Partilhar

Morder a língua dormindo, o que pode ser?

 
Por Leonardo Simon. 10 março 2020
Morder a língua dormindo, o que pode ser?

Morder a língua é um acidente que todos temos de vez em quando e, em geral, ocorre quando estamos distraídos enquanto comemos ou quando batemos a mandíbula. Na maioria dos casos, não é um problema muito grave, apenas se limita a uma dor forte momentânea e durante um breve período de tempo após a mordida. Contudo, algumas pessoas podem morder a língua enquanto estão dormindo, o que pode ser um problema mais sério, devido à interrupção do sono ou ao fato da pessoa acordar com dor na língua, além do que pode ser um sinal de outra doença subjacente. Se você é uma destas pessoas e tem se perguntado "Morder a língua dormindo, o que pode ser?", neste artigo do ONsalus procuraremos responder sua pergunta e te dar alguns conselhos, por isso te convidamos a continuar lendo.

Também lhe pode interessar: Insônia: causas e tratamento

Morder a língua dormindo por alterações bucais

As variações que existem na boca das pessoas podem fazer com que morder a língua seja mais comum para algumas pessoas do que para outras, já que podem facilitar a interposição da língua entre os dentes. Basicamente costumam ocorrer em dois casos:

Má oclusão dentária

Isto significa que os dentes não estão corretamente alinhados, por isso que o cérebro automaticamente tenta colocar a língua em uma posição que ocupe estes espaços presentes na má oclusão, o que faz com que a pessoa possa mordê-la durante o sono.

As alterações na posição dos dentes podem ser corrigidas indo ao dentista, especificamente com um especialista em ortodoncia. O tratamento ortodôntico pode diminuir a frequência com que uma pessoa morde a língua, bem como outros problemas relacionados com a articulação dos dentes.

Doenças na língua

O exemplo mas comum disto é a condição conhecida como macroglossia, que é o nome dado a uma língua quando tem um tamanho muito maior do que é o considerado normal. Por ser maior do que deveria ser, a pessoa é mais propensa a mordê-la, seja dormindo ou acordado, já que esta faz pressão sobre os dentes por não ter espaço suficiente.

Se uma pessoa sofre de macroglossia, é recomendável consultar um cirurgião bucal ou maxilofacial sobre a possibilidade de realizar uma cirurgia, afim de reduzir o tamanho da língua.

Morder a língua dormindo, o que pode ser? - Morder a língua dormindo por alterações bucais

Morder a língua dormindo por distúrbios do sono

Também pode acontecer de pessoas com condições bucais consideradas normais morderem a língua dormindo por sofrerem de outros tipos de alterações que produzam o movimento da mandíbula:

Bruxismo

É um hábito inconsciente que se trata da pessoa apertar ou ranger os dentes enquanto dorme para liberar a tensão que acumulou durante o dia, com consequências como dores de cabeça, dor facial, dor no pescoço e dentes. Como as pessoas que têm bruxismo não são capazes de controlar os movimentos da mandíbula, já que estão dormindo, também não são capazes, em alguns casos, de evitar morderem a língua se ela está entre os dentes, o mesmo pode acontecer com as bochechas ou os lábios.

Se as mordidas noturnas vêm acompanhadas de dor nos dentes, cabeça ou pescoço ao acordar, a coisa ideal a se fazer é ir ao dentista, já que é quase certeza se tratar de bruxismo. O dentista pode confeccionar uma placa dentária, a qual tem a função de proteger os dentes enquanto dorme, porém mais importante ainda é controlar o estado de estresse que pode ser a causa do bruxismo. Neste sentido, os seguintes conselhos para controlar a ansiedade podem te ajudar.

Hiperatividade durante o sono

Um tipo de transtorno do sono muito comum é o das pessoas que se movem enquanto dormem, como uma reação aos seus sonhos. Um bom exemplo disto é uma pessoa que sonha que está comendo algo, imitando os movimentos com sua boca sem estar consciente disso e, portanto, sendo propensa a se morder. O mesmo pode acontecer com aquelas pessoas que falam dormindo ou sofrem de sonambulismo.

Conseguir um descanso pleno é necessário para diminuir a frequência dos transtornos de hiperatividade durante o sono, por isso é indispensável diminuir o estresse e relaxar apropriadamente algumas horas antes de dormir. Tomar chás que ajudam a conciliar o sono também pode ser eficaz.

Morder a língua dormindo, o que pode ser? - Morder a língua dormindo por distúrbios do sono

Morder a língua dormindo por transtornos neurológicos

Ocorre naquelas pessoas que sofrem principalmente de epilepsia. Trata-se de um transtorno cerebral no qual a pessoa sofre de convulsões repetidas, ou seja, seu cérebro envia sinais nervosos em excesso que produzem contrações musculares involuntárias. Estes episódios de convulsões podem ocorrer a qualquer momento, inclusive enquanto dormem, tornando-as propensas às mordidas.

Nestes casos é recomendável consultar um neurologista, que indicará alguns exames de rotina para diagnosticar a epilepsia ou lesão cerebral. O especialista pode indicar alguns medicamentos que a pessoa deverá tomar para controlar os impulsos nervosos e assim evitar os episódios de convulsão que te fazem morder a língua dormindo.

Este artigo é meramente informativo, no ONsalus.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos médicos nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Morder a língua dormindo, o que pode ser?, recomendamos que entre na nossa categoria de Transtornos mentais.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Morder a língua dormindo, o que pode ser?
1 de 3
Morder a língua dormindo, o que pode ser?

Voltar ao topo da página