aumentar e sair de controle. Quando o mal-estar é incipiente, é importante tratá-lo imediatamente. Por isso, identificar as causas da coceira é a primeira coisa que você deve fazer. Em alguns casos, ela pode ser tratada facilmente e, em outros, você precisará de atendimento médico.

No ONsalus, te explicamos tudo o que deve saber sobre a coceira nas axilas: causas e remédios caseiros, os quais permitem atacar o mal-estar quando for leve.

Coceira nas axilas, o que pode ser?

A coceira nas axilas é um sintoma muito frequente que pode ter diferentes causas, algumas fáceis de tratar e outras que precisam de atendimento médico. De qualquer forma, é importante ficar atento a este sintoma, já que além de ser muito incômodo, pode ser o começo de uma infecção que, se não for tratada rapidamente, pode piorar ou até mesmo precisar de antibióticos.

A axila é uma área do corpo que fica exposta a certos agentes irritantes, mas além disso é uma área que acumula suor, ou seja, umidade e calor, o que a torna um espaço ideal para o desenvolvimento de agentes patógenos. É por isto que a coceiras nas axilas pode ocorrer por diferentes motivos. Entre elas, estão as seguintes:

  • Higiene inadequada: nesta área podem se desenvolver bactérias que, além de mau cheiro nas axilas, podem causar coceira.
  • Produtos de higiene pessoal: sabonetes, perfumes, cremes hidratantes, desodorantes ou antitranspirantes podem causar alergias. O principal fator gerador de alergias nas axilas é o desodorante, portanto, é importante parar de usá-lo caso seja esse o seu problema, prestando atenção quando surge a irritação ou quando ela piora.
  • Peças de roupa: os tecidos ou outros materiais sintéticos que entram em contato com a pele podem causar irritação e coceira nas axilas. Nestes casos, se a coceira estiver associada com o uso de certas roupas, pare de usá-las e faço o teste utilizando outras roupas feitas de algodão. Este é um material que não causa alergia, só que atualmente é pouco utilizado.
  • Axilas irritadas por depilação: eliminar o pelo das axilas pode ser algo muito irritante para a pele, seja ao raspá-la ou ao depilá-la com outros métodos. Além disso, pode fazer com que os pelos, ao crescerem novamente, fiquem encravados, o que gera não só coceira, mas também dor, podendo ficar infectado e se tornar uma espinha com pus.
  • Coceira nas axilas por fungos: a área das axilas retém muita umidade por se tratar de uma parte do corpo que concentra glândulas sudoríparas. Este ambiente úmido e morno favorece o aparecimento de fungos, como ocorre em outras partes do corpo. Isto, sem dúvidas, causará irritação e coceira.
  • Doenças graves: a coceira nas axilas pode ser um sintoma de doenças mais graves como a insuficiência renal crônica, a varicela, a psoríase, a sarna, a obstrução dos ductos biliares e a doença de Hodgkin.
  • Outras causas: a pele seca, o uso de certos medicamentos, as glândulas mamárias que são ativadas durante a gravidez, o frio ou o calor extremos e o estresse também podem causar coceira nas axilas.
Coceira nas axilas: causas e remédios caseiros - Coceira nas axilas, o que pode ser?

Remédios caseiros para coceira nas axilas

A coceira nas axilas pode ser tratada em casa se a condição não for grave, do contrário é melhor consultar um médico. No caso de ter conseguido determinar o que está causando este sintoma e a origem não for uma condição que precise de um tratamento com medicamentos específicos, você pode usar alguns remédios caseiros como:

Lavar as axilas com bicarbonato

Lavar as axilas com uma solução de bicarbonato de sódio em uma proporção de uma parte de água para três de bicarbonato.

Aveia

Diferentes ervas e produtos naturais podem servir para fazer curativos ou cataplasmas. Entre eles temos a aveia, que pode ser preparada em uma proporção de duas porções de aveia para uma de água e ser colocada na área afetada durante alguns minutos. Este cereal hidrata e nutre a pele ao mesmo tempo que ajuda a regular seu pH.

Compressas frias ou mornas

Para aliviar a coceira nas axilas podem ser aplicadas compressas, em alguns casos frias, para refrescar a área e reduzir a inflamação. Em outros casos, são usadas compressas mornas buscando dilatar os poros para facilitar a extração do pelo encravado.

Também é recomendado o uso de compressas feitas com ervas anti-inflamatórias, como a camomila, a alfafa, o alecrim, a menta ou o manjericão, aplicadas frias.

Pomadas e óleos

Em alguns casos, hidratar a pele das axilas aliviará a coceira. Recomenda-se o uso de óleo naturais como óleo de rícino, manteiga de karité e o óleo de amêndoas. Também é possível usar algum creme enriquecido com vitamina E, babosa ou mel, este último, além de umedecer a pele, também possui propriedades anti-inflamatórias.

Coceira nas axilas: causas e remédios caseiros - Remédios caseiros para coceira nas axilas

Como acabar com a coceira nas axilas

Se você frequentemente sofre de coceira nas axilas, talvez seja recomendável incorporar alguns hábitos simples em seu dia a dia que te ajudarão a evitar este mal-estar, como por exemplo:

  • Higiene e cuidado da área: é recomendável manter as axilas limpas usando produtos naturais que irritem o menos possível a área. Por exemplo, é possível utilizar, depois do sabão, uma máscara de iogurte natural, cujo conteúdo rico em probióticos ajuda a manter o pH da pele e, desta forma, a controlar a presença de microrganismos infecciosos. Também é possível fazer o mesmo com o leite frio, já que seu conteúdo em ácido lático também equilibra o pH da pele.
  • Manter a pele fresca: isto pode ser feito usando roupas frescas de algodão e evitando ambientes muito quentes e úmidos, minimizando assim a transpiração. Também é recomendável utilizar ventiladores ou ares condicionados quando o ambiente está muito quente. Recomenda-se, além disso, não ter rotinas de exercícios muito intensas quando as temperaturas estiverem altas.
  • Evitar irritar as axilas: primeiramente, você deve identificar quais são os fatores irritantes e os que causam alergias, para então minimizar seus usos. Além disso, é recomendável não se arranhar sob nenhuma circunstância, a fim de não deixar a área muito sensível.
  • Consumir vitamina C: é recomendado aumentar o consumo de vitamina C devido ao seu efeito nutritivo e restaurador da pele.

Quando consultar um médico por causa da coceira nas axilas?

A coceira nas axilas, embora possa ocorrer por causas benignas e fáceis de tratar com remédios caseiros, também pode, em alguns casos, exigir uma consulta médica. Entre estas condições mais graves, estão:

  • Dermatite axilar: é uma reação alérgica forte e dolorosa que ocorre pelo contato com certos alérgenos.
  • Psoríase: se trata de uma condição autoimune que pode afetar toda a pele do indivíduo, causando manchas vermelhas que geram coceira.
  • Foliculite axilar: ocorre quando um pelo encravado é infectado à ponto de precisar de antibióticos e outras intervenções médicas.
  • Hiperhidrose axilar: é uma condição que afeta as glândulas sudoríparas, as quais causam suor em excesso.
  • Candidíase: a coceira se deve a uma infecção por fungos, por isso o médico deverá indicar um tratamento com antimicóticos. Saiba mais sobre os fungos nas axilas nesse artigo.

Diante de uma coceira intensa nas axilas, que também é recorrente ou prolongada, com certeza será necessário consultar um médico para que ele descarte algumas destas condições e receite o tratamento mais adequado.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Coceira nas axilas: causas e remédios caseiros, recomendamos que entre na nossa categoria de Pele, cabelo e unhas.

Escrever comentário sobre Coceira nas axilas: causas e remédios caseiros

O que lhe pareceu o artigo?

Coceira nas axilas: causas e remédios caseiros
1 de 3
Coceira nas axilas: causas e remédios caseiros

Voltar ao topo da página