Partilhar

Quem tem hemorroida pode ter relação?

Quem tem hemorroida pode ter relação?

As hemorroidas são um transtorno muito comum em todo o mundo, embora seja possível que muitas pessoas que as sofrem nem sequer saibam que as têm, já que podem ser assintomáticas. Trata-se da presença de veias inchadas na parte inferior do reto ou no ânus que podem causar vários problemas, dependendo do grau que cada paciente tiver, portanto, é importante ir a um profissional quando elas forem notadas.

Muitas mulheres se confundem acreditando que sofrem de hemorroidas na vagina, já que os caroços estão localizados externamente e podem estar perto desta área, mas este transtorno vaginal não existe. Quando se tem desta doença e os pacientes possuem diferentes sintomas incômodos, podem ter a dúvida "Quem tem hemorroida pode ter relação?". Para saber a resposta, recomendamos que continue lendo o seguinte artigo do ONsalus para obter mais informações.

Também lhe pode interessar: Hemorroida sangrando: o que fazer

Causas da hemorroida

As hemorroidas são muito frequentes e tratam-se do resultado de um aumento de pressão no ânus, o qual pode acontecer em mulheres grávidas, durante o parto, ou ser provocado pela prisão de ventre, entre outros motivos. Esta pressão faz com que os tecidos e as veias anais fiquem inchados, o que pode gerar a presença de sangue nas fezes.

Além das que já explicamos, as hemorroidas podem aparecer devido a outros fatores, sendo os mais frequentes:

  • Fazer muito esforço na hora de defecar.
  • Ficar sentado por muito tempo, principalmente no banheiro.
  • Sofrer de cirrose ou doenças similares.
  • Ter uma alimentação pouco saudável e pobre em fibras.

Sintomas de hemorroida

Em geral, as hemorroidas não causam dor constante, no entanto, quando se forma um coágulo sanguíneo, o desconforto pode ser frequente e severo. Por isso, é importante saber detectar os sintomas que acompanham esta inflamação das veias do reto e ânus, para que possam ser tratadas pelo especialista de forma que as atividades cotidianas não sejam alteradas. Os sintomas de hemorroida são:

  • Sensação de coceira na região anal.
  • Presença, ao se limpar, de sangue vermelho brilhante proveniente do ânus, que geralmente não causa dor.
  • Desconforto no ânus, principalmente quando o paciente está sentado.
  • Dor ao defecar.
  • Sentir protuberâncias próximas ao ânus.

Sexo anal causa hemorroida?

As veias que estão no reto e ânus também podem inflamar devido ao sexo anal sem precauções adequadas, causando as hemorroidas devido ao sexo anal. Isto ocorre quando a penetração é feita de forma muito brusca, sem realizar uma lubrificação ou quando o pênis/objeto utilizado para penetrar o ânus é mais largo do que o esfíncter pode esticar, o que pode causar lesões e exercer, por sua vez, uma pressão maior sobre os vasos sanguíneos. Contudo, estas alterações podem ser evitadas seguindo os cuidados necessários durante o sexo anal:

  • Lubrificar corretamente a área.
  • Não realizar penetrações muito bruscas.
  • Dilatar corretamente.
  • Não continuar se estiver machucando.

Quem tem hemorroidas pode ter relação?

Por outra lado, se a pessoa já sofre destas veias inflamadas, é possível que se preocupe com sua vida sexual e se pergunte se pode ter relações estando com hemorroidas. Tanto o sexo vaginal quanto o anal não são totalmente contraindicados nos pacientes com hemorroidas, contudo podem haver algumas restrições dependendo de cada caso.

Quando se tem relações sexuais apenas por penetração vaginal as hemorroidas não representam nenhum inconveniente para a pessoa, já que não há um contato com as veias alteradas, no entanto, se as hemorroidas são grandes, externas ou saem para fora do ânus, pode ser incômodo, mas não prejudica o estado das mesmas.

Quem tem hemorroida pode fazer sexo anal?

Quanto ao sexo anal com hemorroida, deve-se levar em conta algumas considerações. Embora você possa praticar mesmo tendo esta alteração nas veias, caso tenha alguns cuidados, como lubrificar bem a área e não forçar a penetração, o mais aconselhável é evitá-lo devido ao fato de que a fricção e a pressão que são exercidas podem piorar as hemorroidas internas, fazendo com que fiquem mais irritadas e inflamadas, causem mais dor e sangrem durante o ato sexual.

O recomendável caso se sofra de hemorroidas é esperar que estas estejam completamente curadas antes de praticar o sexo anal, já que do contrário a recuperação poderia ser mais lenta e não lhe faria desfrutar plenamente da sua vida sexual.

Da mesma forma, se as hemorroidas foram tratadas cirurgicamente, o tempo de abstinência sexual dependerá de quanto tempo demorará até desaparecerem as irritações da operação, sendo que isto aplica-se para o sexo anal e vaginal.

Tratamento para as hemorroidas

Logo, as hemorroidas não representam um grave perigo para a saúde, já que as complicações mais sérias, que são pouco frequentes, são a anemia devido a perda crônica de sangue e o estrangulamento hemorroidal, que causa muita dor. Da mesma forma, é uma alteração muito fácil de melhorar com a orientação do médico, que analisará o grau e tipo de hemorroidas que o paciente tem, a fim para oferecer o tratamento mais adequado. Por isso que sempre é importante evitar se automedicar, pois nem todos os remédios caseiros ou produtos médicos de venda livre têm a mesma eficácia para todos os casos de hemorroidas.

O tratamento para as hemorroidas pode incluir desde algumas mudanças nos hábitos, ingestão de analgésicos para aliviar os sintomas e a aplicação de certos cremes na região anal, caso o grau da condição não seja muito avançado. O especialista poderá indicar o uso de cremes corticoides, que podem ser muito benéficos para eliminar a dor e a inflamação, os cremes com lidocaína especialmente criados para as hemorroidas, que diminuem a dor, e o consumo de amolecedores de fezes para evitar a constipação e o esforço na hora de defecar.

Embora na maioria dos casos estas ações costumam ser suficientes para melhorar a alteração, quando o paciente tem sangramento intenso ou se as hemorroidas internas são muito grandes, ao ponto de saírem do ânus, e não respondem aos medicamentos, o especialista poderá optar por realizar algum procedimento minimamente invasivo, como uma ligação com faixa elástica ou as técnicas de coagulação com raio laser ou infravermelho. Se ainda assim não for possível aliviá-la com este tratamento, ou as hemorroidas são muito grandes, é possível que recomende-se a remoção cirúrgica.

Ao mesmo tempo, existem certos conselhos que podem ajudar a reduzir os sintomas, como por exemplo:

  • Seguir uma dieta rica em fibras.
  • Utilizar roupa íntima de algodão.
  • Usar toalhinhas de bebê para limpar a área.
  • Realizar banhos de assento com água morna durante 10 ou 15 minutos.
  • Não utilizar papel higiênico colorido ou perfumado.
  • Não coçar a área afetada.

Confira também esse artigo que explica como curar hemorroidas externas rapidamente.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Quem tem hemorroida pode ter relação?, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema digestivo.

Escrever comentário sobre Quem tem hemorroida pode ter relação?

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Luciene
quantos dias depois da cirurgia de hemorroidas posso ter relacao

Quem tem hemorroida pode ter relação?
Quem tem hemorroida pode ter relação?

Voltar ao topo da página