Saúde digestiva

Por Que Como Pouco e Me Sinto Cheio?

 
Magce Bonilla
Por Magce Bonilla, Química. 30 dezembro 2022
Por Que Como Pouco e Me Sinto Cheio?

Em algumas ocasiões, é normal ter uma sensação de saciedade após comer abundantemente, sensação que costuma diminuir com o passar das horas durante o processo de digestão. No entanto, pode acontecer de você comer pouco e se sentir cheio, algo que se acontecer com regularidade pode ser um sinal de que alguma coisa não está funcionando corretamente no seu sistema digestivo.

Entre as causas, podemos encontrar obstrução gástrica, úlceras, prisão de ventre, uma doença subjacente, estresse ou maus hábitos alimentares. Todos eles devem ser tratados prontamente para se obter um diagnóstico preciso e tratá-los de forma adequada. Nesse artigo do ONsalus explicamos tudo sobre por que você come pouco e se sente cheio. Boa leitura.

Também lhe pode interessar: Bola na barriga que se movimenta: causas
Índice
  1. Comer rapidamente e com estresse
  2. Dispepsia funcional
  3. Prisão de ventre
  4. Azia
  5. Obstrução intestinal
  6. Úlceras gástricas

Comer rapidamente e com estresse

Comer quando sob influência do estresse e muito rápido pode produzir uma sensação de saciedade nas três primeiras mordidas, sobretudo se os alimentos tiverem um alto conteúdo de fibras, como feijões, cebola ou couve-flor, ou se você consumir tais alimentos com refrigerantes, comidas apimentadas ou fritas.

O estresse e a ansiedade são um dos fatores principais que causam problemas gástricos, tendo em vista que contribuem para aumentar o suco gástrico e reduzir a barreira mucosa de proteção estomacal. Esse vínculo entre estresse e desconfortos estomacais se deve a relação íntima entre sistema nervoso e sistema digestivo e, portanto, pode causar a sensação de estômago cheio, mesmo após comer muito pouco.

O que fazer?

De imediato, para solucionar a sensação de estômago cheio, é preciso mudar os hábitos alimentares, modificando sua dieta, comendo devagar, conscientemente e em porções pequenas. Também é necessário pôr em prática exercícios de relaxamento e respiração que ajudem a reduzir os níveis de estresse. É importante evitar alimentos ácidos, bem como os com gorduras saturadas e trans, além de reduzir o excesso de sal, beber bastante líquido e parar de comer assim que ficar satisfeito.

Por Que Como Pouco e Me Sinto Cheio? - Comer rapidamente e com estresse

Dispepsia funcional

Um outro motivo para você comer pouco e se sentir cheio ou cheia é a dispepsia funcional, uma condição associada à indigestão. É muito comum e pode durar muito tempo, causando na pessoa que sofre desse problema sintomas intermitentes como distensão abdominal, sensação de estômago sempre cheio, náuseas, dor na região do estômago e arrotos.

Esta doença, em alguns casos, é causada por uma infecção bacteriana, problema físico, estresse, alimentos muito temperados, entre outros motivos. No entanto, a causa quase sempre é diferente nas pessoas que a sofrem.

O que fazer?

Frente a esse desconforto, a ação imediata é tomar medicamentos que aliviem a acidez estomacal, como um antagonista dos receptores de H2. Também devem ser administrados remédios que ajudem a aumentar o movimento peristáltico e assim aumentar a tolerância aos alimentos. Se a causa for uma infecção bacteriana, o mais apropriado é tomar antibióticos, desde que previamente prescritos pelo médico responsável.

Prisão de ventre

As pessoas que sofrem de prisão de ventre são as que evacuam menos de três vezes por semana, expulsando fezes duras e em quantidade insuficiente. Esse desconforto quase sempre produz a sensação de estômago cheio e incômodo estomacal ao comer. Pode surgir de forma repentina, fruto de uma alimentação inadequada ou, pelo contrário, ser crônica e persistir por vários meses, podendo estar vinculada a doenças mais delicadas como obstrução do intestino grosso, diabetes, síndrome do intestino irritável e Parkinson.

O que fazer?

No caso de constipação leve, tomar bastante água, comer mais fibras e fazer exercícios ajuda a reestabelecer a normalidade da evacuação. Em caso de prisão de ventre mais graves, certos medicamentos laxantes de venda livre ajudam a aliviar o desconforto. No entanto, recomenda-se buscar ajuda médica quando se estiver evacuando com baixa frequência. Confira nosso artigo sobre os melhores laxantes naturais.

Azia

Comer pouco e se sentir cheio pode ser um sinal de azia. Também chamada de acidez gástrica, ela está associada à ardência ou queimação em parte do estômago até a laringe, produto da passagem do conteúdo ácido do estômago para o esôfago. Essa doença é muito frequente, em especial nas pessoas que consomem alimentos muito temperados, com uma digestão difícil ou que tomam certos medicamentos de uso contínuo.

Algumas patologias, como hérnia de hiato ou refluxo gastroesofágico, tendem a produzir acidez estomacal e gerar a sensação de se estar satisfeito, ou a sensação de estar muito cheio após comer muito pouco.

O que fazer?

O tratamento eficiente para aliviar a azia baseia-se em tomar antiácidos de ação rápida, em sua maioria de venda livre, especificamente as combinações de magnésio e alumínio. Contudo, em circunstâncias crônicas, o mais apropriado é consultar um especialista para uma avaliação detalhada e assim receber um tratamento mais preciso, como o uso de medicamentos inibidores da bomba de prótons.

Por Que Como Pouco e Me Sinto Cheio? - Azia

Obstrução intestinal

A obstrução intestinal é causada por um bloqueio que vai do estômago ao intestino delgado, que pode ser parcial ou total, provocando a sensação de estômago muito cheio ao comer pouco. Esta patologia geralmente aparece devido à inflamação ou crescimento anormal dos tecidos próximos à região, como resultado de uma doença subjacente que afeta o estômago ou o piloro.

Quando a saída do estômago está bloqueada, a mistura semissólida de alimentos dificilmente consegue ser bombeada para fora do estômago, razão pela qual fortes contrações tendem a empurrar o quimo ou alimento semissólido para o esôfago e a boca, causando vômitos, sensação de saciedade ao comer pouco alimentos e dor abdominal.

O que fazer?

Normalmente, a obstrução intestinal é resolvida por meio de cirurgia, entretanto, certos medicamentos, como os inibidores da bomba de prótons e os bloqueadores H2, podem ajudar a diminuir a irritação e a inflamação na região conforme seja o caso. Também se pode recorrer a sondas nasogástricas para remover o conteúdo do estômago.

Úlceras gástricas

As úlceras gástricas são feridas abertas doloridas que aparecem na parte interna do estômago e na região superior do intestino delgado. Normalmente, são causadas por uma infecção pela bactéria helicobater pylori (H. pylori) e pelo uso prolongado de anti-inflamatórios não esteroides.

A dor ardente de estômago, sensação de saciedade, náuseas e os arrotos são os sintomas típicos dessa doença, que pode desaparecer momentaneamente ao comer certos alimentos que aliviam a acidez estomacal, mas que logo voltam a aparecer. Por isso, é importante consultar um médico especialista rapidamente se os desconfortos se mantiverem e se intensificarem.

O que fazer?

A úlcera gástrica é tratada atualmente com medicamentos para aliviar os sintomas e facilitar a cicatrização. Dependendo do caso, muitas vezes também é necessário tomar antibióticos para eliminar as bactérias que possam ser responsáveis pelo aparecimento da úlcera. É fundamental consultar um médico especialista diante desses sintomas para obter um diagnóstico preciso e, desse modo, descartar a possibilidade de uma úlcera maligna.

E aí, por que você come pouco e se sente cheio? Descobriu o motivo?

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Por Que Como Pouco e Me Sinto Cheio?, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema digestivo.

Bibliografia
  • Mayo clinic. (2020). Úlcera Péptica. Disponível em: <https://www.mayoclinic.org/es-es/diseases-conditions/peptic-ulcer/symptoms-causes/syc-20354223>. Acesso em 21 de dezembro de 2022.
  • Lozano, J. (2000). La úlcera péptica y su tratamiento. Disponível em: < https://www.elsevier.es/es-revista-offarm-4-articulo-la-ulcera-peptica-su-tratamiento-15468>. Acesso em 21 de dezembro de 2022.
  • Perez, F. y col. (2015). Distensión abdominal. Disponível em: <https://www.elsevier.es/es-revista-medicina-general-familia-edicion-digital--231-articulo-distension-abdominal-S1889543315000109>. Acesso em 21 de dezembro de 2022.
  • Puente-Gutiérrez, J. (2017). Distensión abdominal: un enfoque fisiopatológico. Disponível em: <RAPD%20Online%202017%20V40%20N6%2003.pdf>. Acesso em 21 de dezembro de 2022.
Escrever comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 de 3
Por Que Como Pouco e Me Sinto Cheio?