Partilhar

Corrimento marrom na gravidez é normal?

 
Por Nídia do Carmo, Editora e redatora ONsalus. Atualizado: 10 abril 2019
Corrimento marrom na gravidez é normal?

A gestação desencadeia um processo de mudanças no corpo feminino que vão desde aspectos evidentes, como o crescimento do abdômen e dos seios, até modificações menos visíveis que podem gerar preocupação. Neste aspecto, não há dúvidas de que o sangramento na gravidez sempre é um motivo de preocupação para a futura mãe, no entanto, para determinar se trata-se de um episódio normal ou se é um motivo de preocupação, é importante conhecer alguns fatores, como a frequência do sangramento ou a presença de outros sintomas. Neste artigo do ONsalus, te explicamos em que casos o corrimento marrom na gravidez é normal e quando é necessário consultar o seu ginecologista.

Corrimento marrom no início da gravidez: implantação

Um dos primeiros sintomas da gravidez que aparece e que, muitas vezes, não é detectado pela mulher, é o sangramento durante a implantação do óvulo no útero, que se caracteriza pela secreção de pequenas gotas de corrimento marrom em pequenas quantidades que, para algumas pessoas, pode ser confundido com a menstruação.

Isto acontece porque, no momento em que o óvulo fecundado se implanta no útero, podem ocorrer pequenas lesões no revestimento do mesmo, o que gera uma perda ou sangramento de caráter único e que não se repete. Este sangramento em específico, muitas vezes como uma lesão aleatória, pode nem ser notado pela futura mãe. Perante esta condição, não há motivo de preocupação sempre e quando a mesma não se repetir.

Corrimento marrom no primeiro trimestre de gravidez

O corrimento marrom no primeiro trimestre de gravidez aparece em aproximadamente em 30% das grávidas. Se o mesmo se manifesta quando você já sabe que está grávida, fica muito claro que não é gerado devido à implantação do óvulo, por isso que poderia se tratar de uma descarga isolada e completamente benigna, ou de um sinal de alerta.

Caso tenha corrimento marrom ou avermelhado em quantidades abundantes ou de forma frequente, é provável que a causa desta condição seja que os níveis de progesterona não são adequados, o que pode fazer com que os fragmentos da mucosa do útero se separem do mesmo, assim causando sangramento. Este quadro poderia levar a um desprendimento do óvulo e, portanto, a um aborto espontâneo. Por este motivo, é importante consultar seu ginecologista imediatamente se detectar uma ou mais manchas de corrimento marrom ou avermelhado, especialmente se começaram a serem gerados com frequência. Até que você vá ao seu médico, recomenda-se ficar em repouso.

No caso de apresentar baixos níveis de progesterona, o médico poderá receitar a ingestão de alguns hormônios que cumpram a mesma função deste, podendo dar continuidade à gravidez.

Corrimento marrom e cólica na gravidez

Se você começou a apresentar corrimento marrom na gravidez de forma frequente e está nas primeiras semanas de gestação, é importante determinar o quanto antes se existem outros sinais que possam alertar de uma condição como a gravidez ectópica. Esta condição é produzida quando o óvulo, ao ser fecundado nas trompas de Falópio, ao invés de voltar para o útero, fica preso ali, ou se adere ao colo do útero ou ao abdômen.

Os sintomas da gravidez ectópica são:

  • Sangramentos frequentes.
  • Dor abdominal
  • Náuseas e vômitos
  • Pressão no reto
  • Mal-estar geral
  • Lombalgia e fraqueza

A gravidez ectópica não pode continuar até seu término já que não está se desenvolvendo no útero, portanto, normalmente ocorre um aborto espontâneo ou pode ser necessária a intervenção de um especialista para interromper a gestação. É importante ir imediatamente ao seu ginecologista se suspeita que apresenta esta condição, pois a saúde das suas trompas de Falópio poderá estar em risco.

Corrimento marrom no segundo ou terceiro trimestre de gravidez

Quando o corrimento marrom aparece no segundo ou terceiro trimestre da gravidez, é importante consultar o ginecologista o quanto antes. Esta condição costuma ser o sintoma de um desprendimento da placenta, uma doença que coloca o bebê em risco e que, portanto, requer de repouso absoluto para uma adequada recuperação.

Quando a placenta se desloca, o feto pode parar de receber os nutrientes necessários e, portanto, parar de crescer e se desenvolver adequadamente. Nestes casos, é importante a intervenção de um médico e o repouso para evitar que a gestação seja interrompida.

Corrimento marrom na gravidez: quando ir ao médico

Independente da etapa da gestação, qualquer tipo de alteração no corrimento vaginal durante a gravidez merece uma consulta do ginecologista. Durante o primeiro trimestre, esta poderia ser o sinal de um aborto ou de uma gestação ectópica, enquanto que no segundo ou terceiro trimestre poderia indicar um deslocamento da placenta que precisa de imediata atenção.

Se estas mudanças no corrimento se manifestarem, a equipe do ONsalus te aconselha a ligar para o seu médico e marcar uma consulta urgentemente.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Corrimento marrom na gravidez é normal?, recomendamos que entre na nossa categoria de Gravidez e saúde do bebê.

Bibliografia
  • ANTONETTE. T. Dulay, Attending Physician, Maternal-Fetal Medicine Section, Department of Obstetrics and Gynecology, Main Line Health System; Senior Physician, Axia Women’s Health. Gravidez Ectópica. Disponível em <https://www.msdmanuals.com/pt-pt/casa/problemas-de-sa%C3%BAde-feminina/complica%C3%A7%C3%B5es-da-gravidez/gravidez-ect%C3%B3pica> Acesso em 28 de jan. 2019.
  • SWAMY, Geeta K., Swamy; PHILLIP HEINE, R. Sangramento vaginal durante a gravidez precoce. Disponível em <https://www.msdmanuals.com/pt-pt/casa/problemas-de-sa%C3%BAde-feminina/sintomas-durante-a-gravidez/sangramento-vaginal-durante-a-gravidez-precoce> Acesso em 28 de jan. 2019.
  • SWAMY, Geeta K., Swamy; PHILLIP HEINE, R. Sangramento vaginal durante a gravidez tardia. Disponível em <https://www.msdmanuals.com/pt-pt/casa/problemas-de-sa%C3%BAde-feminina/sintomas-durante-a-gravidez/sangramento-vaginal-durante-a-gravidez-precoce> Acesso em 28 de jan. 2019.

Escrever comentário sobre Corrimento marrom na gravidez é normal?

O que lhe pareceu o artigo?

Corrimento marrom na gravidez é normal?
Corrimento marrom na gravidez é normal?

Voltar ao topo da página