Partilhar

Sangue no pênis: causas e tratamento

 
Por Gennesis Gonzalez, Médica Cirurgiã. 19 fevereiro 2019
Sangue no pênis: causas e tratamento

O pênis é uma região extremamente sensível, qualquer movimento brusco ou pancada pode provocar muita dor. A zona íntima masculina é composta por diferentes partes: o escroto, que é a bolsa que cobre os testículos; o prepúcio ou capa de pele que cobre a glande; o tronco que contém a uretra no seu interior; o freio que se encontra na união do prepúcio com a flande e que tem formato de "V" e, finalmente, a glande ou cabeça do pênis que é a zona mais sensível pela quantidade de terminações nervosas que possui. É justamente por aí que saem o líquido pre-seminal, o sêmen e a urina, através da abertura da uretra, sendo que se podem desenvolver várias doenças relacionadas com a presença de sangue na glande. Se você está buscando informação sobre sangue no pênis: causas e tratamento, no seguinte artigo do ONsalus explicaremos tudo em detalhe.

Também lhe pode interessar: Coceira no pênis: causas

Sangue no pênis: o que pode ser

Essas são as causas mais comuns da presença de sangue no pênis:

  • Balanite
  • Eritroplasia de Queyrat
  • Herpes genital

Continue lendo para saber mais sobre cada uma delas e quais os tratamentos indicados para cada uma das condições.

Anatomia da glande

A parte mais sensível do pênis é conhecida como glande ou cabeça do pênis, sendo uma área de cor avermelhada com pele mais grossa que o resto do pênis. É uma zona sensível que contém inúmeras terminações nervosas, sendo essa a zona de prazer sexual mais intenso para o homem.

A glande está coberta pelo prepúcio desde o seu nascimento, uma prega dele pele que se retira para trás de forma a expôr a cabeça do pênis durante a ereção. Muitas vezes, dependendo das religiões e culturas, é realizado um processo conhecido como circuncisão para eliminar esta prega de pele (prepúcio).

É justamente através da glande que se expulsa urina, líquido pre-seminal e sêmen, através da abertura da uretra. A cabeça do pênis é uma zona sensível que deve receber a higiene e cuidados necessários para evitar o aparecimento de certas doenças.

Sangre no pênis por balanite

A balanite é um processo infeccioso e inflamatório da glande, ou seja, da cabeça do pênis, que pode se estender até ao prepúcio e evoluir para balanopostite, uma doença que não distingue idades e está associada a diversas razões. Em seguida te explicamos as causas da balanite:

  • Infecções bacterianas ou micóticas: a principal causa da balanite é a presença do fungo cândida albicans que pode viver sob o prepúcio normalmente e, por falta de higiene, pode provocar um desequilíbrio da flora natural e fazer com que cresça mais rapidamente que o habitual.
  • Dermatite: outra condição associada ao aparecimento de balanite é a dermatite de contato com substâncias irritantes para a pele da glande como o sabonete ou o gel de banho e o látex dos preservativos.
  • Diabetes mellitus: faz com que as pessoas fiquem mais propensas a contrair doenças.

Os sintomas de balanite costumam se manifestar através de:

  • Vermelhidão na glande.
  • Coceira e desconforto severo.
  • Pontinhos vermelhos na cabeça do pênis.
  • Em caso de úlceras, pode provocar a presença de sangue no pênis, assim como dor e sensibilidade na glande.
  • Impossibilidade de retrair o prepúcio.

Além desses sintomas, também pode surgir secreção de pus sob o prepúcio (prega de pele que cobre a glande) com odor desagradável.

O urologista é o médico indicado para diagnosticar esta patologia e recomendar o tratamento adequado. Quando não é tratada a tempo, a balanite pode provocar complicações como a fimose, que consiste na incapacidade para retrair o prepúcio e cujo tratamento é estritamente cirúrgico, ou seja, através da circuncisão.

Sangue no pênis: outras causas

Embora seja a mais comum, a balanite não é a única causa de sangramento masculino. Em seguida, falaremos sobre duas condições que também podem provocar pequenos sangramentos na glande:

Eritroplasia de Queyrat

Considerada como uma forma precoce de câncer de pele localizada no pênis, geralmente se manifesta em homens que não foram circuncidados e está relacionado com o vírus do papiloma humano (HPV), se manifesta apresentando uma erupção vermelha na cabeça do pênis, pele irritada que pode sangrar e te ruma textura mais aveludada. O médico fará um exame físico completo e indicará uma biopsia para corroborar o diagnóstico.

Herpes Genital

O herpes genital, causado geralmente pelo vírus da herpes simples, é considerado uma doença sexualmente transmissível. Se manifesta com formigamento no pênis ou na glande, coceira, dor, pontinhos vermelhos e bolhas que podem provocar pequenos sangramentos através da pele quando surgem as úlceras dolorosas. Na maioria das vezes, os sintomas surgem até 20 dias após o contágio.

A revista habanera de Ciências Médicas realizou uma revisão global sobre as infecções por herpes simples genital indicando que constitui uma doença sexualmente transmissível de maior prevalência nos Estados Unidos, chegando a afetar um 22% da população, com influência de alguns fatores como o estado civil, residência, nível de educação, promiscuidade, uso de drogas e antecedentes de doenças de transmissão sexual[1].

Sangue no pênis: causas e tratamento - Sangue no pênis: outras causas

Sangue no pênis: tratamento

A melhor forma de tratar a balanite é:

  • Mantendo a glande limpa e evitando o uso de sabonetes perfumados que irritam ainda mais a zona.
  • É provável que o médico indique terapia farmacológica dependendo da causa a tratar, provavelmente indicará creme para fungos ou creme antimicótico como clotrimazol. Em casos originados pelo fungo candida albicans, se recomenda aplicar o medicamento a cada 12 horas até que os sintomas desapareçam ou fluconazol em comprimidos de toma única.
  • Caso a balanite seja de origem bacteriana, se indicaria um tratamento com antibióticos como flucloxacilina 500 mg a cada 8 horas.
  • Um creme à base de esteroides é suficiente para diminuir o inchaço na glande.
  • Una crema a base de esteroides será suficiente para disminuir la hinchazón en el glande.

Tratamento para sensibilidade na glande

De acordo com a origem da mancha de sangue no pênis, o tratamento recomendado será um ou outro. Embora seja essencial que seja o médico quem define o tratamento, em seguida te explicamos em que consiste para casos de inflamação e sangramento no pênis provocados por eritoplasia de Queyrat e herpes genital:

  • Caso estejamos falando de eritroplasia de Queyrat, esta é uma doença delicada. O médico determinará o melhor tratamento para caso caso, no entanto, pode indicar cremes como imiquimod durante vários meses esperando que os sintomas desapareçam por completo antes de decidir outro tratamento como a cirurgia para destruir as células cancerosas.
  • Por outro lado, o tratamento ideal caso exista sangramento no pênis graças a herpes genital consiste em aciclovir ou famciclovir para diminuir o nível de vírus. O tratamento deve ser indicado previamente pelo especialista.

Sangue no pênis: como prevenir

Antes de que se manifestem doenças na cabeça do pênis ou na área íntima masculina, é importante:

  • Tomar medidas de higiene adequadas permite ter a glande e o prepúcio limpos e secos sem a possibilidade de crescimento de bactérias ou fungos. A lavagem do pênis deve ser feita 2 vezes ao dia sem usar sabonetes perfumados.
  • Ter relações sexuais responsáveis diminui a possibilidade de adquirir infeções de transmissão sexual, é recomendado o uso de preservativos ou manter relações sexuais com apenas um parceiro.

A presença de sangue no pênis depende das diferentes causas associadas, esse é um tema amplo que você deve discutir com o seu médico de confiança.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Sangue no pênis: causas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Sistema reprodutor masculino.

Referências
  1. Hernández Cortina, Abdul. (2008). INFECCION POR HERPES SIMPLE GENITAL: REVISION GLOBAL. Revista Habanera de Ciencias Médicas, 7(4). Acessado em 19 de fevereiro de 2018. Disponível em: <http://scielo.sld.cu/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1729-519X2008000400019&lng=es&tlng=es>

Escrever comentário sobre Sangue no pênis: causas e tratamento

O que lhe pareceu o artigo?

Sangue no pênis: causas e tratamento
1 de 2
Sangue no pênis: causas e tratamento

Voltar ao topo da página