Partilhar

Queimação nas mãos: causas e tratamento

 
Por Dra. Ivonne Nieves Blanco, Médica Cirurgiã. 27 agosto 2020
Queimação nas mãos: causas e tratamento

Utilizamos as mãos em quase todas as atividades do nosso dia a dia e qualquer condições nelas se torna muito incômoda e pode, inclusive, vir a limitar nosso desempenho cotidiano. A presença de queimação nas mãos é um problema também conhecido como formigamento ou parestesia. Esta doença pode revelar a presença de doença que podem se agravar caso não sejam tratadas a tempo. Neste caso, é importante lhe dar a devida atenção e consultar um médico.

Se você quer saber mais coisas sobre a queimação nas mãos: causas e tratamento, pode continuar lendo o seguinte artigo do ONsalus.

Também lhe pode interessar: Palma da mão vermelha: o que pode ser

Queimação nas mãos: causas

São várias as causas que originam a queimação nas mãos. Aqui estão algumas delas:

  • Neuropatia periférica: é causada pela lesão dos nervos periféricos, sendo que podem ser afetados um ou mais deles, causando queimação, coceira, formigamento e dor, geralmente nas mãos, no entanto, também pode aparecer em outras partes do corpo. Esta alteração surge frequentemente em pacientes que sofrem de diabetes mellitus por não manterem um controle adequado dos níveis de glicose no sangue.
  • Transtornos circulatórios: os problemas circulatórios nas artérias e veias podem causar sensação de mãos queimando e até mesmo outros sintomas que afetam o desenvolvimento normal das pessoas.
  • Compressão dos nervos: os nervos que vão até os membros superiores e que terminam nas mãos passam através da coluna vertebral em todo seu percurso até chegar a elas. Estes nervos podem ser comprimidos devido a dilatações de vasos sanguíneos resultado de uma radiculopatia causada por uma hérnia de disco, tumores, infecções, osteoartrite na coluna vertebral ou por uma estenose da mesma.
  • Enxaqueca: esta alteração é precedida por sintomas de origem sensorial chamada de aura, entre elas estão a sensação de formigamento nas mãos, braços, pernas e boca, além de mudanças na visão, dificuldade para falar e, em muitos casos, fraqueza nas extremidades.
  • Acidente vascular cerebral: um dos primeiros sintomas que aparece durante o início de um acidente vascular cerebral (AVC) é a sensação de formigamento ou queimação nos braços e mãos.
  • Síndrome do túnel do carpo: esta alteração é a principal causa da queimação ou formigamento nas mãos. Ocorre quando o nervo mediano fica preso na região do punho, causando a queimação e o formigamento. Do mesmo modo, pode gerar problemas para erguer objetos, o que pode trazer consigo um aumento de dor durante a noite.
  • Esclerose múltipla: esta doença autoimune causa degeneração progressiva das fibras nervosas da medula espinhal e cerebral, e devido a isso surge a queimação em várias partes do corpo e das mãos.
  • Hipotireoidismo: lesões nos nervos podem ser o resultado da falta de tratamento adequado desta doença. Tendem a causar queimação e formigamento em várias partes do corpo, incluindo as mãos.
  • Mau controle da diabetes: a diabetes pode passar desapercebida, especialmente, se não são notados seus sintomas. Desta forma, é possível que haja um aumento não controlado da glicose no sangue, além do deterioramento dos nervos em algumas partes do corpo, o que origina a sensação de queimação ou parestesia nas mãos, pernas e pés.
  • Cotovelo de tenista: conhecido como epicondilite lateral, é causado por uma inflamação dos músculos do cotovelo como consequência do uso repetitivo da articulação. Isto ocorre frequentemente em pessoas que utilizam a articulação desta forma, como os jogadores de tênis.
  • Infarto: os sintomas de um infarto podem causar formigamento ou queimação no braço e mão esquerda, podendo raramente ocorrer no lado oposto.
  • Deficiência de vitaminas: a falta de vitaminas, como a B12, B6, B1 e E, causa transtornos nervosos que se manifestam com queimação ou formigamento em algumas partes do corpo, como braços, mãos, pernas e pés.
  • Consumo elevado de álcool: o consumo em excesso de bebidas alcoólicas é prejudicial para a saúde, sendo que um dos problemas que surge devido ao consumo elevado destas bebidas é a neuropatia alcoólica, que se caracteriza pelo dano nos nervos.

Sintomas associados a mãos queimando

Os sintomas que podem aparecer associados à queimação nas mãos são diversos, como por exemplo:

  • Sensação de pontadas de agulhas acompanhadas de formigamento.
  • Entorpecimento ou dormência nas mãos.
  • Mudanças de temperatura nas mãos, ou seja, podem ficar quentes ou frias.
  • Coceira e sensação de formigamento.

Tratamento médico para queimação nas mãos

O tratamento da queimação nas mãos deve ser iniciado assim que for feito seu diagnóstico, o qual deve ser realizado por um médico especialista. Ao consultá-lo, ele solicitará os exames necessários, desta forma, será possível chegar a um diagnóstico preciso. Ele também descreverá o tratamento de acordo com os sintomas do paciente, dependendo da causa que originar esta alteração, podendo começar com:

  • Repouso médico: é preciso deixar a área onde está com queimação ou parestesia em descanso e começar a fazer massagens ou exercícios que possam melhorar os sintomas caso se trate de algo temporário.
  • Tratamento farmacológico: se os sintomas forem contínuos e permanentes, o médico deve prescrever anti-inflamatórios como o Ibuprofeno ou Aspirina, de acordo com os sintomas que o paciente apresentar.
  • Medidas gerais: inicialmente, devem ser melhorados os hábitos alimentares, tendo uma alimentação saudável com alto consumo de fibra, frutas e vegetais, além de evitar o consumo de bebidas alcoólicas e de fumo.

Queimação nas mãos e nos pés: causas

A sensação de queimação pode ser sentida em qualquer parte do corpo. A queimação nas mãos e pés pode ser o aviso de uma doença que requer atenção urgente. As causas mais frequentes desta alteração nas mãos e pés são:

  • Infecções causadas por herpes zoster: comumente conhecida como cobreiro, que causa a lesão do sistema nervoso.
  • Endurecimento ou inflamação das artérias: dificulta a irrigação sanguínea para as extremidades superiores e inferiores, impedindo a chegada de sangue nestas áreas. A parestesia e a queimação ocorrem por causa disso.
  • Níveis alterados de eletrólitos: como o cálcio, potássio e sódio, os quais geram estes sintomas, seja em todo o corpo ou especificamente nas mãos e pés.
  • Sedentarismo: as pessoas que levam uma vida sem atividades físicas ou trabalham atrás de uma mesa por muitas horas durante o dia têm altas possibilidades de sofrer danos nos nervos, o que causa a queimação e parestesia nas mãos e pés.
  • Repouso em cama por muito tempo: deixar o corpo imóvel por muito tempo pode causar fraqueza muscular, o que aumenta as chances de sofrer queimação ou parestesia nos membros superiores e inferiores.
  • Obesidade: esta alteração tende a causar compressão dos nervos devido ao sobrepeso do corpo.

No vídeo a seguir você pode se informar com mais detalhes sobre outras causas da queimação nos pés e mãos.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Queimação nas mãos: causas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Ossos, articulações e músculos.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Queimação nas mãos: causas e tratamento
Queimação nas mãos: causas e tratamento

Voltar ao topo da página