menu
Partilhar

Feridas nos grandes lábios: causas e tratamentos

 
Por Redação ONSalus. Atualizado: 11 janeiro 2021
Feridas nos grandes lábios: causas e tratamentos

Os grandes lábios são a parte externa dos genitais femininos. Eles são encarregados de proteger os órgãos genitais internos de agentes infecciosos e, além disso, proporcionam prazer. Por causa de sua localização, ficam em contato com diferentes germes, razão pela qual têm altas chances de serem afetados por infecções que causam feridas ou úlceras.

A presença destas lesões é um indício de que há uma doença subjacente, por isso é muito importante conhecer as feridas nos grandes lábios: suas causas e tratamento. Convidamos você a continuar lendo este artigo do ONsalus para saber mais sobre essa questão.

Por que aparecem feridas nos grandes lábios?

As causas que podem desencadear a presença de feridas nos grandes lábios vão desde doenças sexualmente transmissíveis até reações alérgicas. Entre elas, estão:

  • Herpes genital: é um processo infeccioso de origem viral que pode causar feridas na boca e nos lábios genitais. Esta doença é transmitida pelo contato direto com o vírus por via sexual ou pelo contato das mãos com alguma lesão na boca ou na zona genital. Estas lesões aparecem com frequência na região da vulva e na entrada da vagina.
  • Cancro mole: esta doença é transmitida por uma bactéria, durante as relações sexuais, ao entrar em contato com lesões que o parceiro tiver. Esta úlcera se caracteriza por ser muito dolorosa e vir acompanhada de gânglios inflamados palpáveis e que, em alguns casos, podem vir a supurar.
  • Linfogranuloma venéreo: é uma doença sexualmente transmissível provocada pela bactéria conhecida como clamídia. Gera a presença de uma ferida ou lesão ulcerosa na área genital acompanhada de gânglios inguinais e femorais inflamados, os quais formam abscessos unilaterais.
  • Granuloma inguinal: é causado por uma bactéria que gera o aparecimento de úlceras indolores, que aumentam de tamanho progressivamente sem a presença de gânglios inflamados. Estas lesões sangram com facilidade, diferente das demais, e são sexualmente transmissíveis.
  • Vírus do papiloma humano: infecção somente transmitida sexualmente. A infecção por vírus do papiloma humano origina as verrugas genitais que, em alguns casos, podem se transformar em feridas nos lábios genitais.
  • Dermatite atópica: os transtornos crônicos da pele representam um fator desencadeante no aparecimento de erupções vermelhas e pruriginosas nos lábios genitais, as quais podem se tornar feridas caso a pessoa fique manipulando ou coçando as mesmas.
  • Reação alérgica: a perfumes vaginais, amaciantes, detergentes, cremes ou pomadas de uso genital, assim como duchas vaginais, podem desencadear o aparecimento de úlceras ou feridas nos genitais femininos.
  • Presença de cisto ou abscesso de Bartolino ou de qualquer outra glândula podem gerar lesões ou aumento de volume, estes se tornam em abscessos, os quais ficam mais graves produzindo alterações maiores nos lábios genitais.
  • Arranhões os traumatismos podem provocar a presença de úlceras genitais.

Sintomas associados a feridas nos grandes lábios

A presença de úlceras ou feridas nos grandes lábios genitais é caracterizada pela manifestação dos seguintes sintomas:

  • Mudanças na cor dos lábios genitais.
  • Dor ao tocá-los ou encostar neles com a roupa íntima.
  • Ardência.
  • Coceira intensa.
  • Vermelhidão na região genital.
  • Sensação de formigamento.
  • Dor ao urinar ou durante as relações sexuais.
  • Presença de fluidos ou corrimento vaginal.

Tratamento médico para feridas nos grandes lábios

Se você apresentou alguns dos sintomas mencionados anteriormente, precisa consultar um ginecologista. Através de um exame médico ele te indicará o tratamento a ser seguido.

Caso tenha dúvidas sobre a causa que originou a presença de feridas nos grandes lábios, é necessário solicitar um exame de sangue ou cultura para pegar uma amostra da área afetada e poder, assim, determinar a bactéria causadora do problema. Desta forma, será indicado o tratamento preciso para eliminá-la com aqueles antibióticos aos quais a bactéria é sensível.

  • Se a lesão ou ferida nos lábios genitais for causada pela herpes, o tratamento indicado será com antivirais como o Aciclovir por via oral no local da lesão. Estas lesões são muito dolorosas, por isso recomenda-se o uso de analgésicos, além da aplicação de compressas de água fria para aliviar a dor.
  • Para tratar estas lesões causadas pela infecção de cancro mole, é necessária prescrição médica de antibióticos por 7 dias. O parceiro da pessoa afetada também deve fazer o tratamento, mesmo que não apresente lesões.
  • Se a ferida é resultado de um linfogranuloma venéreo, o tratamento deve ser feito com antibióticos durante 3 semanas e, em alguns casos, é necessário drenar a adenopatia.
  • Quando a úlcera acontece por causa de um granuloma inguinal, o tratamento a ser seguido baseia-se em tomar antibióticos por 3 semanas, ao mesmo tempo se deve tratar o(s) parceiro(s) com quem teve contato durante os 60 dias anteriores ao aparecimento dos sintomas.
  • No caso de apresentar lesões por vírus do papiloma humano (HPV), o médico que indicará o tratamento a ser seguido dependendo do tipo de lesão que você apresentar. Frequentemente, a eliminação das verrugas é feita em uma sala de cirurgia através de uma cauterização das lesões presentes nos genitais.

Além do tratamento farmacológico, devem ser tomados certos cuidados pessoais para acelerar o processo de cura.

Feridas nos grandes lábios: causas e tratamentos - Tratamento médico para feridas nos grandes lábios

Cuidados no caso de feridas nos grandes lábios

Tendo os seguintes cuidados você poderá aliviar os sintomas das lesões genitais:

  • Aplicar compressas frias várias vezes ao dia ou fazer banhos de assento. Com isso, você conseguirá aliviar a coceira e a dor.
  • Deve-se manter a área dos lábios genitais bem limpa, lavando-a com água corrente, sabonete neutro e secando suavemente.
  • Não se deve colocar curativos na zona íntima, esta precisa ficar em contato com o ar para acelerar o processo de cura.
  • As feridas não devem ser tocadas nem arranhadas, elas podem ser infectadas e piorarem.
  • Você somente deve aplicar cremes ou pomadas caso seu ginecologista indique.
  • Para curar as feridas nos lábios genitais mais rapidamente, recomenda-se usar uma roupa íntima de algodão confortável e que não fique justa no corpo.
  • Não é recomendado o uso de meias de nylon ou qualquer outra fibra sintética.
  • Devem ser usadas calças folgadas, ou seja, que não apertem a região.

Remédios caseiros para feridas nos grandes lábios

Os remédios caseiros são uma excelente forma de te ajudar a tratar de forma natural as feridas nos grandes lábios, embora seja sempre recomendado utilizá-los combinados com o tratamento farmacológico e as indicações médicas. Alguns dos remédios mais eficazes são:

  • Calêndula: esta planta age como anti-inflamatório, cicatrizante e antisséptico, permite que as feridas fiquem limpas, desinfetadas e desinflamadas. Para sua aplicação, são utilizadas suas flores secas, adicionando-as em 150 ml de água fervendo e deixando em repouso por 10 a 15 minutos. Em seguida, molha-se um pedaço de algodão com esta água e o passa na ferida três vezes ao dia, deixando agir durante pelo menos 10 minutos.
  • Erva-moura: esta erva possui propriedades analgésicas e anti-inflamatórias, por isso ajuda a acalmar os sintomas da ferida nos lábios genitais ou lesões que você tiver. Esta planta é utilizada para secar as feridas e cicatrizá-las. Você deve preparar um chá com 5 folhas desta erva em uma xícara de água fervendo, deixando ferver por 10 minutos e, uma vez que esteja fria, aplicá-la na área onde está a ferida com a ajuda de um algodão. Você também pode utilizar as folhas como cataplasma depois de fervê-las, colocando-as diretamente sobre a área afetada e deixando agir por pelo menos 10 minutos.
  • Salsaparrilha: esta planta possui excelentes propriedades cicatrizantes e anti-inflamatórias, por isso, diminui a inflamação e estimula a cicatrização de lesões causadas pela herpes. Para seu uso, é preciso fazer um chá, para o qual você vai precisar colocar as folhas desta planta em uma xícara de água fervendo, deixar descansar e, quando tiver esfriado, passar ou lavar a área afetada com ela.
  • Própolis: é um remédio natural com excelentes propriedades regenerativas e antivirais, é utilizado para ajudar a cicatrizar feridas. Este produto é preparado e embalado de forma natural para ser usado diretamente como extrato. Você deve aplicar de 3 a 4 gotas, três vezes ao dia, na lesão.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Feridas nos grandes lábios: causas e tratamentos, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor feminino.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Feridas nos grandes lábios: causas e tratamentos
1 de 2
Feridas nos grandes lábios: causas e tratamentos

Voltar ao topo da página