Partilhar

Hemorroidas: tipos, sintomas e tratamentos

 
Por Leonardo Simon. Atualizado: 6 março 2019
Hemorroidas: tipos, sintomas e tratamentos

As hemorroidas são dilatações das veias da zona retal ou anal que se manifestam na forma de protuberâncias e que costumam causar dor, coceira, queimação e sangramento. Suas causas são diversas, já que desde a constipação até à gravidez ou até outras doenças podem contribuir para o seu aparecimento. Geralmente, podem ser tratadas de forma apropriada através de medidas simples ou medicamentos que reduzem o desconforto. Em casos muito graves, é necessário consultar um médico, já que pode ser necessária uma intervenção cirúrgica. Continue lendo, pois no ONsalus te damos todos os detalhes sobre os tipos, sintomas e tratamentos das hemorroidas.

Também lhe pode interessar: Como curar hemorróidas externas rapidamente

Tipos de hemorroidas

As hemorroidas aparecem quando se gera um aumento da pressão do ânus, o qual pode ser devido a diversas causas. Entre os fatores comuns que tornam propício o desenvolvimento das hemorroidas se encontram a constipação, fazer muito esforço ao defecar, ficar muito tempo de pé ou sentado em uma posição inadequada, ter sobrepeso ou sofrer certas doenças como cirrose hepática. Além disso, também foi indicado que pessoas com antecedentes familiares de hemorroidas têm maior risco de sofrê-las e que são uma condição muito frequente em mulheres grávidas, especialmente nas últimas semanas da gestação devido à pressão que o útero exerce sobre as veias hemorroidais ou ao grande esforço realizado durante o parto.

As hemorroidas são distinguidas em dois tipos, de acordo com o ponto de localização no ânus. Descubra em seguida quais os tipos de hemorroidas:

  • Hemorroidas externas: estão localizadas no plexo hemorroidário externo, isto é, abaixo da junção do ânus com o reto ficando, digamos, na parte "visível". Este tipo de hemorroida não costuma gerar sangramento devido ao fato de que fica coberta de pele. No entanto, se devido ao grande esforço ao defecar ocorre uma trombose e se forma um coágulo de sangue, o paciente pode sentir um caroço de cor azul ou lilás na região anal que, além de ser muito doloroso, causa sangramento.
  • Hemorroidas internas: estão localizadas no plexo hemorroidário interno, isto é, na parte inferior do reto e por cima do ânus. Estão cobertas por uma mucosa, não por pele como as externas, e o sangramento é sua principal manifestação.
Hemorroidas: tipos, sintomas e tratamentos - Tipos de hemorroidas

Sintomas de hemorroidas

Em casos muito leves, as hemorroidas podem ser assintomáticas, mas seus sintomas dependerão de cada caso e do grau de inflamação das mesmas. De forma geral, os sintomas de hemorroidas são:

  • Protuberâncias duras e sensíveis perto da região anal.
  • Prolapso: caroço que aparece se as hemorroidas saem do interior do ânus para o exterior, se tornando muito complicado voltar a introduzi-las. Causa dor intensa.
  • Sangramento: sangue que provém do reto que ocorre normalmente durante a defecação devido ao esforço.
  • Dor e coceira anal, especialmente ao defecar ou enquanto se está sentado.
  • Secreção: muco proveniente da mucosa anal que é secretado no caso das hemorroidas internas e que causa irritação, coceira e sensação de queimação na pele.

É muito importante consultar um médico imediatamente se o sangramento for abundante e se sente, ao mesmo tempo, outros sintomas como tonturas, náuseas ou desmaios.

Tratamento para hemorroidas

O tratamento para hemorroidas deve ser determinado em função da gravidade dos sintomas. Na maioria dos casos, é uma condição que pode ser curada adotando medidas simples no dia a dia e uma série de hábitos de vida saudáveis que aliviam o desconforto e aceleram o processo de cura das hemorroidas.

Em primeiro lugar, deve-se combater a constipação, pois é um dos principais responsáveis pelo aparecimento destas lesões. Para isso, é fundamental:

  • Seguir uma dieta equilibrada e rica em fibras, aumentando o consumo de verduras e frutas.
  • Evitar o consumo de alimentos que causam gases e comidas gordurosas.
  • Beber bastante água durante o dia.
  • Praticar atividades físicas.
  • Fixar horários para fazer as refeições e não demorar durante o banho.
  • Fazer uso de amaciadores de fezes para facilitar a evacuação.

Quanto ao tratamento farmacológico, podem ser úteis pomadas para hemorroidas e cremes corticoides para reduzir tanto os incômodos quanto a inflamação; analgésicos, também para aliviar as dores; laxantes, no caso de constipação que não melhora com as mudanças na dieta; ou venotônicos, comprimidos para hemorroidas para casos com sangramento ativo ou trombose hemorroidária aguda.

O principal remédio para hemorroidas é a higiene pessoal, já que tem um papel muito importante na cura. É recomendado evitar o uso de papel higiênico sempre que possível, em particular perfumados ou com fragrâncias. É preferível a utilização de lenços umedecidos ou fazer um banho de assento com água morna ou fria e secar a região com uma toalha suave sem esfregar. Se forem feitos banhos de assento durante cerca de 10 a 15 minutos, é possível reduzir o desconforto consideravelmente. Da mesma forma, não se deve coçar nem tocar a área afetada para evitar que piore, e recomenda-se utilizar roupa íntima de algodão.

Se estas medidas não deram resultado e as hemorroidas não respondem aos tratamentos e, pelo contrário, pioram, será conveniente consultar um médico, pois podem ser necessários outros procedimentos. É possível que seja necessário realizar um tratamento no consultório médico chamado coagulação infravermelha, o qual consiste na aplicação de calor para reduzir o tamanho da protuberância. Por outro lado, também é possível colocar uma espécie de elástico na base da hemorroida para estrangulá-la até que caia por conta própria após alguns dias.

No caso destes últimos também não serem suficientes, o médico considerará a opção de algum tipo de cirurgia. Normalmente, realiza-se a hemorroidectomia, que é a remoção das hemorroidas e é considerada a técnica mais eficiente para hemorroidas internas que não responderam a nenhum dos demais tratamentos.

Remédio caseiro para hemorroidas

O vinagre de maçã para hemorroidas é um dos tratamentos mais populares para tratar a condição. Saiba como usá-lo para obter alívio da dor e desconforto no artigo vinagre de maçã para hemorroidas: benefícios e como usar.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Hemorroidas: tipos, sintomas e tratamentos, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema digestivo.

Bibliografia
  • ANSARI, Parswa. MD, Assistant Professor and Program Director in Surgery, Hofstra Northwell-Lenox Hill Hospital, New York. Hemorroidas. Acessado em 6 de março de 2019. Disponível em <https://www.msdmanuals.com/pt-pt/profissional/dist%C3%BArbios-gastrointestinais/dist%C3%BArbios-anorretais/hemorroidas>

Escrever comentário sobre Hemorroidas: tipos, sintomas e tratamentos

O que lhe pareceu o artigo?

Hemorroidas: tipos, sintomas e tratamentos
1 de 2
Hemorroidas: tipos, sintomas e tratamentos

Voltar ao topo da página