Partilhar

Sangue nas fezes, o que pode ser?

 
Por Nicolas Garin, Redator ONsalus. Atualizado: 9 maio 2018
Sangue nas fezes, o que pode ser?

O surgimento de sangue nas fezes pode ser um indicador de que existe algum problema no aparelho digestivo. Este sangue pode vir de qualquer parte do mesmo, ou seja, da boca, da faringe ou esôfago, do estômago, dos intestinos ou do ânus. Por esse motivo, as causas que do sangue nas fezes podem ser muito numerosas e variadas.

Em alguns casos, este problema é visível nas fezes, mas, em outros casos, as quantidades de sangue são tão pequenas que podem passar despercebidas, pelo que só podem ser detectadas através de exame médico. A cor que o sangue dá às fezes é determinante para saber de que parte do tubo digestivo provém. No ONsalus, respondemos à pergunta: Sangue nas fezes, o que pode ser?

Também lhe pode interessar: Barriga borbulhando: o que pode ser

Hemorragia digestiva alta

As fezes pretas geralmente indicam que o problema está localizado no trato gastrointestinal superior e que o sangramento vem de lá. Esta parte abrange principalmente o esôfago, o estômago e a primeira metade do intestino delgado. Isso implica que o sangue teve que passar através dos sucos digestivos do corpo enquanto descia para os intestinos, o que dá essa tonalidade escura, semelhante à do alcatrão. Os médicos geralmente chamam de "melena" a este tipo de fezes.

As causas do sangramento nesta zona são as seguintes:

  • Úlcera gástrica ou úlcera duodenal: lesões no revestimento do estômago ou na parede do duodeno;
  • Varizes esofágicas: veias inflamadas e sangrando na parede interna do esôfago;
  • Rasgo no esôfago devido a vômitos fortes;
  • Gastrite: inflamação do revestimento do estômago;
  • Vasos sanguíneos anormais;
  • Hérnias esofágicas: partes do estômago se movem para o peito;
  • Traumatismo ou presença de um corpo estranho.
Sangue nas fezes, o que pode ser? - Hemorragia digestiva alta

Hemorragia digestiva baixa

Por outro lado, quando as fezes surgem com uma cor castanho avermelhado ou mesmo vermelho vivo e brilhante, se conclui que o sangue provém do trato gastrointestinal inferior, onde se encontra a segunda metade do intestino delgado, o intestino grosso, o reto e o ânus. O termo hematoquezia é usado para descrever esta condição, e as causas da mesma são:

  • Hemorroidas: veias inflamadas no ânus ou parte inferior do reto (o que provoca a aparência de sangue vermelho e brilhante);
  • Fissuras anais;
  • Doença inflamatória intestinal, como a doença de Crohn ou colite ulcerativa;
  • Diverticulose: bolsas anormais no cólon;
  • Pólipos intestinais: protuberâncias na mucosa intestinal;
  • Câncer do cólon ou do intestino delgado;
  • Infeção intestinal, por exemplo por parasitas;
  • Vasculite: inflamação dos vasos sanguíneos;
  • Angiodisplasia: malformação vascular do cólon;
  • Traumatismo.

Quando ir ao médico?

Se você detectar sangue nas fezes, consulte seu médico para ter um diagnóstico preciso, para seja possível descartar as patologias mais graves como o câncer. Além disso, a perda de sangue a longo prazo pode desencadear uma anemia, pelo que o tratamento é imprescindível.

O sangue nas fezes em crianças não representa, na maioria dos casos, uma patologia grave, estando normalmente relacionado com a constipação. Durante a visita ao consultório do médico, ele fará perguntas para saber se o paciente toma algum medicamento e que sintomas tem. Serão feitas analíticas de sangue, cultura de fezes para determinar microrganismos nas fezes ou até uma colonoscopia.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Sangue nas fezes, o que pode ser?, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema digestivo.

Escrever comentário sobre Sangue nas fezes, o que pode ser?

O que lhe pareceu o artigo?

Sangue nas fezes, o que pode ser?
1 de 2
Sangue nas fezes, o que pode ser?

Voltar ao topo da página