Partilhar

Próstata aumentada: sintomas, causas e tratamentos

Por Martim Pereira, Redator ONsalus. 17 julho 2018
Próstata aumentada: sintomas, causas e tratamentos

Tarde ou cedo na vida, nós homens temos que lidar com problemas na nossa próstata, a glândula que faz parte do sistema reprodutor masculino. Ela se localiza em torno da uretra, que é o "tubo" que transporta a urina para fora do corpo. Como parte do processo natural do organismo, à medida que envelhecemos, a próstata vai aumentando de tamanho. As complicações surgem quando o seu aumento é tão grande que exerce pressão em volta da uretra, tornando-a mais pequena. No ONsalus, explicamos tudo o que você precisa saber sobre a próstata aumentada: sintomas, causas e tratamentos.

Também lhe pode interessar: Varicocele: sintomas, tratamento e causas

Sintomas de próstata inflamada

A pressão que a próstata inflamada exerce sobre o canal que expulsa a urina faz com que a sua bexiga se comporte de um jeito irregular. A vontade de ir no banheiro pode ser mais frequente que o normal, podendo até te despertar a meio da noite. Uma vez no banheiro, a obstrução do canal pode dificultar o início da micção, podendo até revelar um fluxo de urina débil ou com pouca quantidade, apesar de você ter acordado com muita vontade. Também pode acontecer que, no final da micção, você sinta necessidade de continuar urinando ou que a urina seja acompanhada de sangue.

Dependendo da causa que está deixando a sua próstata inchada, é possível que você sinta ainda ardência ao urinar ou até que tenha febre por alguns dias. Se você reconhece algum desses sintomas, não hesite em consultar o seu médico. Um diagnóstico precoce pode prevenir complicações como danos nos rins, na bexiga ou infecções mais graves.

Próstata aumentada: sintomas, causas e tratamentos - Sintomas de próstata inflamada

Próstata inflamada: causas

Se você tem mais de 50 anos de idade, é comum que a inflamação se deva a hiperplasia prostática benigna, ou seja, produto do crescimento natural da glândula. Não é comum que surjam sintomas antes dos 40 anos, mas alguns estudos indicam que, ao chegar aos 60 anos, mais de metade dos homens começam a apresentá-los. Quando chegam aos 70 a 90 anos de idade, mais de 90% dos homens têm complicações como as mencionadas, como terem de se levantar a meio da noite para urinar, por exemplo.

Recomendamos que todos os homens que cumpram os 50 anos de idade consultem o seu médico para se submeterem a um exame de próstata. Alguns sintomas de hiperplasia prostática coincidem com os de câncer de próstata, embora um não seja nem causante ou aumente as probabilidades de sofrer do outro.

Uma infecção bacteriana também pode provocar próstata aumentada. É comum que após ter sofrido uma infecção urinária, uma epididimite (inchaço da estrutura dos canais dos testículos) ou uma uretrite (inflamação do canal que expulsa a urina), as bactérias presentes ataquem a próstata, inflamando-a. A clamídia e a gonorreia também podem provocar uma prostatite bacteriana, além de outras causas como uma lesão do períneo, que a saída da bexiga esteja tapada ou o facto de você sofrer de fimose - a incapacidade para retrair o prepúcio.

Próstata aumentada: sintomas, causas e tratamentos - Próstata inflamada: causas

Tratamento para próstata inflamada

Em casos de prostatite bacteriana, o tratamento indicado pelos especialistas inclui a toma de antibióticos cuja duração depende do tipo de infecção. Ela pode ser aguda, tendo começado de um jeito rápido, ou crônica, se prolongando por vários meses.

Em casos de hiperplasia prostática benigna, ou seja, essa inflamação da próstata que ocorre gradualmente, existem vários tipos de tratamento. O médico pode indicar mudanças na sua dieta, como a eliminação do álcool e do café, a interrupção do consumo de medicamentos como anti-histamínicos, diuréticos e antidepressivos, ou exercícios para os músculos da pélvis.

Pode ser necessária uma cirurgia para extrair parte da próstata, para retirar os tecidos responsáveis pela obstrução da sua uretra ou para alargar o dito canal. Existem outras intervenções não cirúrgicas, como a introdução de um tubo fino com um pequeno globo através da abertura do pênis para chegar à uretra e alargar o canal, ou como alguns medicamentos que se podem prescrever para parar o crescimento natural da próstata.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Próstata aumentada: sintomas, causas e tratamentos, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor masculino.

Escrever comentário sobre Próstata aumentada: sintomas, causas e tratamentos

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Marcos Lacerda
Eita, próstata aumentada pode ser câncer mesmo. Vou no médico já.

Próstata aumentada: sintomas, causas e tratamentos
1 de 3
Próstata aumentada: sintomas, causas e tratamentos

Voltar ao topo da página