Partilhar

Coceira nos testículos, o que pode ser?

Por Martim Pereira, Redator ONsalus. Atualizado: 20 setembro 2018
Coceira nos testículos, o que pode ser?

Não são poucos os homens que, em algum momento da sua vida, já passaram por um episódio de ardência e coceira no saco escrotal. Embora, na maioria dos casos, se trate de uma condição benigna que desaparecerá com o tempo, dependendo do caso, podemos encontrar alguma doença subjacente.

Com frequência, esta condição não é tratada por um especialista por vergonha de perguntar ao médico sobre a mesma e, como consequência, o paciente não recebe um tratamento adequado e acaba piorando a sua situação.

No seguinte artigo do ONsalus explicamos que doenças ou condições podem provocar coceira no saco escrotal. Continue lendo este artigo sobre coceira nos testículos, o que pode ser?

Também lhe pode interessar: Dor nos testículos após relação: causas

Coceira no saco escrotal por fungos no escroto

Dependendo do caso, a infecção por fungos no homem pode acontecer de forma assintomática, sem que o paciente note algum tipo de sintoma ou condição. No entanto, no momento em que estes sintomas se manifestam, surge uma coceira que se estende pelas coxas, escroto e pênis.

Em seguida explicamos alguns dos sintomas mais caraterísticos da infecção por fungos nos testículos:

  • A pele do escroto pode ressecar e escamar, algo que pode gerar uma grande preocupação. É comum notar coceira nos testículos com descamação nestes casos.
  • Os fungos no saco escrotal não provocam uma ardência e coceira leves, mas sim muito intensas e dolorosas.
  • A pele do escroto fica irritada, vermelha ou escurecida e pode chegar a inflamar.

Se você suspeita que pode ter uma infecção por fungos, consulte um dermatologista assim que possível para que ele prescreva o tratamento adequado e determine os medicamentos necessários para combater esta condição. Saiba mais sobre os fungos nos testículos consultando o artigo Fungos nos testículos: causas e tratamento.

Dica: No seguinte artigo do ONsalus, explicamos quais são os melhores alimentos que combatem a candidíase.

Coceira nos testículos por dermatite atópica

A dermatite atópica é uma condição relativamente comum que afeta cerca de 5% dos adultos e 20% dos recém nascidos e crianças. Esta doença afeta a pele de forma crônica, causando ressecamento, descamação, irritação e outros sintomas desconfortáveis que, periodicamente, se manifestam em cada surto.

Embora não exista uma cura específica, existem soluções e bons hábitos que previnem o aparecimento dos surtos. Um desses bons hábitos consiste em evitar todas as substâncias que provocam dermatite no seu caso. A coceira no saco escrotal pode ser causada pela dermatite atópica. Em seguida, explicamos os fatores que podem desencadear esta coceira tão incômoda:

  • Qualquer tipo de alergia alimentar, como ao leite, aos frutos do mar ou frutos secos.
  • Alergias domésticas como aos ácaros, pólen ou pó.
  • Utilizar roupa interior com tecidos nãos transpiráveis.
  • O detergente que usa também pode ser irritante para a zona íntima.
  • O estresse é uma das causas dos surtos de dermatite.
  • O suor excessivo, sobretudo se não existe transpiração, é outra das causas que pode provocar coceira no saco e virilha.

Atrito com a roupa interior

A pele do escroto é uma pele muito mais sensível e delicada que a de outras partes do corpo. É por isso que, dependendo do tecido com o qual a roupa interior ou as as calças foram fabricadas, pode surgir irritação no escroto que provoca coceira na virilha e na região íntima.

Geralmente, o algodão é o melhor tecido para a roupa interior. Assim sendo, se você acredita que esta é a causa da coceira no saco escrotal, recomendamos que substitua a sua roupa íntima por outra composta por este tecido.

Coceira nos testículos, o que pode ser? - Atrito com a roupa interior

Coceira no saco por prurido escrotal

O prurido anal ou genital é uma condição que afeta tanto a pele do ânus como a das zonas perineais e genitais. No caso dos homens, este prurido costuma estender-se pelo escroto, causando coceira e ardor.

As causas do prurido escrotal podem ser as seguintes:

  • Doenças da pele como eczema, dermatite alérgica ou dermatite de contacto.
  • Infecções como a candidíase, parasitose ou o líquen escleroso.
  • Doenças sistêmicas.

Coceira nos testículos: como tratar?

Nestes casos, para resolver o problema da coceira nos testículos basta tratar a doença subjacente. No entanto, em alguns pacientes, não se observa uma condição concreta que provoque o prurido. Neste caso falamos de um prurido idiopático, ou seja, um prurido que não tem uma origem determinada e que é mais difícil de tratar.

Algo que se demonstrou é que esta condição é relativamente frequente entre os desportistas, cujo suor provoca um excesso de umidade e acaba por irritar a pele do escroto.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Coceira nos testículos, o que pode ser?, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor masculino.

Escrever comentário sobre Coceira nos testículos, o que pode ser?

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Carlos Mendes
Você aconselha alguma pomada para coçeira nos testículos? Obrigado!

Coceira nos testículos, o que pode ser?
1 de 2
Coceira nos testículos, o que pode ser?

Voltar ao topo da página