menu
Partilhar

O que fazer quando a unha descola da carne

 
Por Redação ONSalus. 2 junho 2021
O que fazer quando a unha descola da carne

Normalmente, as unhas somente recebem atenção para fins estéticos, mas elas realmente dizem muito sobre o estado de saúde de uma pessoa. Existem diferentes jeitos de perceber que algo não está certo com nossas unhas: unhas com ranhuras, com pontos, deformadas, que não crescem bem, mudanças de cor e, o tema deste artigo, as unhas descoladas. Como verá a seguir, existem diversas formas de ter as unhas descoladas e isto ocorrer por diferentes doenças para cada caso, algumas afetam somente a unha danificada e outras são apenas um reflexo do que o resto do organismo está sofrendo.

Unha descolando? Descubra neste artigo do ONsalus o que fazer quando a unha descola da carne.

Também lhe pode interessar: Como tirar mancha preta da unha do pé

Por que as unhas dos pés se soltam da carne - Causas

Existem diferentes tipos de unhas descoladas e, de acordo com a área que afetarem, se pensará no tipo da doença que está causando o problema. Assim, podemos dividi-las em:

  • Onicólise: neste caso, a unha é descolada do leito ungueal na parte da frente e dos lados, ou seja, a área que não está unida à cutícula, e debaixo dela fica acumulada sujeira e germes. Entre as causas que podem gerá-la estão: traumatismos (por pancadas ou calçados apertados, sendo muito frequente em atletas de corrida e bailarinas), excesso de pedicure, uso de unhas acrílicas, hiperhidrose (contato constante com água e detergentes), substâncias irritantes (cosméticos para unhas, pesticidas, solventes), medicamentos (alguns antibióticos, retinoides, aripiprazol, olanzapina, psoralenos, alguns antineoplásicos), alergias, fungos, psoríase e outras doenças de pele, tumores benignos e malignos.
  • Onicomadese: é quando a unha descola do leito ungueal na área da base (próxima à cutícula), isto ocorre sem dor, aparecendo uma nova unha por baixo. Acontece por diferentes causas: desnutrição, infecções, medicamentos (alguns antibióticos, retinóides, lítio, anticonvulsivos, medicamentos citotóxicos), infecções (por vírus, fungos ou bactérias), doenças de pele, entre outras.
  • Unhas em colher ou coiloniquia: ocorrem devido a um transtorno com o ferro (por falta, como na anemia, ou por excesso, como na hemocromatose), por hipotireoidismo ou alguma doença cardíaca. Todas as unhas ficam descoladas nos lados, dando às mesmas o aspecto de uma colher. Na verdade, devido à grande curvatura que apresentam, pode caber até uma gota d'água em cima delas.

O que fazer quando a unha descola da carne

Como vimos anteriormente, são diversos os motivos pelos quais a unha do pé pode estar descolada, mas existem certas medidas gerais que podem ser tomadas:

  • Consultar um profissional, seja o médico ou um dermatologista, já que por serem diversas as causas, também são muito diferentes os tratamentos que podem ser recomendados. O profissional te fará várias perguntas para saber o que pode estar afetando este dedo machucado, examinará a área e a pessoa no geral (já que muitas causas não se limitam somente à unha) e, de acordo com o caso, pode pegar uma amostra da área ou solicitar outros exames.
  • Evitar agentes irritantes, substâncias químicas, produtos cosméticos na unha afetada: as unhas precisam estar livres de substâncias prejudiciais para poder se curarem, já que o problema não é superficial e, como vimos anteriormente, a causa costuma residir no leito ungueal.
  • Recomenda-se manter a unha descolada o mais curta possível e, em geral, é necessário cortar as unhas de forma reta, não seguindo a curvatura do dedo.
  • Durante a pedicure não fazer uma limpeza tão forte sobre a área da cutícula, já que isto pode ser a causa do problema.
  • Evitar arrancar as unhas: sempre usar uma tesoura para cortá-las.
  • Usar calçados que não pressionem a área afetada e evitar o uso de tamancos: todo calçado incômodo contribui para prolongar o traumatismo na área. Por outro lado, no caso de pessoas que sofram um traumatismo permanente devido à sua profissão (trabalhos em fábricas, trabalho com peso ou pés expostos a pancadas), é recomendado o uso de calçados de segurança com pontas de aço.
  • Melhorar a alimentação: tomar água, aumentar o consumo de frutas e verduras cruas, legumes e sementes. Evitar todos os tipos de alimentos processados (com corantes, saborizantes, conservantes), açúcar e farinhas refinadas. Alimentar-se da forma mais natural possível te ajudará a recuperar seu estado de saúde, indiferente da doença que esteja te afetando.

Agora que você já viu as diferentes opções sobre o que fazer quando a unha descola da carne, a seguir explicaremos o que usar para curar uma unha descolada.

Como curar uma unha descolada do pé: ratamento médico

O tratamento de uma unha descolada do pé sempre deve ser voltado, como primeira medida, em tentar resolver o que está causando o problema. Portanto, geralmente são tomadas amostras da unha para saber o que está lhe afetando. Isto deve ser feito por um médico especialista, que também pode solicitar outros estudos caso julgue necessário.

O podólogo também pode colaborar para manter a unha no melhor estado possível com as seguintes ações:

  • Recortando a unha danificada o máximo que conseguir, de forma reta.
  • Evitando trabalhar muito sobre a cutícula.
  • Controlando que, caso haja o crescimento de uma nova unha, esta esteja saudável e crescendo de forma adequada.
  • Aplicando os produtos e medicamentos que o dermatologista indicar, tais como esmaltes fortalecedores ou com antimicóticos.
  • Acompanhando a evolução da unha doente.
  • Se a unha estiver completamente solta, ele pode removê-la, já que assim evitará o acúmulo de umidade e sujeira debaixo da mesma, contribuindo para que o processo de cura seja mais rápido. Isto também gera mais conforto na pessoa, já que a unha descolada às vezes pode ficar presa e provocar incômodos ou sensações desagradáveis.

Talvez possa te interessar este outro artigo sobre como curar uma unha encravada no dedão do pé.

O que fazer quando a unha descola da carne - Como curar uma unha descolada do pé: ratamento médico

Quanto tempo demora para curar uma unha descolada do pé

Uma vez com o diagnóstico, a solução costuma ser lenta, entre 6 a 9 meses, já que além de curar a doença que está causando o problema, é preciso esperar o crescimento de uma nova unha sem problemas, o que requer certa paciência. É importante que durante esse processo a unha não sofra novos traumatismos.

Agora que você já sabe o que fazer quando a unha descola da carne, não perca este artigo em que falamos sobre as causas para uma unha roxa.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que fazer quando a unha descola da carne, recomendamos que entre na nossa categoria de Pele, cabelo e unhas.

Bibliografia
  • Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Onicomicose. Disponível em: <https://www.sbd.org.br/dermatologia/unhas/doencas-e-problemas/onicomicose/33/>. Acess oem 31 de maio de 2021.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

O que fazer quando a unha descola da carne
1 de 2
O que fazer quando a unha descola da carne

Voltar ao topo da página