Partilhar

Bolhas na glande depois da relação

 
Por Leonardo Simon. 29 agosto 2019
Bolhas na glande depois da relação

A saúde é algo que sempre merece atenção e que costuma gerar preocupação, contudo, quando falamos da saúde íntima, esta preocupação é extrema. A glande é a região mais sensível do homem, e qualquer problema que apareça ali, junto com os testículos e o prepúcio, deve ser um motivo para uma consulta médica.

Uma das condições que pode surgir é o aparecimento de bolhas na glande depois de ter relações sexuais, algo que pode acontecer por diferentes causas, entre as quais encontramos as infecções, as doenças sexualmente transmissíveis ou, inclusive, a própria fricção do ato.

Se você tem dúvidas a respeito disto, no seguinte artigo do ONsalus tentaremos respondê-las te explicando o porquê das bolhas na glande depois da relação.

Bolhas na glande depois da relação: causas

Em resumo, as principais razões pelas quais podem aparecer bolhas na glande depois de ter relações sexuais são:

  • Fricção durante o coito.
  • Diferentes infecções.
  • Ser um sintoma de câncer de pênis.
  • Contágio de doenças sexualmente transmissíveis.
  • Causadas por acne.
  • Uma reação do tipo alérgico.

Ao longo do artigo te explicaremos em profundidade as causas das feridas na glande.

Bolhas na glande depois da relação - Bolhas na glande depois da relação: causas

Feridas na glande

As bolhas na glande podem aparecer em qualquer situação, contudo, o mais normal é que apareçam depois de ter relações sexuais. Se isto acontecer, é muito provável que seja por duas razões: pela fricção gerada durante o coito ou por doenças sexualmente transmissíveis.

Bolhas d'água na glande por fricção

Em alguns casos, o simples ato de ter relações sexuais pode fazer com que apareçam bolhas d'água na glande pela fricção. Isto acontece quando a lubrificação é insuficiente ou quando se faz sexo muito bruscamente ou por muito tempo. Isto provoca lesões que, de forma similar às queimaduras, causam o aparecimento destas feridas.

Bolhas na base da glande por DST

Ano após ano aumentam-se os casos de infectados por doenças sexualmente transmissíveis. Não utilizar o preservativo em suas relações sexuais pode levar a isso, em muitas delas as bolhas na glande são um dos seus sintomas:

  • Herpes genital: seja causado pelo vírus da herpes simples 1 ou pelo 2, depois de um contágio durante as relações sexuais costumam aparecer bolhas, lesões ou feridas no pênis. Estas lesões causam dor e devem ser tratadas por um especialista para evitar complicações.
  • Sífilis: é uma das DST mais perigosas, na verdade, caso evolua e não seja tratada, pode causar a morte. Esta doença consiste em 4 fases: a primária, a secundária, a latente e a avançada. É precisamente nas duas primeiras que podem aparecer uma espécie de bolhas na glande. Aqui te falamos sobre a sífilis em homens.
  • Vírus do papiloma humano: o HPV é uma das DST mais disseminadas, tanto em homens quanto em mulheres. No entanto, assim como para as mulheres, é mais fácil detectar seus sintomas. Nos homens pode se desenvolver sem causar nenhum tipo de problema. Quando manifesta sintomas, uma das manifestações mais comuns são as verrugas ou bolhas na glande, prepúcio ou outras áreas das genitais. Para mais informações, no seguinte artigo do ONsalus te falaremos sobre o vírus do papiloma humano em homens.

Seja como for, é imprescindível que, diante do aparecimento de bolhas no pênis, você visite um médico especialista e não estoure nenhuma ferida. Na consulta o médico poderá te examinar, diagnosticar e passar os tratamentos necessários.

Bolhas na glande depois da relação - Feridas na glande

Bolhas na glande e prepúcio por infecções

No entanto as doenças sexualmente transmissíveis não são as únicas causadoras das bolhas na glande, na verdade, existem outras infecções que não têm necessariamente a ver com o sexo e que podem causar o aparecimento de bolhas no prepúcio ou glande:

  • Foliculite: a foliculite é a infecção de um folículo capilar, isto é, os poros de onde crescem os pelos. O caso é que, se bloqueados, podem acumular em seu interior suor e outras sujeiras que causem uma infecção, entre cujos sintomas, encontramos a dor, a inflamação e o aparecimento de feridas.
  • Candidíase: uma infecção por fungos ou leveduras do tipo cândida. Embora seja mais comum em mulheres, a candidíase também pode aparecer em homens causando a inflamação das glândulas genitais e o aparecimento de feridas ou bolhas na glande.

Em muitos casos, se você não é um especialista, pode não ver a diferença entre estas infecções ou outras causas das bolhas na glande. É por isso, que diante deste problema a melhor solução é visitar o médico imediatamente.

Bolhas na glande: causas menos prováveis

Além do que foi exposto, existem outras causas do aparecimento de feridas na glande depois de ter relações ou em qualquer outro momento. São menos comuns, mas não é por isso que devemos deixar de considerá-las:

  • Câncer: o câncer de pênis é pouquíssimo frequente. Seus sintomas são a dor, vermelhidão do pênis e prepúcio e o aparecimento de bolhas na glande. Na grande maioria dos casos, o câncer de pênis é causado pelo HPV.
  • Acne: os surtos costumam ocorrer no peito, rosto ou ombros, contudo, embora menos frequente, pode aparecer em outras áreas do corpo como, por exemplo, o pênis ou os genitais.
  • Alergias: certas reações alérgicas podem causar o aparecimento de feridas ou bolhas na glande depois de ter relações sexuais. Em muitos casos pode ser causada pela alergia ao látex presente nos preservativos.
Bolhas na glande depois da relação - Bolhas na glande: causas menos prováveis

Feridas na glande: tratamento

Como você pôde observar ao longo do artigo, as causas do aparecimento das bolhas na glande podem ser diversas, portanto, não existe um único tratamento, isto é, cada caso deve ser tratado especificamente para cada paciente. É por isso que o melhor que você pode fazer é visitar um urologista para que ele faça um exame físico e os exames necessários para poder te diagnosticar e escolher o tratamento necessário para te curar. Algumas das soluções para as feridas na glande, dependendo da causa, são:

  • Herpes: este vírus não tem cura, no entanto, são receitados medicamentos como o aciclovir ou valaciclovir para reduzir a força dos sintomas.
  • Sífilis: injeções intramusculares de penicilina.
  • HPV: o vírus não tem cura, mas é possível administrar cremes para prevenir as lesões, verrugas, feridas ou bolhas.
  • Foliculite: não precisa de tratamento, se cura por conta própria, mas você deverá parar de usar roupas íntimas justas, parar de se depilar e evitar qualquer fricção.
  • Candidíase: administração de antimicóticos, seja por via oral ou em forma de cremes.
  • Câncer: dependendo do estado no qual se encontre, o câncer pode ser tratado com cirurgia, radioterapia ou quimioterapia.
  • Alergias: durante um surto alérgico, será feita a administração de anti-histamínicos, posteriormente deve-se evitar o contato com a substância que causa a alergia.
  • Acne: administração de cremes e antibióticos orais.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Bolhas na glande depois da relação, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor masculino.

Escrever comentário sobre Bolhas na glande depois da relação

O que lhe pareceu o artigo?

Bolhas na glande depois da relação
1 de 4
Bolhas na glande depois da relação

Voltar ao topo da página