Partilhar

Dor no pé da barriga do lado esquerdo: causas

 
Por Dra. Gennesis Gonzalez, Médica Cirurgiã. 2 agosto 2019
Dor no pé da barriga do lado esquerdo: causas

Na consulta médica, é comum que os pacientes se queixem de dor do lado esquerdo da barriga. Do ponto de vista médico, isto representa uma condição que deve ser completamente avaliada antes de enviar o paciente de volta para casa.

São muitas as causas relacionadas com a dor no pé da barriga do lado esquerdo devido aos diversos órgãos ou as partes deles que ali estão localizados, como o cólon sigmoide, o funículo espermático esquerdo, nos homens, e em mulheres as trompas de Falópio e o ovário esquerdo. Outras vezes, a dor costuma ser o resultado ou vir irradiada de outro local, podendo acontecer do órgão afetado não estar nesta região propriamente dita, como é o caso dos rins.

Qualquer condição que afete algum destes órgãos será refletida, em sua maioria, com dor nesta região. Neste artigo do ONsalus te descreveremos quais são as casuas de dor no pé da barriga do lado esquerdo. Continue lendo!

Dor no pé da barriga do lado esquerdo por inflamação intestinal

Esta é a principal causa pela qual pode-se apresentar dor no lado esquerdo do baixo abdômen, é uma condição bastante comum na população devido aos transtornos na alimentação e sua repercussão na mobilidade e sensibilidade do intestino, sendo que alterações hormonais, estresse no trabalho ou em casa e fatores genéticos também a influenciam.

O cólon irritável é o conceito mais aceito desta condição, já que engloba sintomas como dor abdominal constante, períodos assintomáticos, períodos de constipação, períodos de diarreia ou a manifestação de ambos durante um determinado tempo.

Além disso, a típica dor abdominal, difusa ou localizada na parte abdominal, pode ser do tipo cólica, aguda ou opressiva e tende a ter uma intensidade que vai de leve a moderada. Costuma diminuir após a pessoa defecar.

O início desta dor abdominal costuma ocorrer após a ingestão de algum alimento e nas mudanças na frequência e consistência das evacuações. Por outro lado, outro sintoma que o médico pode notar é a distensão ou inchaço nesta área do abdômen.

Para prevenir esta condição, recomenda-se:

  • Ter uma alimentação balanceada a base de proteínas, fibras e poucas gorduras.
  • Evitar o consumo de alimentos flatulentos, como o repolho e leguminosas.
  • Evitar a ingestão de bebidas alcoólicas.
  • Aumentar o consumo diário de água.
  • Ter um hábito alimentar contínuo e no mesmo horário diariamente.
  • Fazer exercícios regularmente.
  • Evitar o hábito de fumar.
  • Evitar o consumo de café.

Sem sombra de dúvidas, o médico, após a avaliação do paciente, dará o diagnóstico adequado e indicará o tratamento que for necessário, que costuma incluir medicamentos espasmolíticos para aliviar a dor, procinéticos para estimular a mobilidade intestinal, laxantes ou antidiarreicos no caso de serem necessários, probióticos e, em último caso, os antidepressivos quando determinam que a causa está relacionada com o estado de ânimo e estresse.

Dor no pé da barriga do lado esquerdo por diverticulite

Outra condição pela qual manifesta-se dor no pé da barriga do lado esquerdo é a diverticulite. Gera-se a formação de pequenas bolsas localizadas no cólon descendente e sigmoide, estas nada mais são que hérnias da mucosa do intestino justamente nas áreas onde há fragilidade intestinal por falta de camada muscular.

O local onde pode haver mais divertículos é no cólon sigmoide, daí a presença de dor e maior sensibilidade nesta região. Estas bolsas formadas se inflamam e inclusive podem ficar infectadas.

A presença de vários divertículos na mesma região pode levar ao surgimento de sangramento dentro do intestino grosso resultado da irritação de algum vaso sanguíneo. No caso de não ser tratada a tempo, pode levar a complicações como abscessos e obstrução intestinal.

Acredita-se que os fatores de risco relacionados com a diverticulite são:

  • Falta de exercícios.
  • Sobrepeso.
  • Consumo de alguns medicamentos como os AINES.
  • Hábito de fumar.

Da mesma forma, esta condição é mais comum em homens do que em mulheres e costuma surgir após os 50 anos de idade.

O diagnóstico será obtido depois da avaliação especializada e a indicação de alguns paraclínicos como:

  1. Tomografia abdominal e pélvica.
  2. Colonoscopia.
  3. Radiografia.

O tratamento será baseado de acordo com os sintomas e as possíveis complicações do paciente, podendo incluir:

  • Repouso médico.
  • Antibióticos via oral.
  • Dieta líquida.
  • Em casos graves, será necessário o uso de antibióticos via intravenosa, cirurgia abdominal para a ressecção cirúrgica desta parte do cólon.
Dor no pé da barriga do lado esquerdo: causas - Dor no pé da barriga do lado esquerdo por diverticulite

Dor no pé da barriga do lado esquerdo: cisto no ovário

Por outro lado, no caso das mulheres, ter um ou mais cistos no ovário esquerdo tende a ser uma causa comum da dor no baixo abdômen. Lembremos que os cistos são sacos com conteúdo líquido que estão localizados dentro ou na superfície do ovário.

Quando o cisto é suficientemente grande ou quando há vários deles, costuma haver dor forte no pé da barriga, além de sensação de peso no mesmo e inchaço, vontade de urinar com frequência, perda de apetite e irregularidade no ciclo menstrual.

Esta condição é muito comum e ocorre quando, durante a etapa da ovulação, o folículo não libera o óvulo e este continua crescendo, denominando-se cisto folicular. Por outro lado, o cisto de corpo lúteo se forma quando o folículo se preparou para dar e produzir progesterona e estrógeno, e o líquido se acumula nele. Esses são os tipos de cistos nos ovários mais comuns, mas existem outros menos frequentes:

  • Cisto dermoide.
  • Cisto cistoadenoma.
  • Endometrioma.

Os cistos nos ovários comuns costumam ser inofensivos e desaparecer por si sós, raramente precisam de tratamento, também são menos comuns durante a menopausa e, caso se manifestem, há um risco maior de desenvolver câncer de ovário.

O médico, ao realizar o diagnóstico, deverá esperar que o cisto desapareça ou que seus sintomas se agravem, dependendo disto indicará o tratamento caso seja necessário, geralmente estes incluem anticoncepcionais orais durante um determinado tempo para regular os níveis de hormônios e aliviar os sintomas. Em casos extremos, será necessário uma cirurgia para eliminar o cisto.

Dor no pé da barriga por gravidez ectópica

Refere-se a fecundação e implantação do óvulo na trompa de Falópio ao invés de ocorrer no útero.

Com o passar dos dias, o embrião começará a crescer nesta área errada, causando dor de leve a moderada intensidade. Muitas vezes, costuma romper a trompa de Falópio e apresentar dor intensa de caráter agudo ou opressivo, e hemorragia interna que leva a dor abdominal difusa, aumento da sensibilidade nesta área, náuseas, vômitos e sangramento vaginal.

É um condição bastante frequente na idade fértil da mulher e, no caso de não ser tratada a tempo, pode levar a um problema de saúde grave. A única forma de conhecer corretamente a presença de uma gravidez ectópica é através da avaliação médica especializada que implica em um exame pélvico, exame de sangue ou ultrassom.

Os sinais de alerta incluem:

  • Dor intensa na parte baixa do abdômen do lado da trompa afetada.
  • Sangramento vaginal anormal.

O tratamento precisará de:

  1. Injeções de metotrexato para interromper o crescimento do embrião na trompa uterina.
  2. Tratamento cirúrgico através de laparoscopia.

Para mais informações veja o artigo Gravidez ectópica: sintomas, duração e tratamentos.

Dor no pé da barriga do lado esquerdo: causas - Dor no pé da barriga por gravidez ectópica
Imagem: bebe.abril.com.br

Dor no pé da barriga do lado esquerdo por cálculos renais

O aumento da concentração de cálcio na urina, alguns tipos de cânceres, ter antecedentes familiares de cálculos renais, a ingestão de alguns alimentos, são apenas algumas das causas relacionadas com a presença de cálculos ou pedras nos rins.

Tal como seu nome indica, são pequenas pedras formadas nos rins. Em alguns casos, podem ser muito pequenas, ao ponto de não ser possível enxergá-las, mas quando estas aumentam de tamanho e saem dos rins e viajam através de todas as vias urinárias, podem ficar presas em alguma parte do trajeto e causarem a típica dor renal.

Embora seja verdade que a dor renal esteja localizada na região lombar, esta pode irradiar facilmente até a parte abdominal, especialmente, na região inferior esquerda, no caso da pedra ter se formado no rim esquerdo. A dor é intensa e intermitente.

Neste caso, também podem aparecer outros sintomas como:

  • Mal-estar estomacal.
  • Urina avermelhada ou sanguinolenta.
  • Sensação de querer urinar constantemente.
  • Ardência ao urinar.
  • Além do simples fato da presença do cálculo renal, se houver uma infecção, a urina pode ficar turva e malcheirosa e a pessoa tende a sentir febre.

Dor no pé da barriga por fibromas

Os fibromas, leiomiomas ou miomas são crescimentos tumorais que se desenvolvem na parede do útero. Geralmente de tamanho variável, em algumas mulheres podem crescer lentamente no decorrer de alguns anos e, em outras, se desenvolverem rapidamente. Certamente, não são crescimentos tumorais cancerígenos.

Entre seus sintomas comuns se encontram:

  • Dor na região abdominal/pélvica inferior, que pode se manifestar no lado esquerdo ou direito.
  • Sangramento menstrual abundante.
  • Sangramento intermenstrual.
  • Dor nas costas.
  • Dor durante as relações sexuais.
  • Raramente, abortos espontâneos.

Os fibromas uterinos não são uma condição rara, na verdade, são bastante comuns e costumam ser normais entre os 30 e 40 anos de idade.

Os fatores de risco mais relevantes para sofrer de fibromas uterinos são:

  1. Ter antecedentes familiares de miomas ou fibromas.
  2. Sobrepeso.
  3. Consumo em excesso de carnes vermelhas.
  4. Falta de vitamina D.
  5. Ser de raça negra.

O diagnóstico e o tratamento é puramente médico e é provável que, dependendo do tamanho, idade, estado de saúde geral e sintomas, seja necessário utilizar ibuprofeno ou acetaminofeno para acalmar a dor. Provavelmente serão indicados anticoncepcionais hormonais e, em último caso, a realização de uma cirurgia.

Dor no pé da barriga do lado esquerdo: causas - Dor no pé da barriga por fibromas

Dor no pé da barriga do lado esquerdo: outras causas

O que pode ser dor no pé da barriga além das causas indicadas? A seguir mencionaremos outras causas menos frequentes da dor no pé da barriga do lado esquerdo:

Obstrução intestinal

A obstrução intestinal é um bloqueio parcial ou total no qual se impede o livre trânsito do conteúdo do intestino podendo afetar qualquer parte do intestino. Neste caso, para que a dor apareça na região abdominal esquerda inferior, o bloqueio intestinal teria que ser ao redor do cólon descendente e sigmoide.

Geralmente, está relacionada com intervenções cirúrgicas anteriores, hérnias e tumores. Esta lesão tem como característica apresentar dor intensa, perda de apetite e inflamação.

O diagnóstico de uma obstrução no intestino é puramente médico e será necessário realizar exames físicos, exames de raios X e, em alguns casos, ecografia abdominal para ter o diagnóstico. Frequentemente, o tratamento será uma cirurgia para conseguir liberar o local da obstrução.

Cólicas menstruais

As dores menstruais, além de se manifestarem na área conhecida como baixo ventre, também podem se irradiar até a região inferior direita ou esquerda do abdômen.

Podem surgir um dia antes, durante ou depois do período menstrual, desaparecendo, aproximadamente, entre o segundo e terceiro dia da menstruação. Além disto, pode-se sentir dor de cabeça, náuseas e a necessidade de urinar frequentemente. Este conjunto de sintomas é o que se chama de tensão pré-menstrual.

Doença inflamatória pélvica

Um dos sintomas da doença inflamatória pélvica é a presença de dor na parte inferior do abdômen. Esta condição é um processo infeccioso dos órgãos reprodutores femininos, entre eles, o útero, as trompas de Falópio e os ovários.

Além de apresentar dor na parte inferior do abdômen, pode estar associada com a presença de sangramento vaginal de forma irregular e secreções vaginais.

Para que a dor se estenda até a parte inferior abdominal esquerda, a infecção deve ser grave e irradiar até o ovário, formando o que se conhece como ooforite ou ovarite. Se além disso houver acúmulo de pus na trompa de Falópio, se formará o que se conhece como abscesso tubo ovárico.

Frequentemente a doença pélvica inflamatória se manifesta em mulheres sexualmente ativas, especialmente naquelas com menos de 35 anos que não utilizam nenhum método anticoncepcional de proteção. Além disso, representa um fator de risco para mulheres que tiveram antecedentes de doença pélvica inflamatória ou que já tenham contraído alguma doença sexualmente transmissível.

Doença de Crohn

O processo inflamatório do intestino é conhecido como doença de Crohn, a área mais comum que é afetada é o íleo, cólon e reto, apresentado-se sintomas como:

  • Dor abdominal no local afetado, neste caso, se o cólon descendente e sigmoide estiverem afetados, a dor ocorrerá principalmente na região inferior esquerda do abdômen.
  • Diarreia.
  • Perda de peso.
  • Febre.
  • Inchaço.

Aparece em qualquer idade, especialmente entre os 16 e 40 anos. A causa do aparecimento não é conhecida com exatidão, mas a principal teoria é focada em fatores imunológicos ou bacterianos.

Não existe uma cura definitiva para tratar a doença de Crohn, mas os medicamentos podem tratar e aliviar os principais sintomas. Os medicamentos incluem a prednisona, imunodepressores e anti-inflamatórios. Em casos graves, como uma perfuração intestinal, é indicado realizar uma cirurgia de emergência.

Como foi descrito, são várias as causas da dor no pé da barriga do lado esquerdo, todas precisam de atendimento médico adequado para que haja uma melhora eficaz.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Dor no pé da barriga do lado esquerdo: causas, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema digestivo.

Bibliografia
  • Ezcurra, R., Lamberto, N., & Peñas, V. (2009). Dolor abdomino-pélvico en ginecología. In Anales del Sistema Sanitario de Navarra (Vol. 32, pp. 49-58). Governo de Navarra. Departamento de Saúde.
  • Pereira, N., Vega, J., Readi, A., Abedrapo, M., & Galleguillos, A. (2012). Diverticulitis aguda complicada: tendencias en el tratamiento actual. Revista chilena de cirurgia, 64(6), 581-585.

Escrever comentário sobre Dor no pé da barriga do lado esquerdo: causas

O que lhe pareceu o artigo?

Dor no pé da barriga do lado esquerdo: causas
Imagem: bebe.abril.com.br
1 de 4
Dor no pé da barriga do lado esquerdo: causas

Voltar ao topo da página