menu
Partilhar

Ferida na vagina: causas e tratamento

 
Por Dra. Gennesis Gonzalez, Médica Cirurgiã. Atualizado: 20 agosto 2021
Ferida na vagina: causas e tratamento

Os órgãos genitais externos femininos são formados pelo monte de Vênus, a vulva, o clitóris, o vestíbulo, o meato urinário, as glândulas de Bartholin, o períneo, os lábios maiores, lábios menores e, por último, a forquilha vulvar, esta área está definida como o local onde os lábios menores e maiores são mantidos unidos bem na parte posterior da vulva.

É provável que por vários motivos você possa apresentar uma ferida ou fissura na forquilha vulvar que se manifesta com desconforto, ardência e irritação na área, na maioria das vezes se deve às relações sexuais ou alguma doença sexualmente transmissível já existente. Neste artigo do ONsalus, te falaremos em detalhes sobre a ferida na vagina: causas e tratamentos que podem ser utilizados para melhorá-la.

Causas comuns da ferida na vagina

A área que representa a forquilha vulvar na vagina é altamente suscetível a doenças, contém diversas terminações nervosas e, além disso, a pele é muito delicada e sensível. São vários os motivos que podem causar uma ferida na forquilha vulvar, sendo os seguintes os mais comuns:

Relações sexuais

Dentro das primeiras causas relacionadas com as feridas da vagina que podem surgir especificamente na forquilha vulvar estão as relações sexuais, sobretudo quando esta relação é muito brusca. Nesses casos, é possível que a área fique inflamada, irritada e rache, provocando ardência, desconforto e dor durante o ato sexual.

Ressecamento vaginal

Por outro lado, outra causa associada com a presença de ferida na forquilha vulvar é sofrer de ressecamento na área vaginal, algo que está relacionado com o que acabamos de comentar sobre as relações sexuais. Neste momento de fricção, junto com o fator do ressecamento vaginal, é possível apresentar as fissuras ou feridas na forquilha vulvar. Isso também se deve à falta de elasticidade e lubrificação que a região tem durante o ato sexual.

Depilação

Existem alguns procedimentos estéticos que têm sido amplamente utilizados, mas que podem causar feridas ou fissuras na forquilha vulvar se não são feitos adequadamente. Isto acontece devido à depilação brusca do pelo nesta área, podendo gerar lesões por causa de raspagens ou queimaduras.

Roupa íntima

Da mesma forma, a roupa íntima justa é motivo suficiente para que se possa apresentar feridas na área da vagina, resultado do atrito com a pele desta área, que é altamente sensível e delicada. Neste ponto, também podemos incluir as reações alérgicas, seja pelo tecido da roupa, como o sabonete utilizado para lavá-la, assim como a dermatite de contato.

Compressas

As compressas íntimas absorventes que são utilizadas durante a menstruação ou diariamente para evitar se urinar, dependendo do tempo que as usamos e de como ficarem em atrito com a pele da vulva, podem acabar causando feridas na vagina.

Coçar

Se coçar é outro motivo associado com a presença de fissura na forquilha vulvar. Muitas vezes, esta sensação de coceira excessiva vem acompanhada de outras condições da área genital feminina como, por exemplo, a secura vaginal ou doenças como a candidíase vaginal. Caso haja coceira, é normal que a mulher se coce a fim de aliviá-la, no entanto, a única coisa que provocará será o aparecimento de feridas.

Ferida na vagina: causas e tratamento - Causas comuns da ferida na vagina

Ferida na vagina por DST

Além das causas que já te mencionamos, que são as mais comuns, as doenças sexualmente transmissíveis também podem desenvolver sintomas como feridas na forquilha vulvar. Algumas das doenças que podem causá-la são:

Tratamento para a ferida na vagina

Antes de falar sobre qual o é o tratamento ideal para tratar a ferida na forquilha vulvar é imprescindível consultar um ginecologista, pois é ele quem determinará o motivo relacionado com a fissura ou lesão nesta área genital feminina e também o tratamento ideal de acordo com os sintomas de cada um deles.

  • Antibióticos: o uso de antibiótico tópico será recomendado pelo especialista dependendo da avaliação que tiver feito. Com ele é possível evitar e tratar uma infecção.
  • Gel íntimo: recomendado diante da presença de secura na região genital feminina.
  • Caso a ferida ou fissura na forquilha vulvar seja devido à presença de uma doença sexualmente transmissível o médico encarregado indicará o tratamento adequado para cada uma delas.
  • Cortisona: em alguns casos, o especialista indicará o uso de cremes de cortisona, no entanto, neste caso é importante ser utilizado sob prescrição médica para evitar que os sintomas piorem.
  • Os banhos de bicarbonato diminuem a irritação que surge na forquilha vulvar após o aparecimento de feridas ou fissuras. Recomenda-se fazê-los uma vez ao dia para obter resultados.
Ferida na vagina: causas e tratamento - Tratamento para a ferida na vagina

Como evitar feridas na forquilha vulvar

A melhor maneira para tratar qualquer incômodo na área genital inclui:

  • Evitar ter relações sexuais se estiver sentindo o incômodo
  • Utilizar roupas folgadas e de algodão.
  • Não usar calças justas.
  • Não utilizar sabonetes perfumados. Lembre-se que a área genital é sensível e delicada.
  • Trocar com frequência absorventes íntimos e tampões.

Sem sombra de dúvidas, qualquer incômodo na região íntima provoca desconforto em qualquer hora do dia. Consulte um médico assim que manifestar os primeiros sintomas, para que ele indique o tratamento necessário para curar a ferida na vagina.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Ferida na vagina: causas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor feminino.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Ferida na vagina: causas e tratamento
1 de 3
Ferida na vagina: causas e tratamento

Voltar ao topo da página