Partilhar

Corrimento marrom depois da menstruação: o que pode ser

 
Por Nídia do Carmo, Editora e redatora ONsalus. 29 janeiro 2019
Corrimento marrom depois da menstruação: o que pode ser

O corrimento vaginal é um mecanismo natural que o nosso corpo usa para lubrificar e equilibrar a flora bacteriana da vagina afim de evitar o aparecimento de infecções, sendo que este líquido segregado pelo útero é diferente em cada mulher. O corrimento marrom depois da menstruação não está, necessariamente, relacionado com um problema de saúde. Contudo, quando é acompanhado de outros sintomas, é essencial consultar um ginecologista o mais rápido possível. No ONsalus, explicamos tudo sobre corrimento marrom depois da menstruação: o que pode ser.

Também lhe pode interessar: O que é curetagem e como se preparar

Corrimento marrom dias depois da menstruação: mudanças hormonais

O aparecimento de corrimento marrom depois da menstruação está relacionado com alterações menstruais, principalmente após um período de atraso. Este fluxo representa o tecido do endométrio que o útero não expulsou durante a menstruação. Esse é um processo natural no qual o útero se limpa e o fluxo tem este aspecto devido à mistura de tecidos com sangue velho. Neste caso, você não deve se preocupar.

Se você notou o aparecimento de corrimento marrom depois da menstruação tomando anticoncepcional, deve saber que isso geralmente é comum em pessoas que começaram a utilizar anticoncepcionais há pouco tempo, já que o organismo ainda se está regularizando de acordo com as alterações nos hormônios.

Corrimento marrom depois da menstruação com cólicas: (DIP)

uma infecção do útero, ovários e trompas de Falópio. É causada geralmente por bactérias de clamídia e gonorreia e é acompanhada por sintomas como fadiga, dor na pélvis e durante relações sexuais, febre e corrimento marrom depois da menstruação. Mesmo que em algumas vezes a doença possa não apresentar sintomas, o médico te receitará antibióticos por até duas semanas e, nos casos mais graves, você poderá ser hospitalizada.

Corrimento marrom com mau cheiro depois da menstruação: vaginose

Na vagina se desenvolvem tanto bactérias "boas" como outras nem tanto. A vaginose bacteriana se deve à proliferação de bactérias "ruins". Não se sabe exatamente por que isso acontece, no entanto um dos sintomas é um corrimento marrom depois da menstruação com mau cheiro, coceira e ardência ao urinar. O tratamento para esta infecção é de antibióticos de via oral, os quais devem ser ingeridos durante o tempo indicado, já que a infecção pode reaparecer.

Corrimento marrom: infecções fúngicas recorrentes

As leveduras estão presentes nas zonas úmidas do nosso corpo, neste caso nos referimos à candidíase vaginal, que se deve à uma infecção pelo fungo candida albicans, encontrado no nosso organismo em pequenas quantidades. Esta infecção se caracteriza pela inflamação dos órgãos genitais e, mesmo que não se transmita sexualmente, tende a provocar os mesmos sintomas de doenças sexualmente transmissíveis (DST's).

O médico te receitará pomas anti fungos durante sete dias no caso da infecção não ser grave. Se a infecção for recorrente, o tratamento deve ser estendido por 14 dias. Consulte seu médico em qualquer um dos casos.

Corrimento marrom após menstruação: cáncer cervical

O câncer cervical começa no colo do útero e é o terceiro tipo de câncer mais comum em mulheres. Existem dois tipos de células - as escamosas e as colunares - e o câncer cervical provém das células escamosas. O seu desenvolvimento é lento e pode ser gerado a partir da displasia cervical. Entre os seus sintomas, encontramos o sangramento após relação sexual, menstruações abundantes e corrimento marrom depois da menstruação. Este tipo de câncer pode ser evitado através das seguintes medidas preventivas:

  • Ser vacinada contra o HPV.
  • Usar sempre proteção durante as relações sexuais.
  • Realizar citologias com a frequência indicada pelo médico.
  • Não fumar.
Corrimento marrom depois da menstruação: o que pode ser - Corrimento marrom após menstruação: cáncer cervical

Corrimento marrom depois da menstruação pode ser gravidez?

O corrimento marrom depois da menstruação pode ser gravidez, sim, quando representa o sangramento de implantação ou nidação. Isso ocorre quando o embrião se implanta na parede do útero, o que provoca um corrimento marrom avermelhado que pode ser semelhante à menstruação. Contudo, um corrimento marrom escuro depois da menstruação costuma representar o final do sangramento menstrual, e não uma nidação. Contudo, na dúvida, recomendamos que você faça um teste de gravidez ou consulte o seu médico para que ele possa fazer os exames adequados.

Corrimento marrom: quando ir ao médico

Embora esta condição se deva a causas benignas e temporárias, quando o corrimento marrom após a menstruação é recorrente e surge acompanhado de outros sintomas como fraqueza, dor e febre, é necessário consultar o seu médico.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Corrimento marrom depois da menstruação: o que pode ser, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor feminino.

Bibliografia
  • BARAD, David H., MD, MS, Director of Assisted Reproductive Technology, Center for Human Reproduction. Secreção vaginal. Disponível em <https://www.msdmanuals.com/pt-pt/casa/problemas-de-sa%C3%BAde-feminina/sintomas-de-dist%C3%BArbios-ginecol%C3%B3gicos/secre%C3%A7%C3%A3o-vaginal>. Acesso em 29 de jan. 2019.

Escrever comentário sobre Corrimento marrom depois da menstruação: o que pode ser

O que lhe pareceu o artigo?

Corrimento marrom depois da menstruação: o que pode ser
1 de 2
Corrimento marrom depois da menstruação: o que pode ser

Voltar ao topo da página