menu
Partilhar

Tremores no corpo por ansiedade: causas e tratamento

 
Por Redação ONSalus. 16 agosto 2021
Tremores no corpo por ansiedade: causas e tratamento

A ansiedade é um problema comum que afeta muitas pessoas hoje em dia. Estamos acostumados a um ritmo de vida acelerado, ter tudo disponível imediatamente e a vida real não costuma acompanhar esta aceleração que impomos. Existem ciclos e tempos em tudo que nos cerca e não compreendê-los pode nos fazer cair na ansiedade.

A ansiedade também chega quando nossa mente não descansa e ficamos pensando sem parar no mesmo assunto, que na grande maioria das vezes nós mesmos transformamos em problemas.

Estas e algumas outras são as principais causas da ansiedade, sendo que um importante sintoma da ansiedade são os tremores. Você quer conhecer um pouco mais sobre este assunto? Te convidamos a continuar lendo este artigo do ONsalus sobre as causas e tratamentos dos tremores no corpo por ansiedade.

Também lhe pode interessar: Como controlar a ansiedade

Sintomas da ansiedade

A ansiedade pode ser provocada por diversas causas, as quais veremos a seguir, sendo que na maioria das vezes você é capaz de mudá-las.

Os tremores no corpo por ansiedade aparecem como um sinal de muita adrenalina e cortisol no seu organismo. É uma resposta de luta primitiva, que em algum momento da nossa evolução nos foi útil para evitar sermos comidos por um tigre, mas o que acontece quando este tigre não é real? Quando a enorme ameaça que você sente se deve a uma conta para pagar, ou pelo simples fato de dirigir ou achar que alguém pensou que sua blusa não combinava com sua calça? O que quero dizer é que se ocorre uma resposta de alerta tão forte diante destes mínimos estímulos, as repercussões no seu organismo são muito intensas e incômodas para continuar bem.

Estes tremores podem aparecer durante todo o dia, podendo ser mais perceptíveis quando sentir cansaço ou quando passar muito tempo em frente a telas, já que isto aumenta a ansiedade.

Alguns sintomas da ansiedade que você pode perceber junto com os tremores são:

  • Ressecamento na boca.
  • Ressecamento na pele.
  • Problemas para dormir (para conciliar o sono ou ficar acordando no meio da noite).
  • Falta de concentração.
  • Esquecimento.
  • Medos.
  • Má digestão.
  • Dor abdominal.
  • Náuseas.
  • Refluxo gastroesofágico.
  • Constipação.
  • Problemas menstruais.
  • Sensação de afogamento.
  • Falta de ar.
  • Dificuldade para engolir.

A seguir, você verá as causas ou fatores que podem contribuir para que você fique mais ansioso(a) e alguns conselhos que pode fazer para se sentir muito melhor.

Uma mente muito inquieta

Esta é uma das principais causas da ansiedade e, como consequência, dos tremores no corpo.

É uma das causas mais comuns, sendo que quase todo mundo já passou por isso ao menos uma vez na vida. A mente busca se identificar com algo e, geralmente, é com nosso passado ou futuro. Com o passado porque fica revirando coisas que aconteceram e que não pode mais mudar. E se já aconteceu e não pode mudar, por que transformar isso em um problema que não te deixa ficar em paz?

Por outro lado, a mente vive pensando no futuro, fazendo planos do que irá dizer, irá fazer, quais problemas virão, vivendo com medo e temendo coisas que não aconteceram. E se não aconteceram, você pode mudá-las? Realmente são um problema?

Suas únicas certezas são o aqui e o agora e, muitas vezes, por estar com a mente no passado ou no futuro, deixa de viver o presente. Não significa viver à deriva e não fazer nenhum plano, mas sim ter objetivos e cumpri-los conforme puder, sem colocar toda a expectativa no resultado final. É como a principal mensagem do filme Soul, da Pixar/Disney: o mais importante é viver o momento e aproveitar cada experiência.

O que fazer?

Se você conseguir identificar o que é que está te causando a ansiedade, já é um bom começo. E se, além disso, você conseguir dar importância ao que realmente tem em sua vida e no seu ser, talvez deixe de ser um problema.

Por outro lado, você pode recorrer a alguma das seguintes recomendações para ajudar sua mente a se aquietar:

  • Concentrar-se na sua respiração.
  • Praticar exercícios de respiração profunda e rítmica.
  • Ler um livro. É especialmente útil para deixar o celular de lado nas últimas horas antes de dormir.
  • Focar sua atenção completa no que faz: se estiver cozinhando, apenas cozinhe e preste atenção aos alimentos em suas mãos e não fique com sua mente divagando.
  • Realizar alguma atividade que precise de sua concentração e que não permita que sua mente fique viajando, por exemplo, dançar ou tocar algum instrumento.

O mais importante é colocar foco no aqui e no agora.

Maus hábitos de sono

Nossos hábitos podem fazer com que a ansiedade piore, mas a boa notícia é que se conseguir modificá-los, a ansiedade pode diminuir.

Entre estes hábitos algo importantíssimo é o sono. Nosso organismo cumpre diferentes funções durante o dia e a noite, por isso que respeitar estes ciclos favorece seu funcionamento.

Da mesma forma, se seu sono estiver errado, vai dormir muito tarde, janta logo antes de deitar, fica na frente de telas antes de dormir ou durante muitas horas no dia, terá maiores chances de ter tremores por ansiedade.

O que fazer?

É importante:

  • Dormir entre 7 e 8 horas por dia.
  • Dormir somente de noite.

O horário de ir dormir é muito importante, mas o ideal é se deitar entre as 22:30 e as 23 horas, já que mais tarde que isso o organismo se ocupa com atividades metabólicas importante de limpeza, regeneração de tecidos e, para que ele faça isso, é muito importante que você esteja dormindo.

Você deve evitar dormir durante o dia, já que piora a digestão e favorece o desenvolvimento de doenças como, por exemplo, a diabetes.

Por último, mas não menos importante, é fazer um uso racional e consciente de telas. Elas causam uma superexposição do sistema nervoso e favorecem o ressecamento no organismo. Celulares, tablets, computadores, TV's..., todos estes dispositivos deveriam ser desligados pelo menos 1 horas antes de dormir. Além disso, foi visto que mais de 2 horas diárias de uso de telas favorece a ansiedade e o ressecamento corporal e, como consequência, os tremores no corpo por ansiedade.

Ansiedade por estresse

Está bastante relacionado com a incapacidade de aquietar a mente por nos sobrecarregarmos com coisas que muitas vezes não desejamos fazer nem viver, como viver um ritmo de vida que talvez não nos faça bem.

Na verdade, muitas pessoas se submetem a uma vida que não desejam para cumprir objetivos que talvez não sejam os seus. É muito difícil que todos nós tenhamos os mesmos objetivos e desejos na vida, não acha?

O que fazer?

É difícil responder esta pergunta, porque apenas você sabe o que deseja, o que realmente precisa, o que realmente te faz bem e as pessoas que quer ter por perto.

O estresse pode ser administrado com técnicas de mindfulness, como as que te sugerimos quando falávamos sobre aquietar a mente, mas, definitivamente, a escolha do estilo de vida é o que determinará a longo prazo se você continuará vivendo estressado ou se poderá viver mais em sintonia com o que deseja, ainda mais se já está tendo repercussões no seu corpo através dos tremores e da ansiedade.

Neste outro artigo falamos sobre alergia nervosa: causas e tratamento.

Excesso de exercícios

Existe o conceito errôneo de que quanto mais atividade física você fizer, mais descarregará o estresse e menos ansiedade terá, mas permita-me te dizer que isto não funciona bem assim.

A atividades física possui muitos benefícios, já que melhora a circulação, gera endorfinas e faz com que você mantenha sua mente focada no exercício e não em criar problemas, mas o excesso de atividade física é tão prejudicial quanto sua falta. Não apenas porque sobrecarrega muito suas articulações, músculos e ossos, os quais com o passar do tempo apresentarão lesões, mas também porque o excesso de exercícios favorece o ressecamento corporal e a secreção de cortisol e adrenalina, sendo que isto também é provocado pela ansiedade.

Por outro lado, também foi comprovado que estas substâncias provocam certo vício. Quanto mais exercícios você faz, mais quer fazer e, se não os faz, se sente mal. Isto não é nada bom. Os extremos, geralmente, não costumam ser bons, ainda mais se o que deseja é diminuir a ansiedade.

O que fazer?

Não quero dizer para não praticar atividades físicas, mas faça isso com moderação. Todos os dias meia hora de exercícios, de acordo com sua capacidade física, é um bom começo. Te aconselho a testar e administrar sua ansiedade desta forma até mesmo para evitar os possíveis tremores no corpo por ansiedade.

Como acabar com os tremores no corpo por ansiedade

Você pode recorrer a diversos tratamentos para acalmar a ansiedade. De todas as opções, a que menos recomendo é a medicação sedativa ou psiquiátrica, já que não estará tratando a verdadeira causa da sua ansiedade, estará apenas acalmando os sintomas à força. Em alguns casos é necessário, mas saiba que o mais importante é corrigir a causa pela qual apareceu a ansiedade e, consequentemente, os tremores.

Evitar sustâncias irritantes

É essencial evitar aquelas substâncias que favorecem a ansiedade e o ressecamento corporal e que muitas vezes são utilizados para acalmar esta sensação

  • Café.
  • Álcool.
  • Tabaco.
  • Chá preto.

Alimentação

Alguns alimentos podem te ajudar a diminuir a ansiedade. Baseando-se no fato de que os estados de ansiedade costumam estar associados com um maior ressecamento no corpo, te aconselho a incluir em sua alimentação:

  • Cereais integrais (especialmente o arroz).
  • Frutas e vegetais da estação. Prefira os mais coloridos, evite grandes quantidades de maçã, couves e berinjela.
  • Gorduras saudáveis: o ghee ou manteiga clarificada é um complemento ideal para suas refeições e ajuda de forma importante a melhorar a ansiedade e seus sintomas físicos.

Medicamentos

No tratamento da ansiedade costumam ser usados alguns medicamentos que, em uma tentativa de acalmar a mente agitada, também adormecem um pouco outras funções. Como é o caso de ansiolíticos, antidepressivos e, inclusive, alguns preparos com ervas como a tília. Esta última, embora seja natural, cumpre a mesma função de tampar o sintoma, mas sem tratar a causa.

Se você acredita que no seu caso possa ser necessário, deve consultar um profissional para que te indique a opção adequada a sua situação. Fazer terapia com um psicólogo ou terapeuta holístico pode ser uma boa maneira de acabar com os tremores no corpo por ansiedade e, claro, toda a ansiedade em si.

Neste outro artigo, você verá como controlar a ansiedade.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Tremores no corpo por ansiedade: causas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Transtornos mentais.

Bibliografia
  • Hofmann SG, Gómez AF. Mindfulness-Based Interventions for Anxiety and Depression. Psychiatr Clin North Am. 2017 Dec;40(4):739-749. doi: 10.1016/j.psc.2017.08.008. Epub 2017 Sep 18. PMID: 29080597; PMCID: PMC5679245.
  • Holding SJ, Lew AR. Relations between psychological avoidance, symptom severity and embarrassment in essential tremor. Chronic Illn. 2015 Mar;11(1):69-71. doi: 10.1177/1742395314544554. Epub 2014 Jul 22. PMID: 25053752.
  • da Silva DC, Tavares MG, do Nascimento CKB, Lira EC, Dos Santos ÂA, Maia LMSS, Batista-de-Oliveira Hornsby M. Can coconut oil and treadmill exercise during the critical period of brain development ameliorate stress-related effects on anxiety-like behavior and episodic-like memory in young rats? Food Funct. 2018 Mar 1;9(3):1492-1499. doi: 10.1039/c7fo01516j. Epub 2018 Mar 8. PMID: 29517774.
  • Sharma R, Kabra A, Rao MM, Prajapati PK. Herbal and Holistic Solutions for Neurodegenerative and Depressive Disorders: Leads from Ayurveda. Curr Pharm Des. 2018;24(22):2597-2608. doi: 10.2174/1381612824666180821165741. PMID: 30147009.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Tremores no corpo por ansiedade: causas e tratamento
Tremores no corpo por ansiedade: causas e tratamento

Voltar ao topo da página