Acne

Espinhas no couro cabeludo - Causas e tratamento

 
Dra. Ivonne Nieves Blanco
Por Dra. Ivonne Nieves Blanco, Médica Cirurgiã. 14 setembro 2023
Espinhas no couro cabeludo - Causas e tratamento

As principais causas das espinhas no couro cabeludo são o acúmulo de produtos agressivos, falta de higiene, reações alérgicas, infecções de pele, alterações hormonais e estresse. Se você já teve acne, sabe o que significa - é uma condição que causa espinhas no rosto e em outras partes do corpo, inclusive no couro cabeludo. As pessoas estão acostumadas a ver as espinhas no rosto ou nas costas. Para muitos, o aparecimento de espinhas no couro cabeludo pode parecer estranho. As espinhas do couro cabeludo, como também é conhecida a acne do couro cabeludo, ocorrem na linha do cabelo ou em todo o couro cabeludo e podem ser causadas por poros ou folículos capilares obstruídos, causando coceira e dor. As espinhas no couro cabeludo pode ocorrer em curto ou longo prazo, dependendo da causa da acne e do tratamento indicado.

Existem muitas causas de espinhas no couro cabeludo. Portanto, neste artigo do ONsalus, você aprenderá sobre cada uma delas e as opções de tratamento.

Índice

  1. Acúmulo de produtos agressivos
  2. Falta de higiene
  3. Reações alérgicas
  4. Infecções cutâneas
  5. Alterações hormonais
  6. Estresse

Acúmulo de produtos agressivos

O acúmulo de determinados produtos, como xampu, gel, spray de cabelo ou laquê, pode causar espinhas no couro cabeludo; isso se deve ao bloqueio dos folículos capilares pelo acúmulo dessas substâncias, causando o aparecimento de inchaços vermelhos acompanhados de coceira, dor e sensibilidade.

Tratamento

Uma vez feito o diagnóstico, o médico prescreverá produtos hipoalergênicos específicos para a lavagem dos cabelos, como sabonetes antibacterianos, produtos sem óleo, xampus anticaspa, além de lavagens frequentes para evitar o acúmulo de produtos agressivos.

Espinhas no couro cabeludo - Causas e tratamento - Acúmulo de produtos agressivos

Falta de higiene

A falta de higiene do couro cabeludo após a transpiração é uma causa comum de espinhas no couro cabeludo. O acúmulo de sujeira, óleo e outras partículas pode causar o entupimento dos folículos, o que pode levar a outras condições, como infecções e queda de cabelo. Leia sobre Por que minha cabeça coça e meu cabelo cai aqui.

Tratamento

Para tratar a acne no couro cabeludo causada por falta de higiene, será necessário lavar o couro cabeludo pelo menos duas vezes ao dia, aplicando um sabonete neutro e, em seguida, enxaguar com bastante água morna; secar bem e aplicar uma loção que alivie a coceira, melhor se o cabelo for raspado antes. Você pode aplicar um creme contendo cortisona para aliviar as lesões. Até que a pele se normalize, siga essas orientações 1 a 2 vezes por dia.

Espinhas no couro cabeludo - Causas e tratamento - Falta de higiene

Reações alérgicas

A acne no couro cabeludo podem surgir como efeito colateral da ingestão de um alimento ou de um medicamento que pode causar uma reação alérgica no corpo e provocar espinhas ou acne na cabeça e em outras áreas. A aplicação de um produto químico pode desencadear o aparecimento de espinhas acompanhadas de coceira, inflamação e dor.

Tratamento

O dermatologista fará o diagnóstico e indicará a suspensão do alimento ou medicamento causador da reação alérgica, acompanhada de anti-histamínicos orais para controlar a inflamação e a coceira.

Infecções cutâneas

Em geral, a foliculite ou as infecções cutâneas nos folículos são causadas pela presença de:

  • Propionibacterium acnes.
  • Staphylococcus epidermidis.
  • Fungos.
  • Ácaros.

O acúmulo dessas bactérias ou de outros microrganismos nocivos nos folículos pode levar ao aparecimento de espinhas no couro cabeludo, resultando em sintomas como inchaço, coceira ou dor.

Tratamento

Será indicado pelo dermatologista e terá como base antibióticos orais ou tópicos, dependendo das lesões, para matar as bactérias e reduzir a inflamação, bem como anti-inflamatórios, que ajudarão na coceira e até mesmo na dor, se houver. Se a infecção for fúngica ou fúngica, será prescrito um antifúngico ou antifúngico e, se for uma infecção por ácaro, será prescrito um antiácaro. Em alguns casos, a terapia fotodinâmica pode ser prescrita para aliviar os sintomas.

Neste outro artigo do ONsalus, você pode ler mais sobre o que são e causas das manchas vermelhas no couro cabeludo.

Espinhas no couro cabeludo - Causas e tratamento - Infecções cutâneas

Alterações hormonais

As flutuações hormonais que ocorrem no corpo durante determinados estágios da vida, como a puberdade, podem ser a causa das espinhas no couro cabeludo. Os andrógenos são hormônios e, em especial a testosterona, fazem com que o corpo produza mais óleo.

Durante a adolescência, o aumento dos hormônios é a principal causa das espinhas. Entretanto, os adultos também podem desenvolver acne hormonal. Isso pode ocorrer durante a gravidez, a menopausa ou durante o uso de terapia com testosterona.

Tratamento

O tratamento da acne no couro cabeludo causada por níveis hormonais alterados começará com a verificação dos níveis de hormônios no sangue e, com base nos resultados, com o ajuste da terapia de reposição, caso esteja fazendo uso dela.

Estresse

O estresse pode gerar o aparecimento de espinhas no couro cabeludo porque é uma reação psicossomática, que se torna evidente, causando queda de cabelo, bem como o aparecimento de acne no couro cabeludo.

Essa situação pode levar a uma alteração do equilíbrio hormonal, aumentando assim a produção de sebo e dando origem ao aparecimento de acne no couro cabeludo. Ao mesmo tempo, o estresse pode afetar o sistema imunológico, enfraquecendo-o e tornando a pele mais sensível a bactérias e inflamações.

Tratamento

Para tratar as espinhas do couro cabeludo causada pelo estresse, o médico recomendará algumas mudanças no estilo de vida para melhorar sua saúde:

  • Melhorar a circulação sanguínea na cabeça.
  • Lave as toalhas que você usa para secar o cabelo com frequência ou troque-as a cada dois dias.
  • Adotar uma dieta equilibrada, saudável e natural.
  • Mantenha-se hidratado.
  • Praticar atividade física todos os dias.

Recomendamos que você leia este outro artigo sobre Espinhas na cabeça devido ao estresse: por que elas aparecem e tratamento.

Agora você conhece algumas das causas das espinhas no couro cabeludo e sabe como tratá-las. Talvez você também tenha interesse em ler sobre Por que tenho verrugas na cabeça.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Espinhas no couro cabeludo - Causas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Pele, cabelo e unhas.

Bibliografia
  • De Bayona, L. S. M. (2002). La importancia de los andrógenos en el acné. MedUNAB, 5(14), 100-120.
  • Domínguez-Auñón, J. D., Gamo, R., Isarría, M. J., García-Arpa, M., Vergara, A., Rodríguez-Peralto, J. L., ... & Iglesias, L. (2004). Foliculitis/seudofoliculitis abscesiforme del cuero cabelludo. Presentación de dos casos y breve revisión de la literatura. Actas Dermo-Sifiliográficas, 95(4), 231-234.
  • Marín, G. M. G. (2023). Acné queloideo en la parte occipital de la región craneal. Mediciego, 28(1), 1590.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
1 de 4
Espinhas no couro cabeludo - Causas e tratamento