menu
Partilhar

Sangue apenas ao me limpar: causas e tratamento

 
Por Isbelia Farias. 24 janeiro 2024
Sangue apenas ao me limpar: causas e tratamento

Muitas mulheres apresentam sangue ao se limparem, o que pode ser devido a uma variedade de causas, desde fatores hormonais até alguma forma de infecção ou condições como endometriose ou pólipos. O tratamento também pode variar, dependendo da causa. Essa mancha ou sangue geralmente não coincide com a menstruação e pode ocorrer em qualquer momento do ciclo.

Aqui no ONsalus, explicaremos as causas e o tratamento para o sangue apenas ao se limpar na ausência do período menstrual.

Também lhe pode interessar: Corrimento com sangue: causas e tratamento

Uso de anticoncepcional hormonal

As mulheres que tomam anticoncepcionais orais hormonais, como a pílula, e até mesmo aqueles como injeções, podem apresentar sangramento de escape após o início do tratamento. Esse sangramento é conhecido como sangramento de escape, que está associado a alterações no revestimento do útero devido aos hormônios do contraceptivo. É muito comum quando a pílula anticoncepcional é administrada. Deve-se observar que os contraceptivos de barreira, como os preservativos, não estão associados ao sangramento de escape.

Tratamento

Esse tipo de sangramento pode desaparecer por si só e não é motivo de preocupação, mas o médico pode mudar o tipo de anticoncepcional se ele causar muito desconforto à mulher e prescrever um tipo diferente de anticoncepcional.

Sangue apenas ao me limpar: causas e tratamento - Uso de anticoncepcional hormonal

Mudanças hormonais

As variações hormonais naturais podem causar alterações na textura do tecido vaginal, o que pode torná-la mais propensa a um sangramento leve, especialmente durante a ovulação.

Esse sangramento geralmente é leve e de curta duração. Geralmente ocorre no meio do ciclo menstrual, na época da ovulação, devido à ruptura folicular ou ao aumento do estrogênio.

Sangramento de implantação

Esse é um tipo de sangramento que ocorre quando a mulher está grávida e o óvulo se implanta. No entanto, ele é diferente do sangramento menstrual, pois a menstruação aumenta, mas o sangramento de implantação ocorre apenas uma vez e não mais.

No artigo a seguir, você saberá mais sobre Os primeiros sintomas de gravidez.

Síndrome dos ovários policísticos (SOP)

As mulheres com SOP tendem a ter um nível mais alto de hormônios masculinos, ou andrógenos, o que provoca manchas e períodos irregulares.

Tratamento

Geralmente, o tratamento é feito com medicamentos para corrigir o sangramento irregular ou com mudanças no estilo de vida.

Sangue apenas ao me limpar: causas e tratamento - Síndrome dos ovários policísticos (SOP)

Pólipos ou fibromas uterinos

São tumores benignos que ocorrem no revestimento do útero. Eles estão associados a períodos irregulares e pesados e à dificuldade de engravidar. Eles também podem causar sintomas como constipação, dor e dificuldade para urinar.

Tratamento

Quando os pólipos são pequenos e não apresentam sintomas, eles desaparecem geralmente por conta própria. Em outros casos, o médico pode prescrever alguns medicamentos hormonais, como agonistas do hormônio liberador de gonadotrofina ou progestinas, para ajudar a paciente com os sintomas, mas essa é geralmente uma opção de curto prazo. Outra opção é a histeroscopia, um procedimento no qual os pólipos podem ser removidos.

Infecções sexualmente transmissíveis (ISTs)

Algumas infecções, como a clamídia, são muito comuns e a mulher pode apresentar sangramentos intermenstruais, além de febre e dor abdominal ou sexual.

Tratamento

Essas infecções são geralmente tratadas com antibióticos. A dose pode ser única ou várias vezes ao dia durante sete dias. Tudo depende do diagnóstico e da prescrição do médico. Em geral, em uma ou duas semanas, a infecção deve desaparecer, desde que o tratamento seja seguido. Entretanto, no início, é possível transmitir a infecção para outro(s) parceiro(s), portanto, é essencial evitar relações sexuais até que a pessoa esteja curada.

Perimenopausa

À medida que as mulheres se aproximam da menopausa, ocorrem mudanças hormonais em seus corpos. Uma delas é que o revestimento do útero se torna mais espesso, dificultando o controle preciso da chegada da menstruação. A perimenopausa também pode causar manchas.

Tratamento

O médico pode prescrever uma variedade de tratamentos, dependendo dos sintomas da mulher. Um deles é a terapia hormonal à base de estrogênio, que pode ser administrada por meio de adesivo, pílula, creme, spray ou gel, para reduzir as ondas de calor.

Além disso, o especialista pode prescrever o uso de estrogênio vaginal na forma de um anel, óvulo ou creme para aliviar a secura e o desconforto durante a relação sexual. Os antidepressivos também são prescritos com frequência, especialmente quando as mulheres não podem tomar estrogênio por algum motivo. Os inibidores da recaptação de serotonina, como também são conhecidos os antidepressivos, podem ajudar a equilibrar o humor e acalmar as ondas de calor.

A gabapentina também pode ser útil para aliviar as ondas de calor. Além disso, existem outras alternativas não hormonais que ajudam a controlar a temperatura corporal.

Sangue apenas ao me limpar: causas e tratamento - Perimenopausa

Câncer

O câncer pode aparecer em qualquer órgão do sistema reprodutivo, como o útero, por exemplo. Ele tende a aparecer em mulheres que já passaram da menopausa, embora sua presença em mulheres mais jovens não seja descartada. O que é certo é que, se você tiver 40 anos ou mais, é importante consultar um médico se tiver alguma mancha ao se limpar.

Tratamento

O tratamento é prescrito por um oncologista ginecológico, um médico especializado em cânceres do sistema reprodutivo feminino. A abordagem é variada, dependendo da localização do câncer e de outros fatores, bem como da extensão da disseminação. Os tratamentos geralmente incluem terapia hormonal, radioterapia, cirurgia e quimioterapia.

Há outros motivos pelos quais as mulheres podem apresentar manchas ao se limparem, como a fricção contra a mucosa vaginal durante a relação sexual devido à falta de lubrificação.

Se uma mulher tiver dor no abdome inferior, sintomas que pioram rapidamente, febre, manchas, antes ou depois da menopausa, ela deve sempre consultar um médico o mais rápido possível.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Sangue apenas ao me limpar: causas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor feminino.

Bibliografia
  • de Ramos, M. G., Araujo, V. V., Fonseca, C., & Silva, R. (2008). Sangrado vaginal anormal, hábitos de vida y biopsia de endometrio. Salus, 12(1), 30-34.
  • Kerr, S. J. Sangrado posmenopáusico.
  • Jiménez Ubieto, I., Zornoza, A., & Tarrío, O. (2009). Sangrado de origen ginecológico. In Anales del Sistema Sanitario de Navarra (Vol. 32, pp. 39-48). Gobierno de Navarra. Departamento de Salud.
  • Malvis, M. Q., & Miguel Angel, L. B. (2021, October). CARACTERIZACIÓN DEL SANGRADO VAGINAL EN LA MENOPAUSIA. In CLIMENOP 2021.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Sangue apenas ao me limpar: causas e tratamento
1 de 4
Sangue apenas ao me limpar: causas e tratamento

Voltar ao topo da página