menu
Partilhar

Urticária nas pernas: por que aparece e como removê-la

 
Por Redação ONSalus. 1 dezembro 2021
Urticária nas pernas: por que aparece e como removê-la

A pele fala por nós, testemunhando todas as reações e problemas do nosso organismo. As manchas nas pernas podem ser originadas por muitas e diversas casas, desde alergias ou varizes até infecções ou doenças mais complicadas, como a diabetes.

Se você sofre com esse tipo de manchas nas pernas e quer acabar com elas, gostará deste artigo do ONsalus sobre a urticária nas pernas: por que aparece e como removê-la.

Também lhe pode interessar: Coceira nas pernas: o que pode ser

O que provoca a urticária nas pernas

As urticária nas pernas pode ser bastante incômoda, podendo ser acompanhada de coceira ou ardência. São várias as causas das manchas nas pernas que podemos encontrar:

Eczema atópico

Trata-se de uma reação alérgica na pele, a qual também pode surgir em outras áreas do corpo mas, em algumas pessoas, pode aparecer principalmente nas pernas, especialmente, atrás dos joelhos.

As manchas costumam aparecer em certas épocas do ano, podem coçar e, se você coçá-las muito, podem soltar um líquido claro e, depois, formar casquinhas.

Dermatite numular

A causa desta doença não é conhecida, sendo que ela provoca o aparecimento de manchas vermelhas arredondadas na pele, que podem surgir nas pernas e também nas mãos.

Infecção

Pode ser que uma pequena ferida na pele seja a porta de entrada de bactérias, o que pode causar uma infecção. Normalmente, esta fica localizada próxima dessa ferida, mas em pessoas com imunidade baixa, especialmente, as que sofrem de diabetes. Tal infecção pode se estender até o resto da perna, causando o que se conhece como celulite infecciosa.

Foliculite

Este termo também se refere a uma infecção, mas localizada nos folículos pilosos ou, em outras palavras, onde crescem os pelos das pernas. Estes folículos, ao ficarem inflamados e se infectarem, podem aparecer como uma úlcera ou pontos vermelhos na pele. É comum depois de depilar as pernas, especialmente, quando este procedimento é feito com poucas condições de higiene ou quando a maquininha utilizada já está um pouco velha ou sem fio.

Sarna

Não se assuste com o termo, é uma infecção mais comum do que parece e não necessariamente relacionada com condições ruins de higiene. Um pequeno ácaro causa esta infecção que coça muito e pode estar localizada em diferente áreas do corpo: pernas, genitais, pulsos, entre outras. No seguinte artigo, você pode ver todas as informações sobre quanto tempo dura a sarna humana.

Psoríase

Neste caso, a pele fica avermelhada, descama e coça. A psoríase é uma doença inflamatória que pode surgir de diferentes formas e estar presente em diferentes áreas da pele, unhas e até causar problemas nas articulações.

Dermatite por estase

Naquelas pessoas que têm varizes também podem aparecer as manchas nas pernas relacionadas com este problema. A estase venosa é a estagnação do sangue que acontece nas veias varicosas. Você pode sentir as pernas pesadas e coceira, contudo não costuma doer. Primeiro a pele fica vermelha, depois pode descamar e, se continuar evoluindo, podem aparecer manchas amarronzadas. Nestas áreas, a pele fica mais fina, ao ponto de poder ser facilmente machucada, o que leva ao aparecimento de úlceras que podem ser infectadas, complicando ainda mais o quadro.

Lipodermatoesclerose

É a evolução da estase venosa. A pele fica mais grossa, pode incomodar ao ser tocada e até doer. É um problema de estagnação sanguínea nas pernas.

Picadas

Uma causa da urticária nas pernas muito comum e, às vezes, subestimada, são as picadas de diversos insetos: mosquitos, pulgas, aranhas, etc. As lesões costumam coçar, ser vermelhas e bastante incômodas. Preste atenção ao ambiente no qual você tem estado ultimamente e talvez ali encontre a resposta.

Urticária crônica

O aparecimento repentino de manchas arredondadas e vermelhas na pele que coçam é conhecida como urticária. Estas lesões costumam desaparecer sozinhas. Muitas vezes, surgem diante de diferentes fatores como: alergia a algum alimento ou substância no ambiente, calor, pressão na pele, vibração, tratamentos farmacológicos ou, inclusive, infecções.

Dermatite artefacta

Talvez, sem perceber, você machuque sua pele se coçando, mas não porque tem coceira. Medicamente, isto é conhecido como dermatite artefacta, a qual provoca lesões que podem ser infectadas.

Urticária nas pernas: por que aparece e como removê-la - O que provoca a urticária nas pernas

Tratamento médico da urticária nas pernas

Como todo tratamento, será eficaz se, primeiramente, a causa da urticária nas pernas for diagnosticada. O ideal é consultar seu médico(a) de confiança, que te fará uma série de perguntas quanto ao começo e evolução dos seus sintomas, se vêm acompanhados de outros problemas ou se você possui outras doenças, etc.

Você deve saber que às vezes é tentado um tratamento para as causas mais frequentes, por isso que se já fez uma consulta e os incômodos não desapareceram, o mais indicado é que volte a consultar seu médico(a) para que ele busque a possível causa. Às vezes, para isso, são necessários outros exames como: exame de sangue ou ultrassom, entre outros.

Dependendo do que estiver causando seu problema com essas manchas nas pernas, o tratamento pode incluir:

  • Cremes com corticoides, antibiótico ou hidratantes.
  • Antibióticos por via oral para os casos de infecção grave.
  • Tratamento específico local no caso de sarna, o mais comum é a permetrina. Além de uma série de medidas que você precisará saber.
  • Tratamento das varizes: medidas posturais, dietéticas, medicamentos, uso de bandagens ou meias de compressão, esclerose e até cirurgia, dependo do caso.
  • Medicação anti-inflamatória por via oral.
  • Medicação local ou sistêmica para a psoríase: anti-inflamatória, imunossupressores ou terapia de luz, de acordo com a evolução e gravidade da doença.
  • Antialérgicos ou cremes especiais para as dermatites atópicas.

Remédios caseiros para urticária nas pernas

Aqui, novamente, é importante saber o que você está tratando, pois como já vimos, as causas de uma urticária nas pernas são as mais diversas. Por isso, mais uma vez, é conveniente que um profissional faça seu diagnóstico, especialmente, se você tem diabetes ou outra doenças que possam se complicar. Também é recomendável que consulte um centro de saúde se está com febre ou mal-estar geral, as lesões pioram ao invés de melhorar ou se a coceira ou os incômodos não te deixam dormir.

Certos remédios naturais podem te ajudar em muitas das causas das manchas nas pernas, principalmente nas inflamações e infecções leves:

  • Infusões de maçã, calêndula ou mel. As três têm propriedades anti-inflamatórias e cicatrizantes. O mel, por sua vez, também é antimicrobiano.
  • Se você sofre de coceira, pode aliviá-la ao tomar banhos frios nas pernas, o que também ajudará na estase venosa. Para este último, também é recomendável realizar movimentos para facilitar o retorno venoso e deixar as pernas erguidas.
  • Beba água. A hidratação é fundamental para favorecer a limpeza do corpo. Evite refrigerantes, bebidas alcoólicas e bebidas com adoçantes ou corantes, já que não hidratam da mesma forma que a água e prolongam a inflamação.
  • Diferentes problemas de pele são consequências dos maus hábitos alimentares que temos, a pele fala pelo corpo. Por isso, é bom que, indiferente da causa, você melhore sua alimentação, o que fará com que seu corpo possa se recuperar mais rápido. Deixe de lado os alimentos processados, o açúcar, os óleos vegetais. Em seu lugar, coma mais frutas e verduras, mel, frutos secos, sementes, fermentados. Seu intestino dará um bom sinal de como estará seu corpo: a constipação costuma preceder muitos problemas de saúde.

Agora que você já sabe o que causa os tratamentos para a urticária nas pernas, recomendamos a leitura deste outro artigo sobre pintas aparecendo no corpo, o que pode ser?

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Urticária nas pernas: por que aparece e como removê-la, recomendamos que entre na nossa categoria de Pele, cabelo e unhas.

Bibliografia
  • Sundaresan S, Migden MR, Silapunt S. Stasis Dermatitis: Pathophysiology, Evaluation, and Management. Am J Clin Dermatol. 2017;18(3):383‐390. doi:10.1007/s40257-016-0250-0
  • Givol O, Kornhaber R, Visentin D, Cleary M, Haik J, Harats M. A systematic review of Calendula officinalis extract for wound healing. Wound Repair Regen. 2019;27(5):548‐561. doi:10.1111/wrr.12737
  • Sutherland M, Parent A. Diagnosis and management of cellulitis: a dermatology perspective. Br J Community Nurs. 2017;22(6):272‐275. doi:10.12968/bjcn.2017.22.6.272
  • Lavery MJ, Stull C, McCaw I, Anolik RB. Dermatitis artefacta. Clin Dermatol. 2018;36(6):719‐722. doi:10.1016/j.clindermatol.2018.08.003

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Urticária nas pernas: por que aparece e como removê-la
1 de 2
Urticária nas pernas: por que aparece e como removê-la

Voltar ao topo da página