Partilhar

Sensação de estômago cheio: causas

Por Leonardo Simon. Atualizado: 1 outubro 2018
Sensação de estômago cheio: causas

É no sistema digestivo que ocorrem a maioria das alterações que dão origem a visitas às urgências médicas. Ali podemos sentir grande variedade de sintomas: diarreia, vômitos, mal-estar, náuseas, ardências, etc.. No entanto, em alguns casos é difícil expressarmos as sensações que temos no corpo com palavras. Um dos sintomas mais comuns quando aparecem problemas digestivos é a sensação de estômago estufado, inclusive quando comemos pouco. Por mais estranho que seja quando comparado com outros sintomas mais comuns, como a dor abdominal ou a diarreia, muitas pessoas também se preocupam pois não sabem por que acontece.

Quer conhecer as causas da sensação de estômago cheio? Continue lendo este artigo do ONsalus e lhe explicaremos.

Também lhe pode interessar: Barriga borbulhando: o que pode ser

Sensação de estômago cheio e má digestão

A indigestão, conhecida medicamente como dispepsia, é a causa mais comum da sensação de estufamento no estômago e se manifesta como uma dor ou sensação de mal-estar na parte alta do abdômen durante ou após as refeições. Outros dos sintomas associados com a indigestão são:

  • Dor e/ou ardência entre o esterno e a área do umbigo.
  • Sensação de estômago cheio após comer ou durante a refeição.
  • Náuseas ou vômitos.
  • Suores frios.

Normalmente, sobretudo se acontece pontualmente, a indigestão não representa nenhum problema de saúde. Na verdade, todo mundo passa por uma indigestão em algum momento da vida. Algumas das causas que provocam dispepsias de forma puntual são:

  • Comer em demasia.
  • Comer muito rápido.
  • Sofrer de estresse ou ansiedade.
  • Ingerir muito álcool.
  • Ingerir alimentos muito gordurosos ou picantes.

Não obstante, se isto acontece recorrentemente é porque existe algum problema mais profundo ou doença como origem. Neste caso, quando as indigestões surgem frequentemente, é necessário ir ao médico para que ele faça um diagnóstico preciso sobre o que se trata. Algumas destas doenças que podem causar dispepsia são:

  • Gastrite.
  • Úlceras intestinais.
  • Pancreatite.
  • Cálculos biliares.
  • A ingestão de medicamentos como os AINEs ou os antibióticos.

Além disso, existe uma série de sintomas que devemos ter em mente que, se manifestados junto com o que explicamos anteriormente, podem nos avisar que existe um problema de saúde. Devemos ir imediatamente ao médico se existe:

  • Presença de sangue nas fezes ou o vômito.
  • Perda de peso.
  • Problemas para engolir.
Sensação de estômago cheio: causas - Sensação de estômago cheio e má digestão

Paralisia do estômago e sensação de estufamento

A gastroparesia, como diz seu nome, significa paralisa do estômago, e se trata de um distúrbio no aparelho digestivo onde não há mobilidade ou esta acontece de forma anormal. Em uma pessoa saudável, o estômago exerce contrações que trituram a comida e, posteriormente, a levam para o intestino delgado. Ali, continua o processo digestivo e os nutrientes dos alimentos são absorvidos. Quando uma pessoa sofre de gastroparesia, a contração do estômago não existe ou não é adequada, razão pela qual os alimentos não são nem triturados nem levados ao intestino, interrompendo o processo normal da digestão.

Como não pode ser de outra forma, se os alimentos não podem chegar ao intestino provocam a sensação de estufamento no estômago e saciedade, mesmo que comendo muito pouco. Outros dos sintomas que destacam-se na gastroparesia são:

  • Náuseas e vômitos.
  • Vômitos com alimentos ainda não digeridos.
  • Inchaço abdominal.
  • Refluxo.
  • Emagrecimento.
  • Alterações no nível de açúcar.

A gastroparesia está muito ligada com uma doença específica, a diabetes, e a maioria dos pacientes que sofre esta doença é devido a uma consequência direta desta[1]. Não obstante, as causas da gastroparesia também podem encontradas em:

  • Infecções estomacais.
  • Problemas no sistema endócrino.
  • Esclerodermia.
  • Doenças neuromusculares.
  • Câncer.
  • Pessoas que tenham sido submetidas a radioterapia no tórax.
  • Pessoas que tenham sido submetidas a determinadas quimioterapias.
  • Pessoas que tenham sido submetidas a cirurgias no trato intestinal.
  • A ingestão de certos medicamentos como narcóticos, antidepressivos ou bloqueadores dos canais de cálcio.

Também cabe citar aqueles pacientes que sofrem distúrbios alimentares, como por exemplo, a bulimia ou a anorexia nervosa. Nestes casos também pode se desenvolver gastroparesia, apesar disso, ao contrário de outras causas, a mobilidade gástrica se restabelece normalmente quando se aposta em uma ingestão normal de alimentos com horários adequados.

Sensação de estômago cheio: causas - Paralisia do estômago e sensação de estufamento

Sensação de estômago cheio e enjoo: úlcera estomacal

Outra das condições que pode gerar sensação de estômago estufado junto com outros sintomas associados é a úlcera estomacal, também conhecida como úlcera péptica ou úlcera gástrica. Se trata de uma ferida no tecido que recobre o estômago e que pode ter diferentes causas, principalmente, infecções bacterianas, má alimentação ou a ingestão de certos medicamentos.

Embora uma úlcera gástrica não necessariamente seja grave, é necessário seguir um tratamento médico à base de antiácidos para prevenir que a ferida e seus sintomas se agravem. Normalmente, os sintomas da úlcera péptica são:

  • Pontadas no abdômen, sobretudo ao comer e beber.
  • Ardência na boca do estômago.
  • Náuseas e vômitos.
  • Dores de cabeça.
  • Fezes com sangue: escuras e fétidas.

Todos estes sintomas costumam se agravar na hora de comer ou logo em seguida. Além disso, podem causar falta de apetite, o que faz com que a pessoa comece a perder peso de forma constante.

Sensação de estômago cheio e ânsia: câncer de estômago

Você não deve ficar muito preocupado, uma vez é mais provável que a sensação de estômago cheio e náuseas se deva a qualquer outra coisa. Contudo, deve saber que este é um dos principais sintomas de câncer de estômago. O câncer de estômago é um dos mais difíceis de se detectar em etapas iniciais, na verdade, apenas 1 de cada 5 são detectados de forma precoce, e o motivo é que em suas etapas inicias poucas vezes apresentam sintomas. Os sintomas costumam aparecer quando o câncer já está mais espalhado e costumam ser os seguintes:

  • Sensação de estômago cheio.
  • Perda de apetite.
  • Perda de peso.
  • Dor no estômago.
  • Mal-estar estranho em cima da área do umbigo.
  • Acidez estomacal.
  • Vômitos que podem vir acompanhados com sangue.
  • Inchaço estomacal.
  • Fezes com sangue.

Se você apresenta algum destes sintomas, sobretudo se não desaparecem com tempo ou se pioram, dever ir ao médico para que ele possa fazer um diagnóstico adequado.

Sensação de estômago cheio: causas - Sensação de estômago cheio e ânsia: câncer de estômago

Sensação de estômago cheio e arrotos: piloro fechado

Os músculos do piloro são aqueles que conectam a área inferior do estômago com o intestino delgado. Quando estes músculos engrossam, surge uma condição conhecida como estenose pilórica, impedindo que o estômago seja esvaziado e causando a sensação de estômago cheio e arrotos. Hoje em dia não se sabe o que é que provoca a estenose pilórica nas crianças, no entanto, sabe-se que a genética tem um papel fundamental no seu aparecimento. Apesar desta condição ser muito mais comum em bebês, sobretudo a partir dos 6 meses de vida, em alguns casos pode acontecer com pessoas de qualquer idade. Além disso, a estenose pilórica encontra-se dentro das raras complicações das úlceras gástricas[2].

Alguns dos sintomas comuns da estenose pilórica, tanto em bebês quanto em adultos são:

  • Sensação de estômago cheio mesmo comendo pouco.
  • Arrotos.
  • Sensação de fome contínua.
  • Desidratação.
  • Diarreia.
  • Perda de peso.
  • Vômitos.

O mesmo acontece no caso da síndrome do piloro fechado em adultos, uma condição muito parecida com a que acabamos de explicar e que costuma surgir derivada de outros problemas subjacentes. Se trata da obstrução deste canal, indiferente do motivo, provocando os sintomas que acabamos de explicar. Algumas das causas que podem provocar o piloro fechado são:

  • Perfuração da membrana mucosa gástrica.
  • Úlcera péptica.
  • Tuberculose.
  • Pólipos.
  • Tumores.
  • Cirurgias gástricas.
  • Cálculos biliares.
  • Objetos estranhos no estômago.
  • Divertículos.
  • Doença de Crohn.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Sensação de estômago cheio: causas, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema digestivo.

Referências
  1. https://patients.gi.org/recursos-en-espanol/gastroparesia/
  2. http://scielo.isciii.es/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1130-01082008000200007

Escrever comentário sobre Sensação de estômago cheio: causas

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Aluisío Vianna
Sinto a boca do estômago cheia, o que devo fazer?

Sensação de estômago cheio: causas
1 de 4
Sensação de estômago cheio: causas

Voltar ao topo da página